domingo, 3 de outubro de 2010

ELEIÇÕES 2010

Confesso que fiquei irritado quando fui convocado para trabalhar como mesário nessas eleições, até virou texto aqui do blog, principalmente porque tinha feito planos profissionais para essas datas. Estava completamente desanimado para trabalhar, apenas com a perspectiva de escrever algo para o blog. A Guta Nascimento me abriu os olhos para um outro lado dessa história, justamente olhar o outro lado, daqueles que assim como eu estão lá ajudando na realização do pleito.
Vou dizer que gostei muito porque com a pequena amostra de possibilidades que vi diante de mim, pude fazer uma projeção sobre vários aspectos que envolvem o processo eleitoral, principalmente o que motiva pessoas a votar nesse ou naquele candidato. Foi quase que uma pesquisa do Instituto DatAntena e percebi o quanto nosso país é atrasado politicamente.
Estava em uma zona eleitoral de classe média, de muitas misturas e com grandes revelações. A primeira coisa que ficou visível é que não adianta falar, não adianta divulgar, as pessoas não prestam atenção no que se orienta. Poucos levam a cola, muitos nem sabiam em quem votar e alguns nem sabiam quais os cargos estavam em disputa.
Ficou claro também que o comercial na TV avisando sobre o documento com foto ser obrigatório e o título não ser necessário foi executado de forma equivocada, como bem escreveu a RosanaHermann no Querido Leitor. A maioria levou só o título para votar e sempre argumentava dizendo que era isso que a propaganda dizia.
No mais tudo correu tranquilamente e achei a experiência interessante. Tem gente que se dedica de corpo e alma para executar com precisão todo o roteiro eleitoral, outros, assim como eu estava até ontem, mostravam a indignação de ter que ficar lá em pleno domingo. Eu mudei de ideia e achei muito proveitoso o momento.
Votei na Marina para presidente, na verdade nenhum dos candidatos me empolgou ou me fez achar que pudessem mudar o país e melhorar as condições desse povo, vamos ver o que acontece.
Mas fico pensando quando e como será possível mudar esse país, enquanto há políticos desonestos, fichas-sujas e eleitores que acreditam que pior não pode ficar ou votem no primeiro número que encontram pela frente, como presenciei um casal que ia para a votação e pegou um papel no chão e disse: "já encontrei meu candidato para deputado estadual".
Mais uma vez chegamos na hora e mudar, mas pelo que vi tudo vai continuar na mesma trilha que sempre seguimos.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO