terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O FUTURO DE HEBE CAMARGO

Definitivamente 2010 não é o ano de Silvio Santos. Depois da consolidação da Record na vice-liderança, fazendo o SBT perder o seu segundo lugar histórico, depois de toda crise com o Banco Panamericano, quando parecia que o ano terminaria mais tranquilo, com uma bela homenagem dos seus familiares e funcionários, vem Hebe Camargo e joga mais um pouco de água fria no terno do patrão.
Hebe não faz mais parte do SBT, comunicou sua decisão na gravação do seu último programa, o especial de fim de ano. Ao terminar a gravação, leu uma carta fazendo agradecimentos e dizendo que não iria deixar de trabalhar. Foi o ponto final de uma história que durou 25 anos e parecia que não teria este final.
Assim como Gugu Liberato, é muito difícil imaginar a apresentadora comandando um programa em outra emissora. Muito se especula sobre o futuro de Hebe na televisão, lugar e interessados não faltam, principalmente por causa do apelo comercial que a loira tem. A Record, há algum tempo havia mostrado interesse, a RedeTV também, a Band pode entrar no jogo, mas acho que Hebe deve parar na emissora da Barra Funda. A Record deve levar a apresentadora para fazer um programa que ajude a divulgar seu elenco.
O maior problema de entregar o horário nobre para Hebe é a audiência, mesmo na fase onde o SBT estava bem, a rainha da TV patinava nos números do Ibope. Hoje a audiência é muito baixa por dois motivos: a frequente troca de horários e a fórmula desgastada de programa. Quem vai contratar Hebe sabe desse peso na balança, bons anunciantes de um lado, mas baixa audiência do outro.
Apesar de ser um duro golpe para o SBT, perder sua principal estrela, quase que uma porta voz dfa emissora, esse é um momento que pode ser positivo. Há alguns anos Silvio Santos não sabe como lidar com Hebe na sua programação, a busca por atrações mais modernas e jovens, Hebe acabava destoando da tal Faixa Nobre. Se Silvio Santos pretende retornar a briga de audiência essa é a hora certa para fazer uma mudança brusca na grade de programação, praticamente começar do zero e tentar recuperar a audiência, o faturamento e principalmente o orgulho de ser a emissora mais feliz do Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO