domingo, 18 de julho de 2010

A PAUTA CAIU

Domingo já é um dia que bate aquela preguiça, aquela sensação estranha de que a segunda-feira está logo ali e a rotina frenética da semana vai começar novamente. Eu nunca gostei muito de domingo por isso. Sempre fico desanimado para fazer as coisas e se o tempo estiver como esteve essa semana pior ainda: frio, chuvoso e escuro.
Pior do que toda essa preguiça que surge a cada domingo é ter a notícia que você vai ter que trabalhar. Deixar sua casa, enfrentar transporte público, ter que pensar na gravação e tudo mais.
Este domingo foi assim. No sábado a noite recebi a missão de ter que gravar na peça Aladdin que iria ser apresentada neste domingo lá no Credicard Hall. Aceitei a pauta porque gosto desse tipo de gravação. E estava afim também de curtir o espetáculo.
Mas... olha o mas ai novamente. Saí mais cedo de um churrasco, tomei outro banho, separei o equipamento, coloquei minha roupa de frio e parti para o outro lado da cidade. Domingo tudo é mais lento, principalmente metrô e ônibus. Depois de 1 hora cheguei no local da gravação.
Percebi um movimento estranho nas bilheterias, crianças reclamando, outras chorando, pais sem saber o que fazer, um certo clima de revolta. Algo estava errado por ali e então saquei meu celular e liguei para a assessora da peça.
A notícia: a peça foi adiada. Um problema de agenda impossibilitou aos atores ensaiarem no cenário gigantesco da peça e então foi decidido adiar para o próximo final de semana a apresentação.
Como não fui avisado pela produção perdi tempo e a chance de ficar nesse domingo chato deitado no sofá, com meus cobertores e comendo pipoca. Mas tudo bem, não é a primeira vez que isso me acontece. Em 11 anos de televisão já vi muita pauta cair quase que na "minha cabeça".
O mais curioso de tudo isso foi ver uma mãe explicando para a filha pequena que estava querendo ver a peça de qualquer jeito. Ela disse para a filha que a peça foi adiada porque tinha uma chance grande de pegar fogo no cenário e que todo mundo poderia morrer queimado, por isso foi adiada, para que ninguem se machucasse.
Confesso que se estivesse no lugar daquela criança não ia querer voltar lá nem de graça.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO