domingo, 1 de novembro de 2009

ALTA VELOCIDADE

Não sou especialista em fórmula 1, apesar de acompanhar todas as temporadas desde que eu me entendo por gente. Não sei como começou essa paixão pelo esporte, lembro que meu pai assistia e torcia, mas como um brasileiro comum, mesmo ele sempre trabalhando com pneus e carros, chegou até a patrocinar corridas em Interlagos. Meu pai vibrava muito mais com a seleção brasielira do que com as corridas de automóvel.
Fiquei buscando aqui as imagens mais remotas da minha ligação com Fórmula 1 e lembrei da corrida de Mônaco em 1992 (eu tinha 10 anos). Foi uma batalha incrível nas últimas três voltas e Senna segurou o super carro da Willians de Nigel Mansell e venceu a prova. Lembro de tudo, estava numa cidade chamada Casa Branca no interior de São Paulo. Era um churrasco na casa de parentes do sócio do meu pai, tinha muita gente e o churrasco parou para acompanhar aquelas últimas voltas fantásticas.
Lembro de muito mais coisa do passado, algumas memórias bem frescas, outras só pequenos lampejos de imagens. Estou falando tudo isso pra falar sobre o fim de mais um campeonato de F1.
A emoção da época de Senna e dos carros nervosos, pistas perigosas, acidentes e muita disputa não existe mais, mas mesmo assim continuo acompanhando, mesmo depois dos anos chatos de Schumacher.
Esse ano foi até que legal, começou com uma equipe "nova" vencendo, pilotos veteranos mostrando suas habilidades, os mais novos se destacando também pistas novas e até corridas noturnas (como a de hoje em Abu-Dhabi e em Cingapura).
Sinto falta de algumas pistas legais e charmosas. Falta um pouco daquela coisa de garagem, de disputa e rivalidade entre pilotos. Mas mesmo assim foi uma temporada interessante.
Ano que vem promete... Sem abastecimento os pilotos vão sofrer com pneus e as estratégias vão ficar mais espalhadas. Também teremos mais carros, equipes novas e certamente mais disputas e movimento nas provas. Boa sorte para os brasileiros e que o espetáculo fique mais dentro da pista do que simplesmente nas construções nababescas dos autódromos do novo milênio.

1 Comentário:

Ana Beatriz Camargo disse...

Bom, eu acompanho F1 muito por cima mesmo, minha paixão nunca foi a fisiologia automobilística, mas considero algo bem bacana. Legal quem acompanha assim como você!

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO