sábado, 26 de dezembro de 2009

CONTAGEM REGRESSIVA

Agora, mais do que nunca, como diria Fausto Silva, o ano está na sua reta final. Uma semana para deixarmos 2009 como mais uma ano no passado e mergulharmos de vez em 2010.
O Natal passou como uma flecha, nem sei se foi só uma impressão minha, mas parece que o dia 25 foi atropelado pela velocidade do tempo, que agora parte com tudo pra cima do dia 31. Tudo está acontecendo muito rápido, só me deixa um tanto quanto temeroso.
Não tenho medo do futuro e o que ele pode nos trazer, de certa forma até aguardo curioso as surpresas que ainda vamos ter nessa caminhada sem rumo e sem certezas. O meu maior medo é dessa velocidade exagerada, medo de que não seja capaz de perceber o que de legal, interessante, belo e importante passe pelo caminho.
Fiquei pensando nesse ano e na quantidade de coisas que aconteceram. Da alegria a tristeza tudo foi muito intenso, mas ao mesmo tempo efêmero, fugaz... Como seu eu tentasse segurar na mão um punhado de areia, mas ela encontrasse espaço para fugir entre os dedos e se perder no vazio.
Nessa madrugada passou um filme bonito, "Anjo de Vidro", mostra a história de algumas pessoas na noite de Natal. Uma dessas histórias é a de um cara que tenta se internar no hospital só porque ele passou a melhor noite de Natal internado quando tinha 14 anos. Ele se machuca de proposito, mas quando chega lá, o hospital está um "inferno" e ele não compreende a razão daquele momento do passado não se repetir mais. Até que ele vê uma criança sendo atendida pelo médico e feliz da vida.
Percepção é a palavra certa, como vamos recebendo as informações, a forma de processar mudou. Por isso a semana de Natal era muito mais interessante quando eu era criança. Tudo passava lentamente, cada detalhe era especial.
Agora a percepção mudou, essa semana do Natal passou sem ao menos que eu percebesse, a noite de Natal foi igual a qualquer outra, apenas com uma comida diferente e programas mais chatos do que o habitual na TV.
Tenho certeza que daqui há um ano vou escrever sobre a velocidade que 2010 passou e assim, cada vez mais rápido, a sensação do tempo vai acelerando e nós temos que ficar de olhos bem abertos para não perder nada de especial.

1 Comentário:

Ana Beatriz Camargo disse...

Com certeza! Antena, antes de qualquer coisa, FELIZ NATAL, querido! Sabe o que eu ando percebendo quanto ao período natalino? Parece-me que quanto mais os anos passam, as famílias diminuem, cada irmão, tio, primo vai para um lugar diferente e os que ficam precisam se contentar com os seus que sobraram e reviver as lembranças de quando tudo era mais grandioso. Creio que pode ser esta a razão de você sentir que cada vez mais a velocidade com que estas datas passam aumenta. Eu, sinceramente, ainda não consigo perceber essa diferença no tempo da passagem, para mim muita coisa pode ter mudado - e mudou mesmo - menos isso.

Bem, desejo que seu 2.010 seja lindo lindo, cheio de projetos, de coisas novas, de sentimentos bons, pessoas maravilhosas. Foi muito especial ter conhecido você neste 2.009, sou muito feliz por isso ter acontecido. Obrigada por tudo e estamos aí para mais um ano que chega!

Parabéns pelo trabalho maravilhoso de 2.009 e ótimo 2.010 para você e todos os seus!

Beijinhos,
Bia.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO