sexta-feira, 20 de novembro de 2009

DELETE

O calor está fritando meu cérebro. Tentei escrever vários textos hoje e nada. Começei a escrever sobre o feriado e não gostei, depois escrevi sobre o encontro dos web repórteres da RedeTV que aconteceu ontem mas também não ficou legal.
Apaguei tudo, uma borracha virtual fez com que dois textos quase prontos virassem poeira espacial, lixo cibernético num piscar de olhos. Imagine ficar escrevendo tudo a mão e tendo que apagar, corrigir, passar "branquinho" e se não gostar tem que amassar o papel e jogar no lixo. Logo me veio a cabeça aquela cena clássica de escritores com uma montanha de papel amassado envolta da mesa. Essa é mais uma coisa que praticamente morreu com a tecnologia. Não os escritores, é claro, esses até aumentaram, mas as montanhas de papel amassado.
Ficou tão mais fácil desistir de um texto, de um raciocínio, de uma idéia. No mundo digital basta deletar para acabar com tudo. No analógico, papel e caneta, tenho mais dó de me livrar de um texto. Fico olhando, tento remendar e salvar aquilo que já comecei. Por aqui não tenho dó, é delete e pronto, se ele ficou salvo em algum lugar só voltarei a olhar depois de um bom tempo.
É o caso do livro que estou escrevendo, tive que dar um tempo nele porque algumas coisas estavam me afastando do rumo original da história. Apaguei o que estava ruim e em breve voltarei a me dedicar a ele.
Só pra misturar os assuntos e fazer o registro morreu a lenda da dublagem brasileira Herbert Richers. Sem dúvida é uma das frases mais famosas da televisão, quem não se lembra: "Versão brasileira, Herbert Richers.
Vou parar por aqui, antes que eu não goste mais do rumo do texto e resolva deletar.

3 Comentários:

Tatiana MK disse...

...bom saber que, além destes maravilhosos textos, teremos a possibilidade de ler algo maior!!! E que boas inspirações tragam (logo) este seu livro para as "nossas prateleiras"!!!!!
Bjs

WEB disse...

Antena,

não deixe de publicar a foto do nosso encontro, mesmo que vc delete o texto... Aquela alegria regristrada na história não precisa de palavras!!!

Obrigado pela tua presença!

Abs
PC

WEB disse...

ah, esqueci de dizer...

aproveita e diculga pra mim aqui no seu blog que o histórico processo de seleção para o grande desafio de ter uma equipe de 200 pelo país teve início. To recebendo curriculos de interessados no email webreporter.vagas@gmail.com (isso vc não deleta)

Impressionante a força das mídias digitais e as ferramentas novas... Eu postei meio informalmente uma nota no outube e na minha comunidade videorrepórteres n orkut...

em 24 horas, pouco mais de cem enviaram. Em 48, cerca de 320!!! Imagino que agora já beire 400!!!!

Claro que tem muita gente sem experiência, sem noção, oportunistas, perdidos, etc... Mas é surpreendente constatar que estamos no meio da revolução!!! As ferramentas de produção e distribuição de vídeos digitais hoje esta em franca expansão e um novo mercado muito em breve vai se formar! Imagem hoje é commodite!

Somo protagonistas e pioneiros, quiçá, personagens de uma história que está sendo escrita na TV e internet brasileiras.

Prazer tê-lo como parceiro e amigo na empreitada!
Abs
PC

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO