quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

DESACELERANDO

Não sei se você já viu alguma corrida de arrancada, aquelas com dragster, os carros fininhos e leves equipados com motores ultrapotentes e que atingem altas velocidades em um curto espaço de tempo.
Em 2010 me senti em um dragster, tudo foi muito intenso, rápido e qualquer bobeada poderia causar grandes desastres. Ainda bem que tudo foi como o planejado, com algumas surpresas e sustos pelo caminho, mas de certa forma não sai do traçado e estou chegando em segurança no final da grande reta que foi o ano.
Esses quinze dias finais, se compararmos as corridas de dragster, é o período de desaceleração, onde abre aquele paraquedas enorme na parte de traz para ajudar na frenagem do carro. Hoje acionei o meu paraquedas, e assim como nas corridas, leva um tempo até conseguir diminuir e parar o carro.
Até sexta-feira a velocidade vai continuar alta, restam algumas coisas pendentes, mas é necessário acionar o paraquedas antes para conseguir chegar no final sem bater no muro. O trabalho que resta para essa semana é fácil de fazer, tenho mais uma gravação e a edição da última videorreportagem do ano aqui do Mural.
O engraçado é que mesmo desacelerando o pé está atento e bem próximo do acelerador, porque jornalista é assim, se pintar qualquer coisa não vou pensar duas vezes e colocar novamente o carro a 300 por hora.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO