quinta-feira, 2 de julho de 2009

ALGUÉM PODE ME OUVIR?

Adoro observar as pessoas, aliás observar é uma coisa que faço bem... Igual aquela piada da coruja que foi vendida no lugar do papagaio, depois de algum tempo o vendedor perguntou para o cara que comprou a coruja:
- E ae, tá falando muito o papagaio?
Então o comprador respondeu
- Falar não fala, mas presta uma atenção!!!
Falo bastante também, mas nesses momentos de reclusão franciscana tenho observado muito mais do que falado. Hoje aconteceu um história que me comoveu muito. Não é crônica nem nada, tudo se deu da forma como vou descrever agora.
Pois bem, estava no metrô e uma mulher de aproximadamente 50 anos sentou próxima de onde estava. Ela vestia uma roupa elegante, tinha um guarda-chuvas de cabo longo, uma bolsa bonita e era bem arumada, ela parecia a Rita Lee, mas sem os cabelos vermelhos. Como eu ouvia música e lia um release para a gravação que ia fazer, não prestei muita atenção no movimento.
Passou uma estação e vi que todos estavam olhando para ela e resolvi tirar os fones e ouvir o que ela dizia. Ela estava puxando assunto com todo mundo. Duas meninas sentaram ao lado dela e ela começou a se intrometer no assunto das duas. A mulher falava muito alto e as meninas ficaram com vergonha e passaram a ignora-la. Ela não se intimidou e continuou falando com as duas. Os assuntos foram vários... vitória do Corinthians, volta por cima do Ronaldo, a chuva que estava forte.
Isso foi até a estação Paraíso... As meninas levantaram pra sair e eu também. Para surpresa das duas ela levantou e perguntou para onde elas iam. A duas ignoraram e sairam apressadas do vagão. Eu também sai e ao meu lado tinha um homem de terno. Enquanto esperavamos o metrô para fazer baldiação ela se aproximou de nós e começou a falar com o cara. Ele ignorou a mulher completamente.
Foi quando ela me olhou... Vi que seria a próxima "vítima" da mulher. Ela chegou perto e não falou nada, apenas me olhou. Entrou no vagão e como eu ia descer logo na próxima estação fiquei em pé. Ela se aproximou novamente e me disse:
- Eu não sou louca, moro sozinha há 10 anos, não tenho família, já me aposentei, fico o dia todo sem fazer nada. A vida me deu tudo, menos o mais importante, alguém para conversar.
Vou dizer que isso me deu um nó na garganta... Não sabia o que dizer para ela. Mas ela, antes que eu fizesse qualquer coisa, me disse:
- Obrigado por ouvir!!!
O metrô chegou na estação Brigadeiro e eu desci, quando olhei pela janela lá estava ela sorrindo e falando alguma coisa com um senhor que estava sentado.

10 Comentários:

Danny disse...

nuoooooooooossa

q nó na garganta q deu agora


pensei msm q ia acabar assim essa historia! Tadinha,a lguns minutos de atenção nao fazem nossas vidas piores e faz a dela melhor! as pessoas deviam pensar nisso!!

Gil disse...

Isso é sentir solidão em uma multidão.

Ronaldo Santos disse...

Esse é nosso mundo...

Ronaldo
http://www.ronaldosantos.com

inspiration disse...

Just introduce her to the online world and she will be a happy camper!!!

ivandro disse...

Tantas pessoas querendo tantas coisas as vezes inatigiveis e ela querendo apenas uma pessoa para conversar como a vida as vezes é tão injusta .

Ana Beatriz C. disse...

Vamos por partes aqui também...

Primeiro quanto a Ana. Bom, você como já é um jornalista super experiênte, muito mais que essa (aspirante a) jornalista aqui, vê as coisas mais a fundo e enxergou a questão da censura editorial. Confesso que ainda não tinha refletido sobre esse lado da coisa, mas vou passar a considerá-lo mais daqui para frente.
Também admiro muito a Ana (acho que deu para perceber pelo texto, né?) e mais uma vez concordo com você quanto a ela ser uma das mais completas da profissão.

Ela está com aquele projeto dos workshops e palestras para estudantes, estou super ansiosa. Se rolar alguma coisa já nesse segundo semestre, vejo se dou um jeito para participar porque ainda estou no 3° col, se não, espero até ano que vem (haha)...

Ana Beatriz C. disse...

Agora quanto ao meu texto da 'força do pensamento'. Eu o produzi na aula de Redação da escola, quando nossa missão era recolher o número máximo de informações sobre este assunto e então fazer um texto de descrição científica.
Como gostei do resultado, vim então divulgar no blog.

Sábado ou domingo ponho coisas novas, algumas já prontas, outras em andamento e outras ainda só na cabeça mesmo.

Que bom então que você gosta mesmo dos textos e não está 'só jogando confete'. Sabe que eu fico muito feliz mesmo, né?

Já estou te seguindo no Twitter, estou como '/_anabeatriz' :D

Me manda seu msn sim, vou adorar trocar ideias com você!

Beijão e bom final de semana!

Ana Beatriz C. disse...

O último da rodada, prometo.

Enquanto estava lendo o que te aconteceu ontem ia só imaginando como é que essa história poderia terminar. Juro que fiquei curiosa para saber porque aquela mulher 'parecida com a Rita Lee mas sem os cabelos vermelhoes' falava com todo mundo. Seria louca? Ou uma desiludida? Fiquei pasma com o final... Você de alguma forma ou de outra, mesmo calado, ajudou aquela mulher.
Linkando isso com o que você comentou sobre sua capacidade de sacar o que uma pessoa sente apenas olhando para ela (no meu blog), esta aí o dom e a beleza do comunicador. Propagar, ensinar e ajudar - por mais que com um simples silêncio.

Está sendo muito bom para mim entrar em contato com o que você tem a dizer, muito bom mesmo!

ELCV_Sammartino disse...

nossa isso fez eu me arrepender de ter ignorado tantas pessoas, e tambem essa história deu um sentido para o que meu pai me dizia que ele tinha suceeso na gerencia porque deixava as pessoas falarem com ele para ele ter um feedback com os clientes e fucionarios para ter uma boa relação. Graças a essa história eu percebi que o que meu pai tava falando fazia sentido

marcelle disse...

Todos nós no fundo temos um pouco desta senhora...
É triste, mas é o mundo em que vivemos.
Adorei Anteninha.
Bjs

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO