sábado, 31 de outubro de 2009

ENTRE BRUXAS E VAMPIROS

O Halloween não é uma tradição nossa e a grande maioria das pessoas nem sabe a razão de tal festa. Até então tudo bem, a data serve de motivo para amigos se reunirem, televisões exibirem filmes de terror, escolas de inglês promoverem aulas com uma temática diferente e decorarem suas classes e é claro, as famosas festas cheias de dráculas, fantásmas, caveiras e fantasias das mais inusitadas possíveis. É quase um baile de carnaval negro, das trevas...
Então, pensando na data e até querendo participar de alguma dessas festas pra me animar um pouco, lembrei de uma reportagem que iamos gravar em 2002, mas acabou não passando pelo aval da direção, cheguei até a fazer pré-produção no local. Tratava-se de uma universidade de bruxas.
Isso mesmo, um local no ABC Paulista, que tinha várias alunas e alunos que se iniciavam na arte da bruxaria que eles chamam de Wicca.
Era um lugar bonito, com um cheiro agradável, pessoas muito simpáticas e com uma certa sedução ao falar com você. Não sei se era porque estava ali para "investigar" e tentar ver as melhores possibilidades para a gravação, mas as bruxas que ali estavam tentavam me seduzir, não uma sedução sensual, mas uma forma de me atrair e chamar a atenção. Foi interessante, mas não precisavam me seduzir, eu já estava louco pra gravar lá, precisavam seduzir a direção da tv, pena que eles não foram também.
Falei de tudo isso porque na época era uma mania essa história de bruxaria, wicca e rituais... Hoje temos uma nova mania entre os mais jovens. Da-lhe vampiros na literatura, no cinema, na televisão. Estão por todos os lados, fui numa livraria nesta sexta e a maioria dos livros em lançamento tinha histórias relacionadas com vampiros.
Fico imaginando qual será a próxima onda esotérica, misteriosa e que vai virar temática de livros, filmes e mania por ai...

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

EM QUE MUNDO VIVEMOS?

Não quis falar sobre o assunto antes porque faltavam detalhes importantes e eu poderia cometer algum equivoco na minha interpretação dos fatos.

Li umas frases jogadas no twitter sobre a Uniban, depois sobre uma garota de programa e depois sobre um vídeo. Tentei juntar tudo e não deu em anda até que li um post no blog da Rosana Hermann. Ela também não tinha detalhes do fato, mas tinha o vídeo e um simples relato do que tinha ocorrido.
Para quem não viu ou sabe sobre o assunto vou resumir. Uma aluna do campus ABC da Uniban foi para a aula no dia 22 de outubro com um vestido ousado. Depois de entrar na aula começou a ser hostilizada por estudantes da Universidade. A coisa começou a ficar grave com xingamentos e ameaças, ficou tão feio que a polícia teve que intervir e evitar que algo mais grave acontecesse. A garota saiu escoltada da Uniban ao som de "puta" e "meretriz".
Bom, li várias notícias, me informei com alguns colegas que trabalham lá (estudei em outro campi da Uniban e também trabalhei na instituição durante 7 anos) e também vi a entrevista da moça.
Fiquei indignado com a furia dos estudantes diante da moça, uma atitude selvagem que não condiz com o título que aquelas pessoas que estão ali pretendem conquistar. Como poderemos respeitar um engenheiro, fisioterapeuta, administrador, advogado e etc que, quando vê uma moça com uma roupa mais provocante, joga para fora todos os seus extintos animalescos e urra como um ser irracional? Claro que não podemos generalizar, mas me assustou, e muito, a quantidade de estudantes que fizeram tal ato insano. Este é um ponto.
O outro ponto está na garota. Na entrevista ela disse que não cometeu nenhum crime e concordo com ela, mas existe bom senso nessa vida. Na balada, em um show ou num local mais liberal certo tipo de roupa é facilmente aceito e pode até passar sem que ninguem perceba. Mas uma faculdade não é local para fazer um desfile de roupas sensuais e provocantes. Existe hora e local para as coisas. O bom senso sempre impera nessas horas.
A reação foi ridicula, mas a provocação também foi sem sentido. Espero que a moça consiga voltar a estudar (o que vai ser difícil) e retome sua vida normal. Mas não deixo de lado a minha desconfiança de que isso possa servir de trampolim para uma capa de revista e o seus desdobramentos naturais.


quinta-feira, 29 de outubro de 2009

A FANTÁSTICA DEFINIÇÃO

Não é segredo para ninguém a minha paixão absoluta pela televisão. A paixão virou profissão, trabalho, respiração diária e necessária.
Gosto de tudo, do conteúdo até a parte técnica... Gosto dos equipamentos, do cheiro do estúdio, das novidades tecnológicas que não param a cada segundo.
São tantas novidades que poderia ficar horas escrevendo aqui, mas vou escrever sobre algo, que nem é tanta novidade no meio televisivo, mas para a grande maioria dos telespectadores ainda é algo caro e distante: a Alta Definição, o HDTV.
Há alguns meses escrevi aqui sobre a TV que comprei e a minha entrada nesse mundo. Mesmo assim nem tudo o que é gravado e transmitido aqui no Brasil está nesse formato. Até transmissões como a Fórmula 1 ainda não estão em HDTV (aliás a corrida desse final de semana há uma promessa da primeira transmissão em High Definition da categoria). Nós assistimos F1 em SD (Standard Definition), digamos de forma bem simplista que é um meio termo.
Por isso, quando vejo algo gravado em HDTV fico impressionado. São tantos detalhes, uma qualidade tão incrível que parecem superar a qualidade da visão humana. No meu caso supera porque essa visão já não são mais a mesma...
Para quem ainda não teve oportunidade de assistir um vídeo em HDTV, seguem dois vídeos sensacionais. Já aviso que isso não é uma propaganda da Philips, Panasonic e Samsung, não ganhei nada por isso (bem que podia rolar uma graninha heheh). Por isso coloquei um vídeo de cada uma pra não parecer jabá.
Fique então com essas imagens incríveis:






terça-feira, 27 de outubro de 2009

PRONTO... SOCORRO

Fui ao hospital hoje para verificar o que tinha acontecido na madrugada. vômito, diarréia (que nojo) e um mal estar forte.
Chegando lá vi o quanto as pessoas são mal atendidas em locais públicos. Atendentes que fingem que você não existe, conversam sobre futilidades na sua frente e você la com aquela cara de burro quando foge, com dor e doido pra pular no pescoço do infeliz atendente.
Depois que ele fez o registro com certa vagarosidade passou as fichas para um segurança (isso mesmo, o segurança). Fiquei pensando o que o segurança tinha a ver com as fichas de atendimento. E ele ficou lá, lendo, olhando os detalhes... e eu com dor, com vontade de vomitar tudo mais.
Minha irma foi comigo porque também estava passando mal. Então o segurança fcou analisando nossas fichas. Já estava esperando ele virar e falar: "vocês estão com tal coisa, tomem isso e vai ficar tudo bem". Quem sabe não era um médico disfarçado de segurança só para não ser incomodado.
Passado esse periodo de aflição o tal segurança sumiu com a fichas. Minutos depois fomos chamados e levados para uma segunda sala de espera. Claro, o nome da sala é certeiro.. bota espera nisso... Então surge uma voz misteriosa que grita meu nome "Antenor Thomé de Souza Mariguella".
Lá fui eu ao encontro do médico. Muito simpático, até demais, mas com o problema que muitos da sua profissão. Não escuta o que o paciente fala. Mas ele se deu mal porque cai na frente dele e falei, foi então que ele se mostrou um humorista nato. Falei que tinha ficado sem comer nessa segunda o dia todo e ele me solta: "Você ta fazendo regime? Precisa emagrecer mesmo..." hahaha Como assim?
Bom, deixei pra lá... mas a tortura tinha que continuar na hora do soro. Me senti num açougue pronto para o abate, nada de simpatia, nada de delicadeza e sim muita grosseria...
Fiquei com dó das pessoas que precisam usar esse serviço com mais frequência.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

BASTIDORES TELETON 2009 - VIDEORREPORTAGEM

Demorou mais ficou pronto. A idéia era colocar a videorreportagem sobre o Teleton 2009 logo no começo da terde de domingo, mas a tecnologia nem sempre gosta de nos ajudar, além de um grande número de material gravado. Mas vamos lá.
O Teleton 2009 foi um sucesso, a meta foi alcançada, muitas doações foram realizadas e todas as pessoas que precisam da AACD agradecem. Quem imaginava que teriamos mais um novo centro de reabilitação ficou impressionado quando o governador José Serra e o prefeito de SP Gilberto Kassab anunciaram a doação do terreno e da estrutura física para mais duas novas unidades em SP.
Saindo da festa que você pode acompanhar ela televisão, eu tentei trazer um pouco do que estava acontecendo nos bastidores. Uma mega estrutura é mobilizada para que o programa vá ao ar durante aproximadamente 24 horas. Sao voluntários, funcionários, a imprensa e convidados que deixam as dependências do SBT movimentada até na madrugada. Fui para lá na sexta a noite, voltei na madrugada, dormi apenas uma hora e no sábado pela manhã já estava no Complexo Anhanguera novamente. Desta vez não fui sozinho e levei minha irmã Cassiane e meu irmão Diego para auxiliar na realização da matéria.
Por falar na videorreportagem fiquei muito feliz com o carinho com que fui recebido, pelas pessoas que conheciam o blog e também por aquelas que se interessaram pelo trabalho que realizo aqui.
Tem muita gente falando na reportagem, segue a lista de quem você vai encontrar falando comigo por lá: Eduardo Carneiro - presidente da AACD, Adriane Galisteu, Luciana Gimenez, Cesar Filho, Joyce Ribeiro, Yudi, Priscila, André Vasco, Arnaldo Saccomani, Beto Marden Cynthia Benini, Karyn Bravo, Patricia Salvador, Richard Rasmussem, Christina Rocha, Roberto Justus, Patricia Maldonado, Sarah Oliveira, Wagner Santisteban, Ronnie Von, Roberta Miranda, Celso Portiolli, Goulart de Andrade e Eliana. Claro que tem algumas surpresinhas que não vou adiantar aqui, tem que assitir.
Faço um destaque especial para a Lígia Mendes que novamente foi um amor com o Mural do Antena. Aproveito a Daniela Beyruti, diretora do SBT, que também falou na reportagem para agradecer a emissora pelo apoio na cobertura.
Vale ficar de olho na entrevista que fiz com a Claudia Leitte, ela se emociona ao falar do filho.
Acho que é isso, melhor do que ficar aqui é correr para assitir essa videorreportagem com os bastidores do teleton 2009, espero que gostem.


domingo, 25 de outubro de 2009

TELETON 2009 - FOTOS

Antes de postar a videorreportagem com os bastidores e as entrevistas coloco aqui algumas fotos do Teleton 2009. Faço um grande destaque para a entrevista exclusiva de Cláudia Leite, que se emocionou ao falar sobre o filho. Lígia Mendes foi uma simpatia novamente com o Mural entre tantas coisas.
Gostaria de ter atualizado o blog direto de lá, mas se eu ficasse escrevendo perdia entrevistas, foi tudo muito corido. Consegui atualizar um pouco o twiter. Contei com a ajuda da minha irmã Cassiane e do meu irmão Diego. Foi bom rever alguns amigos e conhecer algumas pessoas bem legais por lá.
Fiquem com as fotos... e logo mais a videorreportagem.

















Sala de imprensa e sala VIP no estúdio 3








Patricia Salvado e Maisa









Lígia Mendes e Cíntia Benini








André Vasco e Celso Portiolli









Sarah Oliveira e Eliana












Daniela Beirute, Renata Abravanel e Cláudia Leite









Joyce Ribeiro e Roberto Justus









Silvio Santos e Hebe Camargo

sábado, 24 de outubro de 2009

TELETON 2009 (2)

Voltando com mais um post direto do SBT. Já passaram muitos artistas pela emissora.
O corre corre é total aqui na sala de imprensa e no lounge montado no estúdio 3. Por aqui já passaram Luciana Gimenes, Adriane Galisteu, Daniela Mercury, César Filho, Joyce Ribeiro... Ainda muitas atrações aguardando para entrar ao vivo pelo Teleton.
Vale lembrar que para doar 5 reais basta ligar para 05001234505
Algumas fotos... e Domingo uma videorreportagem completa com tudo que rolou nos bastidores do Teleton 2009.










sexta-feira, 23 de outubro de 2009

TELETON 2009

Olá gente,
Começo agora a cobertura do Teleton 2009 diretamente dos estúdios do SBT na Anhanguera. O lounge localizado no estúdio 3 da emissora já está ficando cheio com os convidados e imprensa.
O presidente da AACD, Eduardo de Almeida Carneiro já está na emissora.
Segue a primeira foto da cobertura, lounge do teleton. Minha irmã Cassiane está me auxiliando.



FAMOSOS E FAMOSOS

Na última madrugada fui cobrir a inauguração de uma mistura de casa noturna, restaurante e clube. Trata-se do Club A, o mais novo empreendimento do apresentador da RedeTV Amaury Jr.
Como toda a imprensa fiquei naqueles cercadinhos preparados especialmente para nós, réles mortais jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas. O local só dificultava o nosso trabalho, ficavamos em uma posição difícil de fazer entrevistas e imagens, principalmente para esse ser que vos escreve que além de entrevistar tem que fazer as imagens também.
Nada como uma certa experiência para conseguir achar brechas e realizar o trabalho. Eis então que começam a chegar os famosos. Famosos de várias categorias, desde artístas até empresários, políticos e atletas. Realmente foi uma festa que reuniu grandes personalidades.
Como vocês já devem ter percebido um fato, aqui no Mural do Antena, é apenas uma justificativa para uma reflexão. Eu e meus pensamentos ficamos filosofando sobre as celebridades.
Tem várias escalas de celebridades, todas elas precisam de nós, mas algumas quase se jogam na nossa frente e imploram um minutinho no seu veículo de comunicação, não importa qual pode ser até a TV Xupisco. Obviamente não vou citar nomes aqui, mas uma atriz, jovem, bonita e com boa projeção na mídia me chamou de canto e praticamente se ofereceu para falar.
Mas existem as celebridades de verdade, aquelas que tem uma energia diferente e estão em outro patamar. Hebe Camargo não precisa provar nada para ninguém, já tem muita fama, dinheiro e prestigio. Mas ao sair do evento, mesmo que os assessores, seguranças e um mundo não quisessem que ela falasse, ela educadamente parou e falou com os jornalistas. Uma simpatia e bom humor ímpar.
Mas em um próximo post vou discutir algo que foi dito na pós-graduação. Como essas celebridades vão "se virar" no mundo das redes? Mas vai ficar para depois...

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

MULHER MAIS SEXY DO MUNDO

Fui me atualizar agora das principais notícias desta noite e me deparei com a machete: "Grazi Massafera é eleita a mulher mais sexy do mundo por revista". Então fiquei pensando sobre essas "eleições" .
Como o ser humano adora fazer uma lista. Tem sempre que fazer uma escala para definir prioridades, parâmetros e estereótipos para que todo mundo passe a correr em busca dos inalcansáveis.
Não que eu não concorde que a Grazi seja linda. A foto de divulgação dela aqui neste post mostra que a atriz e ex-BBB é muito bonita, sensual e atraente. Tem personalidade, um olhar incrível e uma simplicidade que conquistou um público muito grande.
Não estou questionando a moça e muito menos a sua beleza, mas ser a mulher mais sexy do mundo acho muito pesado. Nenhuma mulher merece esse título porque existem milhões delas espalhadas por esse mundão tão lindas e sensuais quanto a nossa Grazi.
Posso dizer que conheci várias dessas mulheres. Lembro uma vez que estava no supermercado e tinha uma menina incrível, com um olhar tão penetrante que me deu vontade de ajoelhar aos pés dela e pedir para que ela me levasse junto com as compras.
Eu tenho uma prima, que vi poucas vezes, aqueles parentes distantes que quase nunca se encontram. Pra se ter idéia da distância não estou conseguindo me lembrar o nome dela agora, mas não importa, ela é linda. Sempre quando me lembro de uma mulher bonita ela aparece nos meus pensamentos. Faz muitos anos que não encontro com ela, eu devia ter uns 1o anos da última vez, ela era um pouco mais velha deveria ter uns 15. Fazendo uma conta básica hoje ela deve ter uns 33 anos. Fico aqui maginando o quão bonita que ela é hoje.
Bom, se eu for ficar numerando a quantidade de mulheres tão bonitas quanto a Grazi eu conheço não vai caber aqui... Então entra uma outra questão nesse jogo. O que é beleza pra você?
A beleza é muito relativa. Estamos falando só da embalagem, mas ainda sim esse conceito é relativo e impreciso. O que é belo pra mim pode ser que não seja para você.
A beleza faz parte de uma complexa mistura que não envolve só a nossa embalagem, junte a tudo isso a personalidade, as atitudes e muito mais. Tem muitos casos de pessoas belas por fora, mas que o interior estraga o que nosso olhos podem ver.
Para encerrar quero dizer novamente que a Grazi é muito bonita sim, mas eu não diria que ela é a mulher mais sexy e sim que está representando milhões de mulheres que estão por ai, mães, donas de casa, empresárias, esportistas e você que está lendo esse texto.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

VAMOS COMEMORAR!!!!

É muito estranho escrever sobre o próprio aniversário. Quem me conhece intimamente sabe que não costumo fazer grandes comemorações ou coisas do estilo. Algumas vezes faço um bolinho básico aqui em casa só com a família, outras vezes alguns amigos da faculdade e do trabalho vieram aqui em casa e só.
No começo deste ano tinha pensado em fazer uma festa um pouco maior para comemorar também os meus 10 anos de televisão, mas tudo miou. Calhou também, desta vez, que estou com a genda lotada, muitas coisas para resolver, eventos, gravações que mal vai sobrar uma brechinha para respirar uma comemoração.
Mas vamos lá, momento retrospectiva. O que eu estava fazendo há 1 ano? Lembro que teve uma comemoração tímida e simples lá no trabalho, um bolo básico em casa e a presença só dos familiares próximos e da namorada. É na época eu tinha uma namorada.
O fim de ano foi muito tenso, mudanças em projetos, insegurança no trabalho, aquela aflição habitual que ronda quem trabalha com mídia. Algumas coisas ruins aconteceram no trabalho, contrato que mudou e eu estava inseguro com relação ao futuro.
Para desestressar e esquecer um pouco dos problemas fiz uma viagem bem gostosa para Paraty/RJ, aproveitei bastante e voltei novo. Novo e com uma energia maior, com a certeza de que 2009 ia ser um ano muito bom.
Nasceu então o Mural do Antena, este canal fantástico que me aproxima do mundo, que me proporciona divulgar meu trabalho e levar informação, cultura, entretenimento e um pouco de bobagem para um número infinito de pessoas, que agora são mais do que leitores, são amigos.. alguns presentes, outros conhecidos e centenas de ocultos, mas que eu sei que estão sempre passando por aqui.
O blog criou personalidade, está crescendo e me deixando muito feliz. Por meio dele conheci muitas pessoas legais, entrevistei e fui reconhecido por pessoas que sempre admirei. O blog também me proporcionou abrir novas portas, hoje faço parte de um projeto muito interessante e promissor na RedeTV.
Claro que nem tudo foi um mar de rosas. Tive a maior decepção da minha vida e só escreverei isso. Sofri, sofri e graças ao trabalho e aos amigos consegui manter o foco e não desanimar de prosseguir com meus projetos e refazer meus planos e sonhos.
Esse ano foi muito intenso, interessante e extremamente importante para o meu crescimento em todos os sentidos. Falar se ele foi bom ou ruim é muito simplista e dualista. Ele teve de tudo, foi um retrato fiel da montanha russa que é a nossa vida. O que não muda nesse libriano tímido, que não guarda mágos, que sempre enxerga o lado bom das pessoas e sonhador é a vontade de sorrir.
Não vou fazer festa, soltar fogos ou ganhar presentes (se bem que gostaria haha). O mais importante de tudo é saber que tenho um monte de amigos, que meu trabalho vai muito bem, obrigado... Estamos ai, lutando e tentando fazer o melhor... Que venha mais um ano... Rumo aos 28 agora!!!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

LIBERDADE

Nessa vida nós somos colocados em muitas situações. Conhecemos inúmeras pessoas no nosso dia-a-dia, algumas delas passam e nunca mais voltam, outras aparecem e ficam por um periodo curto e logo somem como a fumaça ao vento.
O fluxo de gente, conhecimento, interação é enorme, ainda mais com esse mundo virtual que nos faz próximos as pessoas e ao mesmo tempo tão distantes.
Eu sempre gostei de fazer amizades e conhecer pessoas, apesar de ser tímido e um pouco cauteloso com amizades, sou uma pessoa aberta e receptiva. Há pouco mais de um ano e meio começei a desenvolver um projeto de Tv Web em Guarulhos. Em um primeiro momento, enquanto a estrutura física, equipamentos e outros detalhes não eram resolvidos, fiquei instalado no departamento de marketing da faculdade que está montando a TV.
Lá conheci várias pessoas, algumas ficaram mais próximas, outras nem tanto. Mas posso dizer que fiz uma grande amizade nesse periodo. Uma menina jovem, talentosa, inteligente e uma ótima profissional. Além de tudo isso nós somos muito parecidos, fazemos aniversário amanhã, dia 21 de outubro e nos damos muito bem.
A vida muitas vezes não se mostra fácil e um mar de rosas. Ela passou por um periodo bem complicado, mas hoje ela tem alguns motivos para sorrir novamente. Fiquei muito feliz quando presenciei uma ótima notícia que ela recebeu.
Hoje estou aqui em Guarulhos para dar uma abraço nela e desejar boa sorte nos passos que ela vai trilhar daqui em diante. Mas é claro que nesse caso não é uma despedida, com certeza a Marcelle é uma amiga para a vida toda.
Boa sorte amiga e feliz aniversário!!!!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

ESTILO -VIDEORREPORTAGEM

Há algum tempo tento desenvolver algumas idéias aqui no blog. Hoje vou dar o primeiro passo para uma dessas idéias. Sempre gostei de ver gente diferente, com estilo interessante e que não ligue para que os outros pensem sobre sua forma de agir, pensar e se vestir.
A idéia é desenvolver uma série de reportagens sobre estilo, mostrar pessoas que se vestem de maneira "diferente" e que se sentem tranquilas e à vontade com a maneira que escolhem o seu figurino.
A idéia virou realidade por acaso. Fui gravar uma reportagem há algumas semanas no show do Brothers of Brazil, a banda do Supla e do João Suplicy. Por lá estava uma garota com um visual todo diferente e interessante. Acabei não falando com ela na hora e até me esqueci do assunto. Alguns dias depois ela surgiu no orkut, foi então que não pensei duas vezes e perguntei sobre a possibilidade de gravarmos. Essa garota é a Michelle Fernandes que tem 22 anos e foi super simpática e atenciosa comigo para que essa gravação acontecesse.
Gravamos em dois locais, na casa dela e depois fomos até um bar na região da Paulista muito legal. O local chama Bar Squat, fica aqui também mais essa dica de um lugar agradável e com uma decoração bem interessante.
Aproveito aqui para pedir a sua ajuda. Caso conheça alguém que tem um estilo diferente, ousado e que chame a atenção é só me avisar que essa pessoa ou você mesmo pode virar tema da videorreportagem aqui do blog.
Outras séries estão em mente também, falo sobre elas em um próximo post. Fazia tempo que eu não postava nenhuma videorreportagem por aqui, a correria anda muito grande, mas com o tempo as coisas vão se encaixando.
Espero que gostem da videorreportagem e da Michelle também!


sábado, 17 de outubro de 2009

SELVAGEM AO EXTREMO

Selvagem ao extremo era o nome do quadro de Richard Rasmussem na Rede Record. Eu sempre gostei de programas ou reportagens que mostrem a natureza, os bichos e suas curiosidades. Aliás tenho muitos planos de fazer algumas matérias mostrando locais interessantes e bonitos.
Não assistia com frequência o quadro do Richard, mas vi muitas matérias dele. O nome dado ao quadro era certeiro. Richard se fundia com a natureza a conseguia trazer para nós telespectadores os flagrantes e registros mais incomuns.
Neste sábado fui gravar o lançamento do livro dele, "As aventuras do Richard". Obviamente não deu tempo de ler, mas pelo que folheei e conversei com as pessoas na livraria, essa é uma ótima oportunidade para descobrir alguns detalhes dos bastidores das aventuras do nosso "selvagem".
Adoro contato com novas pessoas e conhecer suas histórias. A simpatia do Richard e da sua esposa Sabrina foram exemplares. Não imaginava, por exemplo, que havia um público tão jovem fã do trabalho de Richard. Muitas crianças na fila sedentas para encontrar com o seu herói moderno.
Vale lembrar que Richard trocou a Rede Record pelo SBT. Na primeira semana de dezembro o selvagem vai deixar de ser apenas um quadro e vai virar um programa. Duração maior, mais tempo para explorar a natureza, o que não muda, isso ele me garantiu, é a alma aventureira e desbravadora de um economista que virou biólogo e é apaixonado não só por bichos, mas pela vida.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

VOAR VOAR, SUBIR SUBIR

Realmente esse é um ótimo momento para o Biafra se relançar no mercado com o seu "Sonho de Ícaro". Ele, mesmo que sem querer, está recebendo publicidade de graça vindo de todos os cantos do mundo.
Voltando um pouco no tempo vamos lembrar da famosa história do padre dos balões. Uma história trágica, porém incrivelmente cômica. Poxa, onde aquele padre estava com a cabeça para cometer tamanha bobagem. Claro, a cabeça estava nas nuvens.
Fico aqui pensando, não teve um cidadão em plena consciência que tentou impedir o sacristão partir para o alto, sumir no horizonte e dar um belo mergulho no mar? Não dá, nem toda loucura deve ser aplaudida ou encorajada.
Eis então que o próprio Biafra foi o protagosnista de uma cena hilária e que tomou proporções internacionais. Durante a gravação de um documentário, o cantor interpretava o seu sucesso "Sonho de Ícaro" quando um parapente invadiu a cena e acertou em cheio o cantor.
Passado esse fato, hoje me deparo com a cena de helicópteros perseguindo um balão nos EUA, onde provavelmente estava uma criança. Eis que o balão cai e quando vão pegar a criança, surpresa!!!! Onde estava o garoto. Nada de criança lá dentro, começou então uma busca pela criança do Balão. Até que acharam o menino escondido na garagem de casa.
Na foto eis o garoto Falcon, o danadinho que todos imaginaram ter seguido os passos do padre do balão, mas que apenas achou um ótimo esconderijo.
Para quem não viu, veja o vídeo do Biafra levando uma "parapentizada" na orelha, peguei a versão que passou no programa da Elen Degeneris nos EUA.




*crédito da foto: David Zalubowski/AP

A MÚSICA NA REDE

O assunto é polêmico e pode render anos e mais anos de debates, incluindo debates bem acalorados. A rede proporcionou uma mudança incrível na forma como muitas coisas acontecem, principalmente quando falamos de informação, cultura e entretenimento. Por traz dessas três palavras está uma outra que sofreu muito mais, para o bem e para o mal, que é MERCADO.
Vou pegar o exemplo da aula de hoje que tive na pós-graduação com o professor Sérgio Amadeu. O título da aula foi: Música digital, indústria da intermediação e plataformas de distribuição.
A música que é feita hoje é completamente diferente da que era feita há alguns anos, não falo só de "conteúdo", mas principalmente pelas possibilidades existentes para a realização dela. É fácil fazer música, seja boa ou ruim, e ficou mais fácil ainda torná-la disponível para que muitas pessoas ouçam. Isso não é sinônimo de fazer sucesso ou ficar famoso, mas temos que concordar que fenômenos como o Teatro Mágico, da forma como surgiram hoje, seriam praticamente impossíveis há alguns anos. A música está na rede, está disponível (mesmo que muitos não queiram), mas quem quiser ouvir vai ouvir, vai copiar e vai divulgar.
Passamos então para quem briga muito contra a música livre na rede e contra os downloads, sim você deve ter pensado nelas: as gravadoras. Claro, elas estão percebendo que a música estando na rede vão perder muito porque o intermediário é desnecesário na rede. O caminho entre ouvinte, música e produtor de música ficou muito mais curto e honesto. Agora as gravadoras tentam convencer que alguém que baixa música, copia um CD é um criminoso, muito complexo isso e que merece muito debate também.
Por fim vamos falar das plataformas de distribuição, ou seja o CD, DVD e outros meios necessários para se ter uma música. Com a digitalização esses meios já estão ultrapassados e caindo em desuso. Claro que o CD não vai morrer, mas digamos que vai ficar mais esquecido. Basta fazer uma conta bem simples, um CD comum comporta em torno de 14 músicas, um pouco mais, um pouco menos. Hoje, qualquer aperelho celular, ipode, ou um simples pendrive pode levar coletâneas inteiras, centenas e até milhares de músicas. Você pode pegar música do seu amigo, passar para seu professor que por sua vez vai ouvir a hora que bem entender e em qualquer lugar, sem precisar depender de um aparelho para tocar determinada plataforma.
O mundo está mudando, a tecnologia evoluindo a cada dia, cabe a nós também acompanharmos tais evoluções e aprendermos a conviver com essas novas possibilidades que se mostram a cada dia.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

ALÉM DA IMAGINAÇÃO

Eu tenho a imaginação fértil. Quantas vezes me pego imaginando coisas, criando situações e tentando inventar algo novo para o blog ou para os locais onde eu trabalho. Se eu usasse essa imaginação para o mal ia fazer um grande estrago.
Às vezes eu me divirto com as coisas que passam por esta mente aberta e viajante. Outro dia fiquei criando uma pauta aqui para o blog, aliás seria uma ótima pauta, mas a realização dela só seria possível se eu estivesse na Globo, diante de tantas coisas que fiquei viajando. Mas dessa grande viajada surgiu uma outra idéia, essa bem mais possível e financeiramente viável, em breve coloco em prática.
Conheço muita gente que viaja também.. umas iguais a mim, pessoas que é só ficarem um minuto quietas que já começam a imaginar e criar coisas, outras precisam de um incentivo nem sempre legal perante a lei e tem algumas que viajam negativamente, viajam para maldade ou simplesmente ficam criando monstros que não existem.
O twitter, por exemplo, ajudou muita gente que adorar criar fantasmas para a própria vida. Diariamente vejo cenas cômicas de pessoas fazendo teorias conspiratórias contra si, falando sozinho, imaginando respostas e por ai vai.
Tem aqueles que extrapolam o mundo virtual e partem para a ignorância mesmo, imaginam fatos e tentam fazer todo mundo acreditar que tal bobagem nascida na cabeça dele é real. É muito difícil lidar com alguém assim, pois a qualquer momento uma história criada por ele pode se transformar em uma grande dor de cabeça para os que cercam tal elemento. Conheço uns seres assim...
Feliz mesmo é o Bob do desenho (lembram - Fantástico mundo de Bob), ele criava o próprio mundo e vivia lá feliz, com alguns medos, mas sempre no final tudo dava certo. Espero que as minhas imaginações e criações continuem assim, loucas às vezes, mas que sempre resultam em algo legal.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

GRAVANDO

O jogador de futebol quando fica contundido e não pode jogar por algum periodo passa por momentos de ansiedade. Ter que assistir tudo do lado de fora e não ter como ajudar sua equipe é um tanto quanto cruel.
Me senti assim essa semana. Não tendo como gravar por causa do pescoço e da gripe fiquei tão parado que se fosse água corria o risco de virar um criadouro de dengue. Então fiquei recordando de alguns periodos que fiquei longe das gravações e do trabalho.
Jornalista é daquele jeito, pode estar em férias, desempregado, viajando, se divertindo que ele está trabalhando. O faro fica sempre ligado, qualquer coisa fora do normal já vem aquela vontade de registrar, avisar os colegas e apurar o que está acontecendo.
Lembro de algumas situações que passei, uma delas foi culpada pelo início das videorreportagens aqui no blog. Estava passeando com minha ex-namorada em um museu e achei o máximo aquele lugar, mais precisamente o Museu Catavento, clique aqui para ver a videorreportagem. O que era um passeio transformou-se em pré-produção que se transformou em gravação no mesmo dia.
Lembro também do periodo que fiquei longe da TV em 2007. Que desespero quando voltei a gravar um material depois de alguns meses, deu aquele frio na barriga, uma mistura de saudades com insegurança, mas tudo correu bem e foi uma ótima gravação e logo vi que não tem jeito mesmo, esse negócio fica preso e não tem como tirar!
Amanhã estou de volta, não fiquei um longo periodo sem gravar, foi apenas uma semana, mas odeio ficar parado, cheio de idéias e com as coisas acontecendo. Ainda bem que consegui atualizar o blog e me recuperei porque o aniversário está chegando e temos sempre que comemorar.

domingo, 11 de outubro de 2009

ALÔ CRIANÇADA O BOZO CHEGOU

A chegada do dia das crianças sempre me deixou alegre, não só pelos presentes que eu recebia quando era uma criança em idade, mas também porque é uma data que praticamente antecede o meu aniversário.
Lembro que minha avó dizia: "Chegou o dia das crianças, agora faltam 10 dias para o aniversário do Tato". Tato é o meu apelido em família, o único lugar onde o Antena não pegou.
Gosto do dia das crianças porque é uma data que sempre me faz ver o quanto a criança que está dentro de mim continua viva. Ter essa coisa da infância dentro de nós é muito importante, é uma força que faz o dia-a-dia parecer um grande parque de diversões, onde os problemas se transformam em jogos, os resultados em prêmios e tudo sempre é uma festa.
Eu sou assim, mesmo tendo que manter uma postura séria em algumas situações, nunca deixo que isso se torne uma constante. Eu sou sério, muito sério no que faço, e sou feliz, alegre e divertido.
Uma vez falaram que eu sorria muito, podia parecer para os outros que eu não era sério. Então fiquei pensando, desde quando sorriso é antônimo de seriedade?
Eu me divirto mesmo, faço brincadeiras, dou risada. O pessoal lá do dept. de Marketing da Torricelli sabe do que eu estou falando. Toda vez que vou para a TV passo pelo departamento e faço a festa mesmo, acho que rir, se divertir é fundamental para que o trabalho aconteça da forma mais agradável e gostosa possível, ainda mais em um departamento que envolve criatividade. Conto piada, escrevo bobagens na lousa e faço a galera rir.
Minha credibilidade, minha seriedade fica abalada por causa disso? Com certeza não.
Como seria bom se todas as pessoas cultivasem a criança que tem dentro de si, que em alguns momentos fizesse a infância retornar e olhasse para o mundo de uma maneira mais pura, ingênua e sincera. Certamente teriamos resultados mais sérios e eficientes.
Pra encerrar quero deixar um vídeo de uma figura que marcou minha infância e levo sempre o que ele cantou comigo: "Sempre rir, sempre rir, sempre rir..." Viva o BOZO e a criança que há dentro de nós.


sábado, 10 de outubro de 2009

SER CANHOTO

Quando estava encerrando minha faculdade de jornalismo em 2003 tinha que fazer o tal TCC. Acabei fazendo um vídeo sobre o Riso, mas eu tinha um "plano B" que era escrever um livro sobre a "Vida do Canhoto".
Eu sou canhoto e nunca tive nenhum problema sobre isso, aliás eu acho o máximo. O primeiro aspecto que se comenta é o de escrever com a mão esquerda. Muita gente fala que canhoto tem letra feia e encontra dificuldades para escrever. Minha letra é bonita, as pessoas vivem elogiando e quanto as dificuldades acredito naquela história da adaptação. Fui aprendendo a lidar com as dificuldades e hoje não encontro grandes problemas.
Eu cheguei a fazer uma longa pesquisa sobre essa questão do canhoto e dos instrumentos adaptados para facilitar nossa vida. Quem é destro nunca deve ter parado para pensar, mas instrumentos simples como tesoura, régua e abridor de lata são feitos para pessoas que usam a mão direita. Esses objetos criados para o mundo dos destros fazem com que o canhoto tenha uma imagem de desajeitado, atrapalhado porque ao usar um abridor de latas, por exemplo, parecemos contorcionistas.
O que muita gente não sabe é que existiu um preconceito muito forte contra os canhotos e ainda há muitos traços desse preconceito ainda hoje. Vamos então buscar algumas explicações e respostas na história para entendermos o que há de temível nos canhotos.
Começemos pela religião, elas adoram criar preconceitos e idéias malucas sobre as coisas. Na bíblia Jesus senta-se ao lado direito de Deus. No século XVII difundiu-se a idéia de que o Diabo batizava seus seguidores com a mão esquerda. O Alcorão, por exemplo, diz que aqueles que carregam o livro na mão esquerda no dia do Juizo Final são as pessoas que não foram bem-venturadas. Ainda falando de religião, muitos canhotos foram queimados em fogueiras porque eram considerados feiticeiros, bruxas e paranormais.
Saindo da religião e partindo para a política. Percebemos também a forte influência desse pensamento obscuro com o lado esquerdo. Bom, de cara podemos citar o fato de o lado do contra, opositor, que está a margem é a "esquerda". Na monarquia francesa ficava notória essa separação. Nobres ficavam ao lado direito do Rei, já a burguesia sempre a esquerda.
Esses são fatos que foram criando um imaginário que foi passando de geração para geração. Em um passado não tão distante professores repreendiam alunos que escreviam com a mão esquerda, forçavam crianças aprender a escrever com a mão direita. Até cumprimentar alguém é "correto" fazer com a mão direita.
Estimasse que cerca de 10% da população seja canhota. Alguns livros tentam encontrar respostas sobre as razões desta questão, um deles chama-se "Right Hand, Left Hand". Não existem dados e estudos conclusivos sobre o canhoto. Muitos dizem que o canhoto é alguém diferenciado porque o lado direito do cérebro é mais ativo, lado esse que é ligado a genialidade, com as habilidades artísticas e visuais.
Pra finalizar e mostrar esse certo preconceito vou citar mais duas coisas. Adivinhe qual é o dia do canhoto. Dia 13 de agosto. Não preciso dizer que é um dia considerado por muitos de azar e no mês considerado de mal agouro.
Alguns idiomas deixam claro o lado negativo do canhoto. Bom, o contrário de canhoto em português é destro, que significa alguém dotado de destreza, hábil, correto. Em italiano canhoto é "sinistro" que quer dizer de mau agouro, fúnebre, ameaçador. Já em francês canhoto é "gauche" que significa alguém acanhado, inepto.
Quem utilizou muito bem esse termo foi Carlos Drummond de Andrade na primeira estrofe do poema "Poema de Sete Faces".
Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra disse:
Vai, Carlos! ser gauche na vida.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

YES, HE CAN

Como tem comitê nesse mundo!!! A escolha desta vez não teve ligação com sede de nada, como aconteceu com a cidade do Rio de Janeiro na semana passada. Hoje a escolha foi do Comitê Nobel norueguês, Barack Obama é o mais novo agraciado com o Prêmio Nobel da Paz.
Nada contra o Obama, achei muito legal ele ter conquistado a confiança dos norte-americanos e ter sido eleito presidente da nação mais poderosa do nosso pequenino planeta. Mas achei precipitado demais dar essa honraria para ele, concordo que ele tenha trazido esperança para o mundo, que o fato de ser negro também contou positivamente para a discussão e diminuição do pensamento racista, mas calma lá gente o cara tem muitos interesses obscuros para defender também.
Não é porque trocou o comando que todas as atitudes reprováveis serão alteradas, que o passado de coisas ruins que aconteceram e tem forte influência com o presente e com o futuro do mundo desapareceram junto com o Bush. Ele pode e terá que trabalhar muito para conseguir consertar erros históricos, aliviar tensões criadas pelo próprio país e conseguir atingir muitos desses objetivos.
Seria muito mais prudente conferir esse prêmio no final do mandato dele, quando ele conseguir diminuir a pobreza, as desigualdades sociais e principalmente os conflitos em países onde os norte-americanos estão instalados como os senhores da ordem e da paz, mas que na verdade não é bem essa a razão de estarem por lá.
Desculpem o termo chucro, grosseiro que vou usar, mas não tenho a menor dúvida se outro ataque terrorista acontecer, ou alguns países (leia Coréia do Norte, Irã, Cuba, Venezuela e outros mais) resolverem não seguir a cartilha ditada pelo nosso prêmio Nobel, ele não vai pensar duas vezes para tochar uma bomba e enfiar suas tropas no rabo dessas nações.
Espero que não, tomara mesmo que ele consiga ser um presidente conciliador, que consiga trazer paz de verdade para muitas nações que foram massacradas, tanto por guerras como economicamente, por governos anteriores. Torço mesmo, porque como ele diz no slogan de campanha Yes we can (sim nós podemos) e agora o mais apropriado seria Yes he can (sim ele pode).

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

A RESPONSABILIDADE

Desde pequenos nós somos conduzidos e estimulados a ter responsabilidade. O termo é bem complexo e amplo, mas resumindo significa ser responsável por algo ou alguém.
Quando você tem uma responsabilidade consequentemente você gera as mais diversas espectativas nas pessoas que te cercam. Sejam elas positivas ou negativas.
Sempre é assim, na escola temos a responsabilidade sobre muitas coisas, tarefas bem feitas, provas com notas boas, estudar muito. A coisa fica feia mesmo quando não atingimos algum desses objetivos, quando não cumprimos com a nossa responsabilidade e chamam os nossos responsáveis!!! Mas nem sempre há um responsável por nós em tudo o que vamos fazer na vida, na verdade quase nunca há!!!
Bom porque estou falando de responsabilidade?(já usei 5 vezes a palavra)
Sou responsável por muitas coisas atualmente e tento ficar atento para que tudo saia da melhor maneira possível. Uma das minhas responsabilidades atuais é este blog. No início aqui era apenas um espaço para exercitar minha escrita, mas o Mural cresceu e precisa de muita atenção da minha parte. Antes escrevia apenas por escrever, hoje penso em você que está ai lendo esse texto, sigo dicas, aprendo com as críticas e fico muito feliz com os elogios.
Não ia escrever nada hoje, estou com a saúde um pouco debilitada. Já escrevi sobre isso aqui, primeiro o tornozelo, depois o pescoço e agora uma gripe quase que suína. Ainda desconfio que alguém tenha feito um bonequinho vudú com a minha cara, tenha deixado ele dançando Macarena, com uma placa no pescoço escrita "I'm Bush" lá no Afeganistão.
Estava sem cabeça para escrever, mas o carinho de vocês foi muito maior do que qualquer problema. Falei que não ia escrever hoje e muitas pessoas se manifestaram. Fiquei muito feliz, poxa, isso é gratificante. Mesmo que não seja um super texto saíram algumas linhas sobre a responsabilidade.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

O CARTEIRO FOTÓGRAFO

Com o pescoço ainda dolorido e uma gripe rondando pra atacar fiquei lembrando de algumas histórias interessantes que conheci e viraram reportagens para os diversos locais que trabalhei. Vi um carteiro fazendo o seu trabalho e instantaneamente me lembrei de uma das matérias mais gostosas que realizei.
Tenho uma memória muito boa, lembro de nomes e locais muito bom, principalmente quando é algo que me emociona e me faz realizar um bom trabalho. Vou relembrar a história de um cidadão chamado Cilírio Brito.
Fui pautado para uma gravação em 2003 no Canal Universitário com o Cilírio. Um homem simples que trabalhava como carteiro na Zona Norte de São Paulo. Até então tudo parecia comum e nada fugia do convencional. Mas ele não era um simples entregador de correspondências, ele andava com uma máquina fotográfica e registrava o citidiano dos moradores da Brasilândia e também alguns flagrantes da cidade.
Um trabalho que tinha uma beleza incrível. Registros da realidade sem maquiagem, feito por alguém que estava ali no meio daqueles pessoas, que sabia das dificuldades e tinha acesso permitido pela comunidade.
Encontramos Cilírio em uma agência dos Correios próxima ao local das entregas. Fizemos com ele um longo percurso entregando as cartas, falando com os moradores e conversando com esse personagem da nossa Metrôpole. Além do belo trabalho que ele realizava, ainda era uma figura muito divertida. Foi uma tarde agradável em um dia nublado de correria dos moradores. Mal notaram nossa presença, assim como mal notamos pessoas talentosas com quem cruzamos diariamente.
Escrever a reportagem foi um prazer porque fiz um texto poetico, as imagens feitas pelo Repórter Cinematográfico André Martins estavam perfeitas. Não posso deixar de citar o assistênte Aldecides Barreto, as produtoras Luciana Silva e Kátia Motizuki e o editor Emerson dos Anjos. Um trabalho de equipe que resultou em uma reportagem curta, mas muito bonita e prazerosa.
No fim da gravação o Cilírio tirou algumas fotos da nossa equipe e me mandou meses depois. Tenho essas fotos.. mas estão impressas e por isso não dá pra disponibilizar aqui (por enquanto).
Assim é a nossa vida de jornalista, cada dia uma história, uma pessoa, um fato... Nunca um dia é igual ao outro...

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

SAI ZICA

Na semana passada torci o tornozelo e fiquei manquetola durante alguns dias, aliás a dor nem passou direito ainda, sinto um leve incomodo quando uso certos tipos de calçado. Mas quando eu imaginava que tudo corria bem lá vem outra dor de cabeça. Sim, agora pra dificultar minha vida o pescoço está travado, não posso olhar para a esquerda e nem para a direita. Estou me sentindo um cavalo usando cabresto, só posso olhar para frente.
E imaginem o que causa tudo isso? Nossas maravilhas tecnológicas, esses aparelhos escravizadores que nos fazem ficar conectados até altas horas da madrugada, que nos fazem jogar, trabalhar, nos divertir sentados em uma cadeira desconfortável e numa posição completamente errada para nossa anatomia.
Apesar de saber disso tudo é impossível ficar na postura adequada. Até começamos direito, mas depois de uma hora na frente do notebook você já parece um boneco de pano todo espalhado e torto. Isso quando não usamos no sofá, na cama ou seja lá onde for...
Preciso me recuperar rapidamente porque tenho a Tv lá em Guarulhos que precisa de atualização, tem a RedeTV que precisa das minhas gravações e tem o blog que está muito mimado e precisa ser constantemente atualizado.
Por falar em blog estou devendo videorreportagens, mas essas duas últimas semanas foram muito coridas e ainda tive uma pauta adiada. Mas tenho grandes histórias e entrevistas sendo agendadas, infelizmente só para a próxima semana, porque nesta já vi que vou parecer um robô e mal vou sair de casa.
Só para não levar bronca dos meus queridos leitores (desculpa Rosana, mas é impossível não te plagiar) quem está digitando tudo isso para mim é o meu irmão Diego. Na medida do possível vou alugar ele e atualizar o blog.
Ah, e quem tiver feito meu bonequinho de vudú pode parar de espetar por favor? hahaha

sábado, 3 de outubro de 2009

WEB REPÓRTER - REDETV

O blog Mural do Antena tem me rendido ótimos frutos. Tenho conhecido grandes pessoas, tenho escrito muita coisa e também gravado várias videorreportagens.
Há pouco mais de 3 meses estava aqui em casa atualizando o blog quando recebi um e-mail do Paulo Castilho, coordenador do projeto Web Repórter da RedeTV. Não conhecia o projeto, me encontrei com ele e já vi que coisas legais iam acontecer.
O projeto é ousado e tem conseguido bons resultados. A idéia é simples, câmera na mão e o mundo cheio de grandes histórias para serem contadas. A empolgação do Paulo, libriano sonhador e cheio de garra como eu, foi fundamental para que eu aceitasse entrar nesse projeto.
Há uma equipe pequena ainda realizando os mais diferentes flagrantes, pautas e histórias. O Antena aqui também está nessa. Do primeiro contato até hoje já realizei várias matérias bem legais. Umas mais voltadas para a linha de shows, outras mais ligadas ao jornalismo. Passei pelo show do Roberto Carlos, prêmios para celebridades, furos em porta de hospital e a explosão na cidade de Santo André entre outras tantas pautas.
A mais recente foi relaizada para a linha de shows da emissora, mais precisamente para o portal da Rede TV. Fui gravar o Making of de uma cena de capotamento de um carro para o programa Brothers apresentado pelo Supla e João Suplicy.
Foi um dia inteiro de gravação, desde a montagem do local, a preparação do carro, o posicionamento de 6 câmeras e a gravação em si. Apesar de estar mais vermelho do que um pimentão por causa do sol, o resultado ficou muito legal e já está no site da emissora, é só clicar aqui para conferir o making of que eu gravei.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

RIO 2016

Sou jornalista e tenho a missão de analisar fatos de uma forma objetiva e imparcial. Mas esse papo de imparcialidade não existe, já que o simples fato de falar sobre o tema e o recorte que irei dar é uma escolha parcial e com base nas minhas crenças, pensamentos e vivência.
Sou um libriano que age com o coração muito mais do que a razão. Me emociono facilmente, mesmo que não deixe os que estão ao me redor perceber. Hoje foi assim, acordei e nem me lembrava da tal escolha da sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Quando liguei a TV vi toda a comoção e espectativa criada em torno do fato.
Então começei a refletir sobre a então eventual escolha do Rio de Janeiro. Começei a colocar na balança os fatores e logo vem toda aquela chuva de pensamentos que são importantes. Roubo, crime, violência, falta de condições no setor hoteleiro e nos transportes. Muitos questionam porque se gastar tanto dinheiro em um evento desses e não jogar essa fortuna nos problemas que aqui estão.
Infelizmente esse dinheiro todo nunca seria gasto aqui dentro se não houvesse um motivo "maior". Com esse compromisso com o mundo a chance de vários setores da sociedade ganharem é muito grande. Enquanto nossos problemas são regionais, políticos e a própria sociedade pouco se preocupam para o que os outros vão pensar. Agora os olhos do mundo estarão por aqui, é preciso investir, é preciso melhorar é preciso mostrar que o país evoluiu. É uma questão de poder, é uma questão de orgulho.
Claro que muitos problemas serão maquiados, muito dinheiro será roubado, muita coisa será pouco utilizada depois dos jogos. Mas junto vem muita coisa boa também, o dinheiro vai entrar, o nome do Rio e do Brasil ficará em evidência e grandes problemas serão solucionados ou amenizados. Isso é bom...
Esperamos que a boa herança dos jogos fiquei e faça com que o Brasil evolua. Vamos ter um panorama de como vão ser as coisas já na Copa do Mundo de 2014.
Estava falando de emoção no começo do texto e não pude deixar de me emocionar com o anuncio do Rio de Janeiro. Espero que essa vitória para nosso país, para nosso esporte fortaleça elos que estão muito frágeis na nossa sociedade.
Pra finalizar quero parabenizar o povo do Rio de Janeiro, uma cidade linda (já tive o prazer de ir algumas vezes). Veja o lindo vídeo de divulgação da cidade sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

CANTADA NO MCDONALD'S

Tem coisas que só rindo... Digo muitas vezes que essa história de estar no lugar certo, na hora certa aconteceu várias vezes comigo. Aliás muitas histórias que contei aqui no blog já surgiram de fatos que aconteceram aleatoriamente na minha frente por obra do acaso.
Hoje surgiu mais uma história, que para muita gente poderia parecer algo de sorte, ou então uma situação para que eu tirasse proveito. Mas não é bem assim!!!
Estava tranquilamente comendo um lanche no McDonald's próximo à Cásper Líbero lá na Paulista. Como estava sozinho e completamente viajando na maionese fiquei ouvindo música e pensando na morte da bezerra. Eis que notei em uma mesa não tão distante um casalzinho simpático. Olhei novamente para eles quando vi o rapaz levantando e sumindo da minha visão.
Muito bem, continuei ali terminando meu lanche quando noto um movimento estranho. Era a menina fazendo uns gestos rápidos na minha direção. Olhei, tirei os fones de ouvido e fiquei lá vendo a moça acenando. Olhei para trás e vi que estava colado na parede, o negócio era comigo.
Como sou um pouco cego fiquei imaginando ser alguém que eu conhecesse, talvez alguém da pós ou com quem eu tenha trabalhado.
Dei um sorriso de volta meio sem graça por não lembrar ou reconhecer tal figura. Coloquei os fones de volta e então a menina soltou um "Ei"... Olhei novamente e ela mandou um beijo... Começei a rir porque sabia que ela estava acompanhada. Foi então que chegou o namorado, ele sentou e eles continuaram o lanche deles...
Fiquei então pensativo, em um primeiro momento até fiquei feliz... isso é algo que dificilmente acontece comigo. Mas depois fiquei pensando na fragilidade das relações humanas. Caramba, a menina estava ali com o namorado, o cara saiu por poucos instantes e ela estava jogando charme pro meu lado. Traição é algo que eu não consigo engolir, qualquer tipo de traição!!!
Depois de instantes de reflexão voltei a olhar pra mesa onde eles estavam e ela continuava me olhando. Até pensei que me enganei quanto ao juízo que fiz da moça, vai que eu não estava reconhecendo ela.
Durante alguns minutos ela ficou se insinuando até que eu fosse embora. Não sei se o cara percebeu ou se é esse tipo de gente que gosta dessas maluquices. Aparentemente o namorado não percebeu nada.
Fiquei imaginando se a próxima pessoa que se sentasse ali onde eu estava seria "assediada" pela menina (digo menina porque parecia não ter mais de 20 anos), se aquilo era um simples jogo de sedução ou se a maluca estava interessada em mim mesmo!!!
Ao menos ela me deu inspiração para mais um post aqui no blog. Fico com pena do namorado que mal sabe que a moça com quem ele está não respeita o relacionamento deles.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO