sábado, 30 de janeiro de 2010

DEPOIS DE CADA CURVA

Eu sou apaixonado pela minha profissão. Isso não é segredo pra ninguém, principalmente para aqueles que me cercam. Claro que ela tem o lado ruim como em toda profissão, mas essa parte não consegue tirar o entusiasmo de ver seu material no ar e sendo comentado, é muito bom.
Mas isso não é nem o que mais me chama atenção quando faço meu trabalho. Ele me proporciona conhecer muitos lugares, pessoas e me coloca em situações das mais diversas e adversas. É aquela história, estamos no lixo e no luxo, na alegria e na tristeza (muitas vezes no mesmo dia).
Muitas vezes estamos trabalhando onde os outros vão se divertir, mas quem disse que não nos divertimos também? O mesmo se aplica para as situações tristes, é impossível não se emocionar ou ficar chocado em certas tragédias.
Na hora que começamos a gravar parece que o sangue dá lugar a outra substância, muito mais forte e que nos deixa com super poderes. Temos que ficar ligados em todos os nossos sentidos, que ficam aguçados em busca de algum sinal pertinente para nosso objetivo. Quantas vezes consegui uma entrevista por ter ouvido algo de longe ou então ter visto algo que ninguém viu e assim vai.
Por isso digo que nem sempre é fácil tirar férias. Por mais relaxados que possamos estar nas areias de uma praia, no sossego de um sítio ou até mesmo lendo um livro em casa, a mente parece não querer desligar. Qualquer barulho diferente, uma frase dita ao seu lado ou o próprio fato se desenrolando na sua cara é suficiente para injetar aquele líquido diferente que citei anteriormente nas veias e lá estamos nós prontos para registrar e reportar a notícia.
Conviver com as ambiguidades do dia-a-dia é uma constante. Lembro de uma vez que tive que gravar duas pautas diferentes no mesmo dia e elas eram completamente diferentes. Na primeira fui até uma favela na região do Morumbi gravar um senhor de 90 anos que cuidava de 300 cachorros. Um lugar até caótico, mas uma história impressionante. Saí de lá e fui para a inauguração de uma faculdade que fez uma festa regada a champagne para mais de 500 pessoas. Dois mundos diferentes que estive em poucas horas.
Assim são os dias, nunca se sabe o que vai surgir no toque do telefone. A nossa rotina é não ter rotina, me sinto dirigindo em uma estrada muito sinuosa, cheia de surpresas depois de cada curva.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

UMA VIAGEM EM HD

Quantas vezes já escrevi aqui sobre as maravilhas das novas tecnologias e dos avanços feitos principalmente no meio em que trabalho? Várias, aliás o último texto fala sobre tecnologia.
Essa semana vi uns links enviados pelo diretor do programa da Hebe, Ariel Jacobowitz no twitter.
São imagens impressionantes. Impressionantes em vários aspectos, pela alta definição, pelos ângulos gravados, pelos lugares escolhidos como cenário, é de tirar o fôlego...
Você pode encontrar mais vídeos tão sensacionais quanto este no Tubewatcher e esse vídeo que segue é uma viagem incrível de avião pelas mais belas paisagens da França.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A TECNOLOGIA QUE NOS IMPRESSIONA

O avanço tecnológico é algo impressionante e que muitas vezes me assusta. As coisas não acontecem mais em anos, ou meses, agora é questão de dias para aparecer alguém e mostrar um novo aparelho, uma nova técnica ou algo que simplesmente nos faça ficar de boca aberta.
Lembro que em 2002 eu fui em uma feira de tecnologia e a novidade que mais chamava a atenção dos visitantes e da imprensa era um elevador em formato de tubo e que era movimentado por sucção, algo como o elevador dos Jetsons no famoso desenho da década de 80 que retratava o mundo do futuro.
Muito do que aparecia no desenho não chegou perto de ser realidade, mas muita coisa também já é obsoleta para nós do século XXI. Confesso que a única vez que vi tal elevador foi nessa feira, andei nele algumas vezes lá e achei interessante. Até hoje não sei se ele foi colocado em prática e utilizado de forma corriqueira nos edifícios espalhados pelo mundo. Ouso em dizer que não!
Hoje vi o tal do iPad, digamos que iPod gigante ou um notebook compacto (isso não é mais uma redundância) ou então a mistura dos dois. Claro que bate aquela vontade imensa de pegar esse negócio nas mãos e fuçar para ver suas habilidades e principalmente sua capacidade de facilitar nossas vidas (ou complicar de vez).
Mas antes mesmo de terminar de escrever esse texto é capaz que outro gênio, nerd ou aventureiro sortudo invente algo mais inovador, mais complexo ou simplesmente mais bonito para que todos fiquem babando e com a vontade enlouquecedora de ir as lojas e torrar a grana nesses aparelhos mágicos.
Abaixo vídeo com o Steve Jobs da Apple no lançamento do iPad. O outro vídeo é uma dessas criações malucas e que também pretendem mudar nossas vidas. O Nokia 888, dá até pra duvidar se essa maravilha tecnológica exista!




terça-feira, 26 de janeiro de 2010

A LUZ QUE HÁ EM NÓS

Sabe quando estamos cansados, pensativos e questionando certas coisas? Aqueles momentos que nos voltamos para dentro e procuramos algo que está faltando e perdido?
Estava assim hoje, sonolento, meio devagar e com muito trabalho para fazer. Precisava de uma injeção de ânimo e alegria. Pois muito bem, as vezes nada que está próximo ou palpável pode nos ajudar, mas a luz veio de longe.
Ao abrir meu computador a primeira coisa que vejo e a foto de uma amiga virtual, mas que muitas vezes me sinto bem próximo. Chris, isso mesmo, só Chris... Lá estava ela num lugar lindo "segurando' o sol (sim, é essa foto que está aqui). O sol, representante pleno e glorioso da luz, do calor e da grandiosidade estava ali, dominado pelas mãos delicadas de uma menina tão doce e sensível.
Imediatamente essa foto me deu luz, ou melhor, me fez enxergar a luz que sempre esteve dentro de mim e que cada um carrega dentro de si. Se ela dominou o sol, porque não posso dominar a minha luz interna e fazer com que ela brilhe e ilumine meus pensamentos e idéias.
O sol perdeu intensidade e ficou pequeno diante da luz incessante que emana da Chris. Ainda bem que hoje abri a minha janela virtual e pude contemplar o brilho intenso de uma estrela que me trouxe inspiração, calma e uma vontade enorme de olhar para o sol e ver o quanto nós podemos brilhar muito mais do que ele.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

CHUVA APAGA VELA DE ANIVERSÁRIO DE SP

Antes desse dia terminar não posso deixar de escrever sobre a cidade que amo e faz aniversário neste dia 25 de janeiro.
Infelizmente os últimos meses não tem sido bons para a nossa terra que não tem mais nada de garoa. Por aqui agora só vale chuva brava, nada de chuviscos e vento frio, o planeta não está de brincadeira e São Paulo tem levado vários socos no estômago como conseqüência dessa ação desenfreada e predatória do ser humano.
Um lugar que respira negócios, tem um das opções gastronômicas mais variadas do planeta, museus incríveis, parques convidativos, uma atmosfera cultural simplesmente empolgante, merece ganhar um único presente: o respeito dos seus moradores e governantes.
É completamente revoltante olhar nas ruas e ver toneladas de lixo espalhados, rios que são grandes corredores de fezes, o ar pesado de tanta poluição que é despejada... Falando assim parece que essa cidade é um desastre. Não é porque ela é grande, poderosa, mas se continuar nesse ritmo não vai aguentar tanto tempo até sucumbir ao desleixo de gente que ainda precisa aprender a ser humano.
Acho que a nossa cidade merece mesmo esse presente de cada um de nós. Vamos olhar com mais carinho para a nossa casa, prestar mais atenção nos detalhes e não deixar que esse lugar tão maravilhoso não se torne um deposito de lixo alagado.
Parabéns São Paulo... aproveite e dê umas broncas em São Pedro, porque em breve vamos ter como prefeito o Bob Esponja, nosso super herói será o Aquaman (o atual prefeito é o Aquassab) e juro que é tanta água que tenho até medo de chorar!!!
Antes de encerrar gostaria de dizer que gostaria muito de ter feito uma videorreportagem sobre a cidade, mas infelizmente o tempo foi mais uma vez um vilão impiedoso e me impediu de realizar tal trabalho. Por isso mesmo vou seguir uma dica da amiga Tatiana e deixar pra vocês um vídeo bem interessante. Trata-se de um "teaser" do filme "São Paulo. A sinfonia da Metrópole".

domingo, 24 de janeiro de 2010

SPFW 2010 OUTONO/ INVERNO - VIDEORREPORTAGEM

Como foi prometido nos últimos posts dessa semana que foi inteiramente dedicada a São Paulo Fashion Week, tento mostrar na videorreportagem um pouco do clima especial que envolve o evento.
Eu tinha muitas horas de gravação para condensar em uma reportagem de nove minutos e pouco. Muitas imagens ficaram de fora, algumas entrevistas também, mas o principal do que eu consegui fazer lá no pavilhão da Bienal está na edição.
Você vai acompanhar cenas exclusivas dos bastidores, camarins, backstage, entrevistas com modelos e também com celebridades que passaram por lá. Falaram comigo Eliana, Bruna Lombardi, Fafá de Belém, Mariana Ximenez, Marília Gabriela, Moacir Franco, Luciana Mello, Luana Piovani...
Tive um problema com o áudio da modelo Yasmim Brunet, mas mesmo assim usei um trechinho da entrevista, só pra não passar em branco. Ela foi tão simpática que merecia entrar na edição, deu um problema de interferência, mas dá pra entender o que ela diz.
Com este vídeo encerro minha cobertura da SPFW, espero comparecer na próxima edição para trazer as novidades e aprimorar ainda mais a cobertura aqui para o blog. Fique agora com a videorreportagem no São Paulo Fashion Week 2010 coleção outono/inverno:

sábado, 23 de janeiro de 2010

O ÚLTIMO FLASH - SPFW

Nesta sexta-feira teve fim uma dos principais eventos de moda no mundo, a SPFW. Você acompanhou aqui um relato pessoal sobre o que ocorria nos principais espaços desse concorrido e seleto evento.
O último dia foi bem tranqüilo, o movimento menor já podia ser notado logo nas primeiras horas da tarde. Aproveitei para fazer mais imagens para o blog e tentar entrevistas, fui parar no backstage da Carlota Joakina. Pense em um backstage disputado, o movimento era intenso com muita imprensa, maquiadores, cabeleireiros e claro, as estrelas do show, as modelos.
Em especial me encantei com uma que estava quieta no fundo do backstage tendo seus cabelos arrumados pela equipe do cabeleireiro Wanderley Nunes. Me aproximei e comecei a fazer umas imagens com a câmera flip, ela olhou tímida e ficou com o rosto corado, depois deu uma piscadinha e esperou que eu batesse uma foto. Avisei a moça que não era foto e sim vídeo e ela caiu na risada, ficou surpresa com a câmera e então abriu aquele sorriso para que eu fizesse boas imagens dela.
Depois que fiz as imagens fui gravar outras modelos e tentar imagens diferentes. Não resisti e voltei lá na modelo que continuava quieta no cantinho. Desta vez fiz fotos e ela novamente abriu um belo sorriso (que você pode conferir nas duas primeiras fotos e na foto ao lado) e me disse que o serviço tinha que ser completo, já que eu tinha feito vídeo ela também queria ser fotografada por mim. Desta vez adivinha quem abriu um super sorriso... eu!!!! Além da foto também rolou uma entrevista exclusiva, mas tive problemas de interferência de rádio, de qualquer forma vou tentar salvar parte da entrevista e colocar na videorreportagem. Ah, o nome da modelo? Yasmim Brunet.
Com o dia ganho continuei minha epopéia pelas entranhas da SPFW. Gravei desfiles, fiz outras entrevistas e entre as pessoas que falaram comigo estava Moacir Franco e Luana Piovani. Pra finalizar essa edição da semana de moda fui tomar uma champagne no lounge da TAM com Guta Nascimento, Miguel Arcanjo e Angélica Oliveira.
Um resumão, com as entrevistas, curiosidades, belas imagens, gente diferente, bonita e descolada você vê neste final de semana na videorreportagem do Mural do Antena. Só preciso de uma coisa antes de editar e fazer qualquer outra coisa: descansar.



sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

A SALA DE IMPRENSA FERVE - SPFW

O penúltimo dia de desfiles do São Paulo Fashion Week foi marcado por uma certa tranqüilidade na primeira parte do dia e uma agitação frenética no encerrar das atividades. Um desfile foi cancelado, outro foi exibido em vídeo, isso mesmo, um vídeo desfile.
Confesso que causou um certo estranhamento nos fotógrafos e jornalistas que batiam na porta do backstage (me incluo nesse meio) para fazer imagens das modelos e a resposta era uma só: "Não tem modelos, apenas as roupas". Ok, tá bom então!
Com esse marasmo no começo do dia, a agitação ficou mesmo na sala e imprensa. Um bom momento para rever amigos, colocar as notícias em dia e fazer aquele exercício natural quando dois jornalistas se juntam em um mesmo local: trocar informações.
Como já disse em um dos textos anteriores, o desfile também acontecia no terceiro andar da Bienal do Ibirapuera. A sala de imprensa serviu de passarela para jornalistas mostrarem que entendem de moda (nem todos) e assim figurar não só nos bastidores, mas também para as lentes mais atentas dos fotógrafos. O que vi de jornalista dando entrevista e posando pra foto não tá na conta.
Esta quinta-feira não foi um dia repleto de celebridades no SPFW, conversei com a cantora Luciana Mello que me falou sobre suas manias quando o assunto é moda e também sobre os próximos passos na carreira. A apresentadora Eliana também apareceu por lá e novamente foi muito atenciosa comigo e o resultado do meu papo com ela você acompanha no final de semana na videorreportagem.
Nesta sexta-feira acontece o último dia de desfiles e vou aproveitar pra gravar mais entrevistas e bastidores. Apesar de cansativo estou gostando muito dessa experiência, já que é minha primeira vez nesse evento.





































Legenda para essas duas últimas fotos.
A penúltima traz a Thais Mattoso, Guta Nascimento (Record) e Denise Sobrinho (Globo) na sala de imprensa. Grandes nomes do jornalismo contando grandes histórias no fim deste penúltimo dia de SPFW.
E essa última é o meu pequeno espaço em meio a multidão de jornalistas, a cerveja é minha, não bebo Coca Light... Aliás fica o protesto: exterminaram a coca-cola normal das geladeiras nesta quinta-feira.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

BACKSTAGE: ONDE MUITA COISA ACONTECE - SPFW

Mais um dia de cobertura integral do SPFW. Hoje vou escrever sobre os bastidores, sobre as coisas que rolam, os locais onde nem todos podem entrar. Nessas horas é uma grande vantagem ser jornalista, você precisa estar nos locais onde o fato acontece, muitas vezes o local é ali nos bastidores.
Hoje gravei no backstage do desfile da estilista Érika Ikesili. Tive bastante contato com as modelos, fiquei quase que 40 minutos nos camarins vendo toda a movimentação, fazendo imagens, entrevistas e observando o comportamento dessas meninas que sonham (algumas já são) com o estrelato.
Apesar da cara séria, a maioria delas é muito simpática. O nervosismo com o aproximar do desfile vai ficando evidente e as feições vão ficando cada vez mais fechadas. Algumas aproveitam para relaxar jogando videogame, outras preferem ler, algumas ficam assistindo os desfiles anteriores ou navegando pela internet. Acreditem, muitas delas aproveitam pra fazer aquela boquinha, doces aos montes são a alegria delas nesse momento de tensão.
Foi interessante acompanhar esse outro lado, o desfile rolava na passarela e eu estava ao lado das estrelas do espetáculo acompanhando cada movimento. Segundos antes de uma modelo entrar na passarela o salto do sapato quebrou, imagine a correria. Corre pra lá, olha pra cá até chegar o outro par de sapatos e, com a ajuda de mais 4 pessoas, a modelo consegue trocar o quebrado e entrar impecável na passarela (você vai ver isso tudo na videorreportagem no final de semana).
No mais hoje foi um dia muito movimentado por lá. Muitos famosos marcaram presença nos diversos desfiles que aconteceram, mas sem dúvida o mais agitado foi o desfile da Animale. Entrevistei por lá Marilia Gabriela, Carlos Casagrande, Alicinha Cavalcanti.. além das presenças de Ricardo Mansur, Eduardo Suplicy, Paulo Ricardo entre outras celebridades.
Fiz muitas entrevistas, grande parte do material já está no Portal da RedeTV! e um resumo de tudo o que rolou por lá você vai conferir aqui no Mural do Antena.
Ah, antes que eu me esqueça, não posso deixar de dizer que fiquei encantado com a beleza da Isabeli Fontana e da Giane Albertoni... Com tantas mulheres tão belas, nem dá tempo de sentir o cansaço de mais um dia de correria no glamuroso, mas suado mundo da moda.










quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

O DESFILE É LOGO ALI - SPFW

Hoje foi meu primeiro dia de cobertura da São Paulo Fashion Week, é a primeira vez que cubro o evento e vou dizer uma coisa: é pauleira...

Muita coisa acontece ao mesmo tempo, é muita gente circulando, muita mulher bonita, muitos rostos maquiados, saltos altos, roupas dos mais diferentes estilos, além da montoeira de repórteres, fotógrafos e cinegrafistas.

Junte tudo isso num espaço super descolado que o evento já é um sucesso. É incrível como existem tribos que se misturam, se destacam e acabam pintando um panorama do mundo da moda fora das passarelas, ali mesmo nos corredores, nos banheiros e na sala de imprensa. Isso, na sala de imprensa, as jornalistas, fotógrafas e produtoras deram um show a parte, o desfile acontecia ali mesmo entre os computadores da redação montada para o evento.

Realizei um bom trabalho, pelo menos eu acho, consegui boas entrevistas, imagens curiosas e interessantes, entrei em desfiles (dois Ronaldo Fraga e Fábia Bercsek) e principalmente consegui um flagrante de Jesus Luz. Eu era um dos poucos jornalistas que fez imagens no backstage onde ele se encontrava. Ponto pro Antena (hehehe).

Assim foi meu primeiro dia de SPFW, o terceiro do evento e hoje ainda tem mais... No final de semana posto uma videorreportagem especial com os bastidores desse grande evento. Seguem algumas fotos que fiz por lá. E amanhã tem mais...










segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

CABELO, CABELEIRA, CABELUDA, DESCABELADA...

Como disse no post anterior, essa semana estarei na cobertura da São Paulo Fashion Week. Não sei como vai ser minha rotina por lá e também as brechas para escrever sobre o evento por aqui, mas certamente muita coisa vou postar.
Os posts serão, obviamente, voltados para esse mundo de glamour, dinheiro e beleza. No post de hoje vou falar sobre cabelos, um item importante e que faz muita diferença na hora de criar seu visual (quem vê pensa que eu entendo algo de moda, rs).
Resolvi escrever sobre cabelos justamente porque estou saindo para cortar o meu, ou como queiram, o que ainda resta do meu. Apesar dos 27 anos, boa parte do meu cabelo já foi embora e travo uma luta homérica para não deixar o que sobrou partir.
Parece até contraditório mas ao mesmo tempo que luto para manter o restante do meu cabelo, a primeira coisa que faço quando vou ao cabeleireiro é mandar raspar. "Passa a máquina 2", isso quando preciso dizer porque o cara que corta meu cabelo já sabe que vou pedir isso. Aliás, pela quantidade de cabelo talvez seja a única opção possível.
Eu raspo mesmo, sempre fiz isso, não tenho paciência para pentear, ficar passando gel, vendo se está tudo em ordem antes de sair. Gosto de praticidade, de me sentir bem, e com meu cabelo raspado fico extremamente tranqüilo quanto a isso.
Fico vendo penteados dos mais esquisitos e me pergunto se a pessoa está confortável. Provavelmente não. Você percebe que a pessoa fica um pouco dura, tensa com medo de desmanchar "arte" criada no topo de suas cabeças. Claro que tem as criações artísticas para fotos, desfiles e apresentações, mas tem muito doido por ai carregando verdadeiras estátuas sobre o couro cabeludo.
O importante é se sentir bem, confortável, agradável e não se preocupar com que os outros pensem, se você está bem, está feliz não importa se carrega um ninho de pombo na cabeça. Chega de falar de cabelo, agora vou raspar o meu.

domingo, 17 de janeiro de 2010

SPFW

Começou nesta manhã mais uma edição da São Paulo Fashion Week. O principal evento de moda realizado no Brasil movimenta o mercado, cria expectativas e traz as novidades e tendências para o inverno que está por chegar.
Nunca fui muito ligado nesse mundo da moda, sou mais um curioso que normalmente dá uma espiada pra ver o que está acontecendo. Os desfiles cada vez mais ganham ares de super produções e o espetáculo sempre está garantido.
As modelos (e os modelos para as mulheres e afins) são um show a parte. Aquela beleza estereotipada, fixa, exótica e muito sensual sempre. Lindas, com personalidade e sempre muito jovens, estar na passarela do SPFW é o sonho de milhares de modelos que se aventuram neste universo da moda. O evento em SP é uma grande vitrine para os possíveis passos no exterior.
Neste ano vou fazer a cobertura para a RedeTV, estarei no pavilhão da Bienal no Parque do Ibirapuera nesta terça e fico até sexta. Claro que você aqui no Mural vai acompanhar detalhes do que rola por lá e provavelmente no final de semana que vem uma videoreportagem com os principais acontecimentos do evento.
Diante de toda essa agitação que começa hoje no mundo da moda fica sempre a pergunta: Qual a sua relação com a moda?

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

DOIS ABSURDOS

Aparentemente os dois assuntos que vou escrever aqui não tem a menor ligação, e não tem mesmo. O que une as duas coisas que vou comentar a seguir é o absurdo e a imbecilidade das pessoas que os cometeram.
Hoje estava voltando da RedeTV, que fica em Osasco, e olhando pela janela do ônibus presenciei uma cena absurda. No carro ao lado tinham três pessoas, um homem adulto no volante, um menino de no máximo 13 anos no passageiro e mais um garoto de uns 10 anos no banco de trás. Até ai tudo normal, até que um detahe me chamou a atenção. O garoto que estava no banco do passageiro exibia alegremente uma lata de Skol, daquelas maiores.
Na hora saquei a câmera flip, isso daria uma matéria sensacional. Mas o motorista do ônibus foi mais rápido que eu e freou, então o carro se perdeu no meio do trânsito. Fiquei então pensando nas alternativas de absurdo que estava acontecendo ali naquele carro. Duas alternativas me vieram na cabeça, a primeira seria o motorista que estava bebendo e o garoto apenas segurava a lata, isso seria uma infração de trânsito grave, além do risco para os passageiros e demais pessoas o cidadão dirigindo embriagado.
A outra alternativa seria o menino do banco da frente que estava bebendo. Mais um absurdo sem tamanho uma criança consumindo, de forma natural, a bebida. Fiquei extremamente chocado com a cena, mesmo porque o homem que dirigia parecia ser pai das crianças.
Absurdo número 2: esse já está na boca de muitas pessoas e está em pauta na maioria dos jornais e sites na internet. O SBT gravou uma declaração absurda, preconceituosa, nojenta, descabida, insensível, ignorante e outras tantas palavras mais que possam descrever tamanha bestialidade dita pelo Cônsul do Haiti no Brasil. Dá para perceber porque aquele pobre país não consegue se desenvolver, tendo como representantes verdadeiras pragas da humanidade. Veja o vídeo e tire suas próprias conclusões.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

DE TUDO UM POUCO

Em época de relógio voador e sensação de tempo cada vez mais curta, uma semana é uma eternidade. Na semana que fiquei fora aconteceram muitas coisas, algumas já nem me lembro mais, outras estão fortes na cabeça devido a intensidade, gravidade e relevância. Neste post vou fazer um apanhado geral de alguns assuntos que estão na linha de frente dos noticiários nacionais e internacionais.
Tragédias: 2010 começou com duas grandes catástrofes naturais, que são comuns nesta época do ano. As fortes chuvas castigaram muitas regiões no Brasil, mas foi em Angra dos Reis e no Rio Grande do Sul os acontecimentos que mais foram discutidos. Estive no Rio na última semana e não se falava em outra coisa, conheci pessoas que estavam em Angra no momento da tragédia e os relatos foram impressionantes. As imagens são fortes, o mar cristalino ficou barrento com tanta lama que foi parar lá. Pousadas e casas foram soterradas e nós assistimos aflitos a contagem dos mortos e o resgate dos feridos.
Nesta semana mais uma tragédia, desta vez no Haiti. Um país que já foi muito castigado, tanto pela natureza quanto pelo próprio homem. Guerras, fome, miséria, doenças e agora um terremoto que praticamente não deixou nada em pé na capital Porto Príncipe. Ainda não se sabe o número exato de mortos, mesmo porque os resgates estão só no começo, mas estima-se que 1% da população tenha morrido, é muita gente. Acabei de ver tantas imagens fortes que nem sei o que escrever sobre a tragédia.
Isso serve para mais uma vez pararmos para refletir sobre a nossa postura diante do nosso planeta. Está cada vez mais claro que devemos agir de forma rápida e precisa para evitar que a cada ano catástrofes aconteçam. A intensidade desses fenômenos só está aumentando e isso é muito preocupante.
Televisão: Chuva de reality show neste começo de ano. Além da "Fazenda 2", que vem se arrastando desde o final do ano passado, estreou o "BBB 10" na Globo e "Solitários" no SBT. Começou novela na Globo e existe uma "promessa' de muitas novidades neste ano. A briga pela audiência está interessante e se desenhando muito intensa para os próximos meses, principalmente depois de março, quando Globo vem com sua nova programação e o SBT fará a estréia de muitos programas.
Mas voltado ao assunto reality, apesar de não acompanhar o BBB, é impossível não ficar inteirado do assunto. Mesmo não atingindo os altos índices das edições passadas, o programa ainda é um campeão de comentários na rede. Vi um pedaço hoje e sinceramente não entendi a realização de uma nova prova do líder.
Já Solitários é bem interessante, tem uma edição legal mas ainda quero ver mais algumas edições para formar uma opinião mais concreta sobre o programa. Até agora estou gostando.
Gente: Infelizmente não pude comparecer no lançamento do livro de um grande jornalista que fala sobre essa caixinha mágica que é a televisão. Ale Rocha lançou nesta quinta-feira o livro "Poltrona - o livro do maior blog independente sobre TV". Ele merece, tem um trabalho sério e que serve de exemplo para muitos que querem entrar nesse mundo dos blogs. O livro vou comprar com certeza e em breve escrevo sobre ele por aqui. Parabéns Ale.
Para finalizar esse longo post quero mandar todas as energias positivas para a apresentadora Hebe Camargo que nos assustou no começo deste ano, mas temos certeza que tudo vai dar certo e ela vai continuar comandando seu programa com a alegria que sempre contagiou o público brasileiro. Um forte abraço Hebe.

RIO 40 GRAUS

É, realmente a musica da Fernanda Abreu não exagera em nada. Fiquei sete dias na capital carioca, mais precisamente na Barra da Tijuca e posso dizer que o calor estava de deixar calango pedindo água.
Como o Rio de Janeiro é uma cidade ímpar. Deixando de lado todos os problemas que qualquer metrópole tem, o carioca é um povo privilegiado por viver em um local que mais parece uma pintura. Para onde você olha existe algo pedindo para ser fotografado, gravado ou simplesmente armazenado na memória.
Já fui ao Rio algumas vezes, desta vez excluí os tradicionais passeios turísticos (bondinho, Cristo, Maracanã e etc). Consegui realizar meu objetivo, relaxar, esquecer dos problemas, sair da rotina e recarregar as baterias. Prometi que ia fazer videorreportagens e fui obrigado a não cumprir a promessa. Fiz alguns vídeos, pode até rolar uma crônica, mas nenhuma videorreportagem sobre um local específico ou entrevista.
Por isso preferi ser apenas um espectador do mundo que passava pela minha frente. Posso dizer que vi muita coisa boa sentado em uma cadeira de praia, em frente ao mar azul que tinha a beleza realçada a cada vez que uma linda carioca, com o corpo bronzeado, curvas perfeitas resolvia mergulhar.
Quanta mulher bonita. Tinham as feias, em todo lugar tem. Tinha homem feio também, prova disso que eu estava por lá... Mas não importa, algumas delas merecem um texto em especial, ficaria horas aqui escrevendo sobre cada uma delas. Posso destacar algumas, como a moça que diariamente estava no guarda-sol ao lado, além de um corpo de tirar o fôlego, tinha olhos tão azuis que constantemente se confundiam com o mar. Tinham duas amigas com minúsculos biquínis (ainda bem que a praia não era da Uniban), meu deus, desculpem mas que corpos sensuais e que atraiam olhares até dos mais fiéis dos casados.
E assim foram esses sete dias, um brinde para os meus olhos, uma alegria para minha saúde física e mental e é claro, uma grande injeção de ânimo e alegria para encarar 2010.

sábado, 9 de janeiro de 2010

ESTOU VIVO

Desde quando comecei este blog, há quase 1 ano, não fiquei tanto tempo sem postar algum texto. O motivo, como descrito no post anterior são minhas férias aqui no Rio de Janeiro.
Estou passando aqui para dar um sinal de vida e dizer que está tudo muito bom. O Sol está muito forte, o mar uma delícia e ainda nem consegui fazer muita coisa. A rotina tem sido praia, casa, praia, casa, dormir...
Mas certamente muitos textos serão escritos com base em muitas coisas que observei por aqui, já tenho muitas idéias e temas na cabeça. Talvez eu fique devendo alguma videorreportagem, só tenho feito imagem de praia...
Como meu objetivo por aqui não é trabalhar e sim me divertir e descansar, estou evitando fazer muitas coisas. Uma delas é usar a internet... só abri hoje para ver como estão as coisas e me atualizar do que acontece no mundo.
Hoje a noite estarei na Lapa para tomar uma cerveja e conhecer a noite carioca. Se você estiver por lá é só procurar um cidadão vermelho camarão que sou eu...
Vou nessa que tem um sol de rachar a cabeça lá for a me esperando. Volto dia 13 com mais textos e muitas idéias na cabeça.
Só para não passar em branco: como tem mulher bonita nessa cidade.
Até mais

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

DE MALAS PRONTAS

Viajar é sempre bom, abre a nossa mente para novas imagens, pessoas, idéias... Digamos que é uma vitamina nobre nessa enlouquecida corrida diária.
O ano que passou foi intenso como já escrevi em post anteriores, essa intensidade faz com que depois de algum tempo trabalhemos no automático, deixando muita coisa passar, não notando detalhes interessantes.
No meu caso essa viagem que vou fazer é mais do que necessária, preciso frear, preciso colocar minha mente no modo manual e afiar meus olhos e meu radar interno para esse novo ano que começa. 2010 vai ser muito intenso e preciso me preparar bem para aproveitar as oportunidades que começam a se desenhar.
Mas jornalista é jornalista até quando está em férias. Ana Paula Padrão disse muito bem na videorreportagem aqui do blog que nós estamos ligados 24 horas, basta acontecer algo significante para largarmos a cerveja, o camarão e o sol e começarmos a apurar os fatos, gravar, entrevistar e escrever feito loucos. Por isso tenho certeza que vou trazer na bagagem muitas coisas interessantes. O arsenal profissional vai junto para garantir que boas histórias sejam contadas nessa semana que ficarei longe de São Paulo.
Falando nisso o destino é um dos meus preferidos: Rio de Janeiro. Gosto da cidade, da sensação de liberdade, da alegria e do calor. Preciso de ar puro, preciso ver o infinito do oceano, o contraste das montanhas com a cidade. Preciso de mais inspiração para meu trabalho e para o blog.
Não sei se terei conexão com a internet, por isso não prometo escrever durante essa semana por aqui e no twitter. Qualquer coisa passo em uma lan house só para dar sinal de vida e dizer como estão as coisas. mas certamente depois vou postar muitos textos, fotos e vídeos. Vou nesta quarta e volto na próxima.
Até mais

domingo, 3 de janeiro de 2010

CHAVES E CHAPOLIM

Estava terminando meu trabalho da pós-graduação nesta madrugada, tive que procurar uns links no youtube sobre o assunto que estou escrevendo e me perdi no meio de muitas coisas dos anos 80 e 90. Muita gente diz isso e sou obrigado a concordar, bons tempos...
Entre os muitos vídeos que assisti estava uma pilha de episódios do Chaves e Chapolim. Viajei no túnel do tempo e foi muito bom relembrar muitas coisas. Tanto Chaves como Chapolim fazem parte da minha infância, adolescência e porque não dizer da minha vida adulta também, tenho certeza que esse "fenômeno" não acontece só comigo.
Analisando friamente, sem colocar o lado emocional na questão, sem dúvidas a série do menino pobre que mora em um barril e do herói latino atrapalhado são um dos maiores produtos televisivos de todos os tempos.
Cenários pobres, elenco reduzido, tudo feito de modo artesanal e caseiro, mas com um tiro certeiro que faz milhões de pessoas até hoje assistirem aos episódios exaustivamente repetidos. Eu sou um desses que normalmente dou risada dos episódios mesmo sabendo as falas de cor.
Tudo é tão simples e ingênuo que se tornou atemporal, pode ser exibido para sempre que vai continuar conquistando novos telespectadores. Não é por acaso que Roberto Gómez Bolaños é considerado um gênio não só no México, mas nos diversos países onde o seriado ainda é transmitido com sucesso.
No Brasil é exibido desde 1984 no SBT, uma aposta de Silvio Santos que sempre trouxe bons resultados de audiência e principalmente de ligação emocional do público com a emissora.
Sinceramente eu gosto mais do Chapolim, me divirto com esse herói medroso e cheio de defeitos como todos nós. Um episódio que me faz rir muito é aquele que uma casa está cheia de duendes, mas se eu ficar aqui lembrando vou fazer uma lista gigante.
Por falar em episódios, você confere nos vídeos a seguir dois episódios interessantes. O primeiro mostra a estréia do Chaves em 1971 e o outro mostra o trecho final do episódio de despedida do Chapolim, diga-se de passagem muito triste.
Atualmente o Chaves é exibido nas madrugadas e tardes do SBT, já o Chapolim não está em exibição. A série passa por um momento de "turbulência" de audiência, mas isso já aconteceu em outras ocasiões e sem muita explicação o garoto do oito sempre ressurge e volta a incomodar os concorrentes.
Isso, isso, isso...



sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

E LÁ VAMOS NÓS...

Foi dada a largada para mais um ano. 2009 já figura na lista do passado, faz parte da história... O ano novo chegou e muito movimentado, diga-se de passagem.
Tentei ficar alheio para o que acontecia ao meu redor nesse reveillon, desligar um pouco a máquina e literalmente relaxar.
Não estava com muita gente, só minha família, que logo foi comemorar a chagada do ano novo dormindo. Eu fiquei na sala sozinho, comigo apenas o cachorro, a garrafa de champagne e muitos pensamentos. Pensamentos interrompidos constantemente por bombas que ainda teimavam em estourar no céu.
Nada de listas de coisas a cumprir em 2010, nem de promessas... Foram muitos sonhos mesmo, muitas projeções e o principal, uma sensação de que este ano vai ser muito bom. Bem que podia pintar um amor ai!!!
Saindo dos meus pensamentos e vindo para a vida real, 2010 já começa com uma tremenda gafe. Quem podia imaginar, Boris Casoy passou 2009 praticamente escondido, mal foi notado nas madrugadas da Band, mas no último suspiro do ano solta um comentário preconceituoso e descabido enquanto o jornal estava no intervalo. Neste dia primeiro ele se desculpou, mas infelizmente as palavras já foram ditas e em dias de youtube milhares de pessoas já assistiram a tal cena. Isso sim foi uma vergonha.
Infelizmente, justo em um momento tão alegre e festivo, somos surpreendidos com mais uma tragédia. As chuvas, que já castigam o Sudeste há alguns meses, não deram trégua e causaram muitas mortes pelo país. Só em Angra dos Reis já chega a 30 o número de mortos, 19 na região da pousada de luxo que foi soterrada por um deslizamento de terra. Fica aqui o meu sentimento para os parentes e amigos das vítimas.
2010 já começou cheio de acontecimentos. Espero não escrever mais sobre tragédias e nem gafes. E lá vamos nós pra mais uma jornada...

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO