terça-feira, 30 de novembro de 2010

COMENTAR É PRECISO...

Gostamos de emitir nossa opinião, gostamos de saber que aquilo que pensamos foi ventilado e que chegou até alguém. Normal de nós humanos e acho que esse é um dos pontos que faz as redes sociais terem grande sucesso. Posso ser ouvido, tenho o direito de opinar e minha voz pode fazer diferença. Basicamente é isso.
Na televisão somos telespectadores, passivos, não temos como chegar lá e dizer "Bonner, não gostei dessa matéria no JN", "Hebe, entrevista fulano de tal", "Ana Paula Padrão, faça uma matéria sobre esse assunto" e por ai vai. O canal de interação entre o telespectador e o emissor da mensagem não é imediato e direto.
Então vem a internet e proporciona uma interação enorme, com contato basicamente direto e pessoal. Uma nova forma de relacionamento entre o emissor e o receptor da mensagem. Isso trouxe grandes coisas, mas também algumas dores de cabeça.
Sempre gostei de comentar em blogs, antes mesmo de criar o meu. Acho que é importante para quem escreve saber a opinião de quem está lendo tal texto, vendo tal vídeo ou foto. Isso é um dos grandes baratos de "blogar". Quando criei o meu fiquei muito feliz com o primeiro comentário e vieram mais e mais e todos são sempre muito importantes e servem de termómetro para sabermos se estamos no caminho certo.
Lembro também que sempre me aconselharam a moderar os comentários para evitar dores de cabeça. Muitos colegas blogueiros me diziam sobre as pessoas que partem para agressão, falaram dos trolls, mas eu meio que ignorei. Nunca tive um grande problema, nada de comentários maldosos ou sem argumento válido, até que essa semana aconteceu um estresse.
Na verdade o estresse em si não foi o que mais me chamou atenção. Duas pessoas debateram de forma mais acalorada em um post recente. Até aí tudo bem, faltou um pouco de bom senso, mas não houve agressão ou baixo nível. Mesmo assim decidi moderar os comentários, evitar constrangimentos desnecessários e que bom que fiz isso, porque algumas pessoas aproveitaram a discussão e começaram a usar palavrões contra aqueles que estavam discutindo. Cortei o mal pela raiz e agora aprendi a lição.
Mas continuo ressaltando sempre a importância do comentário, seja ele aqui no post, por e-mail e até por outras redes sociais, como também é comum acontecer no twitter, facebook orkut... Depois desse fato comecei a entender porque muita gente tem vergonha de comentar, de expor sua opinião para os demais leitores. Também já debati muito sobre isso com outros colegas. Tem posts que não recebo nenhum comentário direto aqui no blog, mas chove e-mails e mensagens sobre tal texto, sempre achei curioso.
E assim vamos aprendendo, o mais importante é a troca de informação, de pontos de vista, para que o debate aconteça de forma democrática e assim novas ideias surjam para que todos tenham oportunidade de crescer. E o barco segue...

5 Comentários:

você é especial disse...

muito boa a sua colocação amiga ,eu tenho blog a pouco tempo estou aprendendo com as dicas que recebo dos amigos blogueiros ,eu não sabia da importância dos comentários ,visitava os blogs e não comentava até por vergonha de achar que não estava falando a coisa certa ,agora que sei a importância dos comentários procuro sempre deixar o meu e estou tendo retornos ..chego lá..rsrs...parabéns pelo post. bj no coração

Ana Beatriz Camargo disse...

É, eu percebi mesmo que tinha algo de diferente aqui no box dos comentários e na mensagem que agora aparece falando da necessidade de aprovação.

Mural gerando arranca rabos, que beleza! NOT! Kkkk...

Mas que ótimo que o Antena é um cara da paz, um cara equilibrado e logo deu jeito na bagunça. É isso aí, amigo! Bjsss

Anônimo disse...

Adoro ler seus posts cara :]

Antenor Thomé disse...

Obrigado!!!!

Anônimo disse...

A moderação é realmente necessária mesmo. Infelizmente, quando eu era mais jovem e imatura, fiz alguns comentários críticos no blog de uma pessoa, sem palavrões e agressões, mas CRÍTICOS no que diz respeito ao assunto do post...depois me arrependi. Eu não saberia lidar com a própria crítica que eu fiz, se fosse uma pessoa que tivesse me feito, provavelmente eu já teria desistido do blog...foi o que aconteceu...pessoas para incentivar são poucas...mas para desmotivar são várias. Destesto saber que contribuí algum dia para desmotivar alguém.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO