terça-feira, 21 de outubro de 2014

32

Completo 32 anos hoje. Aniversário é sempre um momento especial, uma data que gosto muito. Gosto dessa época do ano, gosto do mês de outubro, gosto do dia 21, gosto de ser libriano, da idade que estou completando etc etc...

Tudo me parece muito bom e acho que esse será um ano ainda melhor do que está se completando pra mim. Estou numa fase profissional muito legal com a produtora caminhando bem e conquistando cada vez mais espaço, estou feliz com os amigos que tenho e estou confiante que agora eu esteja mais aberto para dar mais abertura pra minha vida pessoal. 

Quero viajar mais (aliás só até o final do ano estou programando duas viagens) e quero curtir mais a vida. Claro que sempre muito antenado ao meu universo, que além de ser um vício é uma grande alegria que tenho. 

Nos últimos meses venho postando no instagram algumas fotos de momentos interessantes, principalmente da minha carreira. Como a data hoje remete ao nascimento, quero postar no final do texto a foto do meu nascimento profissional. A primeira vez com o microfone, a primeira vez comandando uma entrevista, a primeira vez no estúdio, diante das câmeras. Foi em 2000. 

Era estagiário na TV Uniban no CNU. Havia um programa chamado Grandes nomes do século XX e estávamos encerrando a série devido a mudança de século. Uma das últimas entrevistadas foi a atriz Lolita Rodrigues, famosa por ter cantado o hino da TV quando foi inaugurada em 1950 nos estúdios da Tupi no Sumaré. 

Eu, estagiário da TV e aluno do primeiro ano de jornalismo, estava fazendo um trabalho sobre telenovela. Quando vi a pauta na TV logo pensei que poderia conseguir alguma coisa para esse trabalho. Conversei com a Fabíola de Souza que era a produtora executiva da TV e ela disse que se a Lolita topasse eu poderia fazer algo. Meus plano era pegar o famoso bloquinho de papel e anotar algumas declarações dela. 

Engano meu. A Fabíola logo mobilizou a equipe, câmera, assistente, o estúdio e disse que eu ia fazer uma entrevista gravada. Gelei na hora. 

A gravação pra TV com a Lolita encerrou e a Fabíola correu no estúdio me puxando pelo braço. Falamos com a Lolita, ela topou e foi só o tempo de ajeitar a iluminação e me vi sentado diante dela, com um microfone na mão e toda equipe me olhando. 

Respirei fundo, olhei para a câmera e de improviso fiz uma abertura e comecei a entrevista que durou cerca de 10 minutos. No final do papo, muito gentilmente a atriz virou pra mim, me elogiou e disse que eu certamente daria certo. Não esqueço nunca disso. Foi ali que nasci para aquilo que tanto amo fazer. 

Nesse dia que completo mais um aniversário fico feliz de poder olhar pra trás e ver tantas coisas que já realizei, tantas pessoas que já conheci e que tudo isso foi muito importante para meu crescimento como profissional e como pessoa. Que venham mais e mais experiências!!!

Tinha 17 anos, cabelo e quilos a menos...

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

MAQUIAGEM

Não sei se já expressei aqui esse meu pensamento, creio que não, ando muito afastado dos textos mais sentimentais ou coisas do tipo (devo voltar). 

Acho sexy mulher que se maquia no metrô. Na verdade acho sexy todo o ritual de uma mulher se maquiando, independente do lugar. Citei o metrô primeiramente porque toda inspiração veio daí, mas isso serve para qualquer lugar.

Estava indo para uma gravação ontem na hora do almoço. Metrô estava tranquilo, aproveitei um lugar vazio pra sentar e tirar um pouco o peso da mochila extremamente pesada. Quase que simultaneamente uma menina bonita, devia ter uns 24 anos, bem vestida, com roupas leves por causa do calor sentou bem na minha frente. Admirei a beleza dela por uma fração de segundos e logo me voltei aos meus pensamentos sobre o que iria fazer na gravação. 

Segundos depois, antes mesmo de chegar a próxima estação ela sacou da bolsa uma outra bolsa menos. Dela tirou um espelho e um lápis para os olhos (não me peçam que acerte o nome dos itens de maquiagem feminina). Muito concentrada começou a passar o lápis na parte de baixo dos olhos (confesso que essa parte me dá um certo desespero, principalmente dentro de algo que se mexe, qualquer freada mais brusca tenho a impressão de que ela vai enfiar aquele lápis no olho).

Assim que ela sacou seus primeiros instrumentos de beleza minha atenção foi novamente direcionada para ela. Como se o metrô inteiro tivesse silenciado, as pessoas entrado em slow motion e apenas ela se movimentava com delicadeza e ao mesmo tempo precisão. 

Como hipnose fiquei lá com os olhos grudados nela. O ritual continuou, depois do lápis passou um pó no rosto, espalhou, depois mais um creme e assim foi fazendo. De tempos em tempos ela desviava ligeiramente o olhar, que inevitavelmente encontrava com o meu. Eu disfarcei, tímido que sou e tentei voltar aos meus pensamentos. 

Fui fisgado novamente pelo batom. Ela puxou, abriu, olhou para o batom, para o espelho, encontrou meu olhar, voltou para o espelho e passou. Os lábios dela não eram assim tão carnudos, era uma boca pequena, mas bem desenhada. 

Meu celular vibrou, me distrai por alguns segundos. Quando voltei o olhar ela já estava pronta. Agora só o espelho na mão para ver se estava tudo certo. Passou a mão pelo cabelo e pronto. 

Novamente ela olha. Dá um leve sorriso com o canto da boca, como se soubesse da hipnose que estava exercendo. O sinal me dá o alerta que tenho que descer. Levanto, coloco a pesada mochila nas costas, olho novamente com um certo levantar de sobrancelha para agradecer. Ela olhou tímida, sorriu levemente com o canto de boca. 

Desço e penso o quanto ficaria linda uma foto dela. 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

HISTÓRIAS DE SUPERAÇÃO

Vou condensar em um post dois assuntos que estão intimamente ligados e também ligados ao post passado sobre o Outubro Rosa. 
Como escrevi anteriormente, nós da Amistie Produções estamos realizando algumas ações voluntárias durante esse m6es para ajudar na conscientização das mulheres com relação a importância dos exames para detecção precoce do câncer de mama. 
No post anterior você (clique aqui) você viu algumas fotos de uma sessão que realizamos com várias mulheres que enfrentaram ou ainda enfrentam a doença. Foi uma tarde linda, muito emocionante e que rendeu cliques muito legais que estão sendo divulgados diariamente no grupo Amigas do peito no facebook. 
Hoje vou divulgar dois vídeos bem legais que gravamos. O primeiro é um depoimento para o Personas, nosso site de webdocs, com a Nátali de Araujo. Uma mulher que venceu o câncer de mama e hoje se dedica a ajudar outras pessoas. Uma história muito bonita. Vídeo no final do post.
O outro vídeo (também abaixo) trata-se de uma parceria muito legal com o grupo Amigas do peito e com o Corinthians. Uma ação super legal que vai levar paras as redes sociais do clube e também para o telão do estádio 4 depoimentos bem legais de torcedoras que enfrentam com muita energia a doença. Independente do time que você torça vale a pena compartilhar essa história.
Na verdade vale a pena compartilhar esses dois vídeos. A causa é super nobre e merece ser levada para o maior número de pessoas possível. 
Assista os vídeos abaixo.



sexta-feira, 3 de outubro de 2014

OUTUBRO ROSA

Todo mês de outubro a cor rosa ganha destaque para ajudar na divulgação e conscientização sobre o câncer de mama. O Outubro Rosa é um momento importante para que as mulheres percebam a necessidade dos exames e de que se a doença for diagnosticada com rapidez, as chances de cura são enormes. 

Por meio de uma amiga que passou pelo problema fui colocado em contato com o grupo Amigas do Peito. Elas precisavam de uma ajuda para dar ainda mais visibilidade a essa causa. Eu e minha sócia Milla Linhares colocamos a nossa produtora, a Amistie Produções, a disposição para algumas ações. 

Todos os dias de outubro, no grupo Amigas do Peito no facebook, você pode acompanhar uma história de superação. As fotos dessas mulheres foram feitas por nós num dia super alegre e agradável no Parque Villa Lobos. 

Além disso outras ações devem ocorrer. Um vídeo será gravado com depoimento de algumas mulheres e estamos preparando um Personas super especial para este mês. 

Acompanhem nossas redes sociais para ficarem interados das novidades. Clique para acessar: Instagram e Facebook.






segunda-feira, 22 de setembro de 2014

O CORRETOR AUTOMÁTICO

Escreve, apaga, escreve apaga, corrige, não era isso que eu queria escrever... ENVIAR.

Rotina comum de quem usa muito o smartphone e os aplicativos de comunicação como whatsapp, messenger entre outros.

Quem nunca errou que envie o primeiro SMS. Eu sou uma vítima do corretor e as coisas malucas que ele acha que eu quero escrever. As pessoas mais próximas de mim sabem o quanto eu sou vítima da minha rapidez em querer responder e isso invariavelmente faz com que o corretor tente ser mais rápido que eu e já mandei cada coisa absurda. 

Tem correções que já até estamos acostumados, fica subentendido o que queríamos escrever. Mas tem outras constrangedoras. 

O problema nem sempre é a correção da palavra, mas sim a "adivinhação" do app para tentar te poupar tempo. Ele sugere uma palavra assim que você começa a escrever. Nem sempre é a palavra que você está pensando.

Mesmo com uma gafe aqui e outra acolá, risadas quase que diárias e sempre uma nova situação pra contar, o corretor facilita muito o trabalho quando você precisa escrever rápido. 

Pela web encontramos vários prints de conversas onde o corretor gerou alguma confusão. Abaixo alguns exemplos!!





quinta-feira, 11 de setembro de 2014

NÓS NÃO EVOLUÍMOS

Assim que me conectei hoje cedo me deparei com a foto de um amigo jornalista na cobertura dos ataques ao World Trade Center nos EUA. Imediatamente me lembrei que hoje é um 11 de setembro e que depois daquele dia fatídico de 2001 é impossível não se recordar dessa data.
Já relatei aqui certa vez como o choque dos aviões com as torres me impactou. Resumindo, estava na faculdade de jornalismo, meu segundo ano. Já trabalhava em televisão. Nesse dia houve uma prova e sai mais cedo. Ao chegar em casa ligo a TV e o plantão da Globo informava de forma ainda sem muita informação o que acontecia.
Muito se falou, muito se debateu, muito se discutiu... Mas depois de tantos anos o que mudou? Evoluímos com a dor e sofrimento? Aprendemos a tolerar o próximo? Acho que a resposta é evidente.
Sinto que ao invés de aprendermos com os erros só estamos piorando. Exemplos aqui não faltam de intolerância, de ignorância e de que vivemos numa panela de pressão e que muitos 11/09 ainda devem acontecer - infelizmente.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

A CEGUEIRA ELEITORAL E A IMBECILIDADE HUMANA

(Suspiro alto). Vamos lá. Ontem a Band promoveu o primeiro debate eleitoral com os candidatos ao cargo máximo da política nacional. Lá estavam todos os concorrentes munidos das estatísticas, criticas, elogios e esperançosos em angariar votos. 

Debate em curso e então vem aquela coisa que nunca entendi: quem ganhou o debate? Todos ganharam, porque se você olhar para as pessoas os que são seguidores do A dizem que foi o A, do B dizem que foi o B e assim com todos os seus correligionários e eleitores fieis. 

Eu até entendo a torcida por esse ou por aquele, mas há um certo momento onde ser eleitor não deveria anular o fato de ser um crítico daquele para quem destinamos nosso voto. Aliás, pelo contrário, aquele em quem votamos deve ser o mais criticado e observado por nós (mas sabemos que não acontece). Não é raro quem não lembre em qual vereador, deputado e até presidente votou nas últimas eleições. 

Esse devotismo burro em A, B ou C faz com que a política vire uma arena esportiva e independente daquele que você apóie faça o importante é derrotar o outro. Isso implica em ignorância pura quando se coloca em debate projetos concretos para que o país caminhe em direção ao desenvolvimento. 

Todos tem seus pontos positivos e negativos, todos tem algo que desabone e algo que possa ser aplaudido. No momento em que partidos políticos viram religião e só onde você está é bom e certo o único caminho que vamos seguir é um país que vive dando dois passos pra frente, um para trás. 

Não precisa ir longe pra ver o quanto é difícil discutir política, dê uma olhadinha no facebook ou twitter. No momento que você propõe o debate, os fieis seguidores se armam com todas as forças para defender cegamente aquele que simpatiza, ao invés de abrir a cabeça e assimilar coisas boas e ruins de todos os lados e assim poder ampliar as ideias e propor novas sugestões para o andamento das coisas.
O pior é que não consigo ver luz no fim do túnel quanto a isso...

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

UM SORVETE PARA REFRESCAR

Olha, ainda estou tomando fôlego pra poder escrever sobre política. Tenho muitas coisas passando pela cabeça, tem muita coisa acontecendo e acho que preciso desabafar e aproveitar o espaço que tenho aqui para debater sobre determinadas coisas. 

Por isso mesmo preciso me alimentar o máximo possível de paciência porque infelizmente as pessoas andam muito radicais. Não há debates, há ataques. Não há troca de ideias, há ofensas e tal. Tenho visto no facebook tanta coisa que me deixa muito entristecido.

Nada melhor para relaxar do que um sorvete gostoso e diferente. Por isso, enquanto vou aqui me municiando de calma para escrever, aproveito para ir divulgando trabalhos interessantes que tenho realizado pela produtora, a Amistie Produções, e que vale a pena ser compartilhado por aqui. 

É ai que entra o sorvete. Recentemente gravamos para o Personas uma entrevista com a Márcia Garbin, ela é especialista em sorvetes, premiada internacionalmente com suas criações e que falou sobre sua experiência na arte de criar os saborosos gelatos.

Tive oportunidade de provar dois sabores e posso dizer que são saborosos e refrescantes, além de exóticos nas suas combinações. 
Abaixo o vídeo com a entrevista.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

TIGRE, MINHOCÃO E TUBARÃO...

Já que o mundo animal anda em destaque recentemente aproveitei 3 exemplos deles para poder atualizar o blog a escrever sobre as coisas que estão acontecendo.

Vou começar pela minhoca. É bem verdade que nada recentemente aconteceu relacionado ao bicho, mas sim ao enorme erro que se planta na cidade de São Paulo e que agora será definitivamente aposentado, o Minhocão.

Para quem não é daqui da cidade fica difícil explicar. A obra tem quase 3 km de extensão e é uma verdadeira cicatriz na cidade. Deteriorou a região, fez com que centenas de imóveis na área perdessem valor, moradores e beleza. São inúmeros os problemas.

Agora ele será desativado. Existem muitas propostas para o que fazer com aquele monstro. Duas são bem plausíveis: demolir ou transformar em um parque. Em breve vou me dedicar a escrever mais profundamente sobre...

Saindo da minhoca vou para o tubarão. Estive em Recife na última semana para gravar um congresso. Trabalho da produtora e que rendeu nas horas vagas um tempinho na praia. Estávamos na frente da praia de Boa Viagem. Linda, pouca gente no dia, sol maravilhoso e tubarões. Praticamente só molhamos os pés, mesmo assim com muito medo.

Me falaram quando contei: "ah, mas não tem problema, é raro acontecer um problema". Os problemas e acidentes acontecem justamente por pensarem assim...

Haja visto o que aconteceu com o terceiro animal do post, o tigre. A notícia já tá batida, debatida e palpitada por todo mundo. Como é possível algo desse tipo acontecer. A criança perde um braço pelo ataque do tigre no zoo.

Coisas que acontecem e poderiam ser facilmente evitadas...

quinta-feira, 31 de julho de 2014

A PRIMEIRA FATIA DO PÃO DE FORMA

Quando se tem criança pequena em casa, no meu caso um sobrinho de 5 anos, vamos ficando mais familiarizados com a programação infantil do que com qualquer outra. 

Galinha Pintadinha, Patati Patata, Peppa e uma infinidade de outros programas como Gabby Estrela, Tem criança na cozinha etc etc etc. A lista é quase infinita. Conforme eles vão crescendo vamos também acompanhando a mudança de gostos pelos desenhos e programas. 

Eu sempre gostei de desenho animado e vez por outra me vejo assistindo clássicos como Caverna do Dragão, Popeye, Papaléguas entre outros. Coloco nessa conta o sempre clássico Chaves, que não é desenho mas faz parte.

Toda essa gigantesca introdução é pra falar que existem coisas novas bem legais sendo produzidas. Uma delas brasileira. "Osmar, a primeira fatia do pão de forma". Uma ideia muito legal, com argumento ótimo, personagens divertidos e que prende a atenção, tanto minha quanto do meu sobrinho. 

O desenho passa no Gloob e é uma ótima opção de distração. 

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO