domingo, 14 de novembro de 2010

NA GAVETA

Existe um termo no jornalismo, nem sei se é um termo oficial, mas que é habitualmente utilizado, que é matéria de gaveta. São aquelas reportagens não factuais, assuntos que não se esgotam ou ficam velhos.
Elas podem ser utilizadas em qualquer momento, normalmente não perdem a atualidade, mesmo sendo publicadas ou exibidas algum tempo depois de realizadas. Já fiz muitas matérias de gaveta, elas são importantes para te dar uma base de segurança caso algo aconteça, ou na verdade caso algo não aconteça. Sabe aquele dia chato, sem grandes fatos, sem nenhuma polêmica, acidente, crise econômica? Esse é o dia que a matéria de gaveta vai te salvar, ela já está lá pronta, editada, revisada e pedindo para ser exibida.
Muitas vezes fazemos matérias assim propositalmente, sabendo que ela é a primeira da lista para ser derrubada de uma edição para entrar algum fato mais importante, indo para a gaveta. Outras não, estamos certos da exibição, mas por inúmeros motivos ela caí. Então ela fica lá, esperando uma nova oportunidade, recebe uma requentada, uma novo ajuste, um outro personagem e lá está ela na lista novamente.
A gaveta é importante. Tenho 3 videorreportagens na minha gaveta, duas delas já editadas, outra esperando um olhar mais atento deste jornalista. Estou feliz com essa gaveta, vai ser importante nessa reta final de ano.
Na gaveta jornalística está tudo em ordem, agora a gaveta virtual está uma bagunça, tem coisa de mais aguardando um olhar atento e que não consegui fazer fluir esse ano. Vou tentar olhar para todas essas coisas, jogar algumas fora, desengavetar outras e tentar começar o próximo ano com o mínimo de coisas possível por lá.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO