sexta-feira, 30 de abril de 2010

O PEIXE CRÚ, A CERVEJA E O PROSECCO

A mistura desses três coisas sempre acaba comigo. Não sei porque eu insisto em comer esses canapés em qualquer tipo de festa, se tem peixe crú eu passo mal. Pra ajudar a mistura de Prosecco e cerveja ajudam a fazer o peixe crú praticamente ressuscitar dentro do meu estômago.
Tirando esse fato correu tudo dentro dos conformes no evento e na gravação de ontem. Pena que depois eu tenha ficado mal e hoje estou em casa de molho na cama com meu estômago revirado e comendo coisas leves.
Justo hoje que tinha muitos compromissos e coisas pra resolver, mas está impossível sair de casa. Lembrei de um casamento que fui há alguns anos e comi o mesmo tipo de canapé, foi quase morte instantânea. O negócio maldito e o pior que é bem gostoso.
Teve uma outra festa que fui há alguns anos e também passei mal. E sendo bem sincero, não bebi muito, mas a mistura foi implacável. Deveria ter me mantido apenas na cerveja ou apenas no Prosecco, mas agora não dá pra ficar remoendo o que aconteceu, apesar do incomodo estomacal me lembrar a cada segundo.
O negócio agora é de uma vez por todas não comer canapés de peixe crú e não misturar qualquer tipo de bebida, tenho que me manter fiel a um tipo.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

COLUNISTA SOCIAL

Hoje vai acontecer a festa de 10 anos das Faculdades Integradas Torricelli. Uma faculdade de Guarulhos onde há 2 anos estou em um projeto de criação de uma tv e rádio web. A televisão ainda funciona em caracter experimental e pelas restrições técnicas ainda não é possível fazer grandes reportagens e produzir vídeos mais elaborados. Já a rádio está prontinha para funcionar e antes do fim do semestre já deve ter uma programação definida.
Hoje também vou poder fazer algo que não fazia há muito tempo, pelo menos 2 anos. Vou fazer uma reportagem da maneira tradicional, com equipe. Terei pessoas a minha disposição, um cinegrafista e um assistente, além de uma produção. Já até me esqueci de como é trabalhar assim.
Nunca fui radical, daqueles que se ama uma coisa obrigatoriamente odeia a outra. Já fiz excelentes trabalhos com equipe de externa e já fiz excelentes trabalhos sozinho, no formato videorrepórter. Posso conviver com os dois formatos tranqüilamente e no caso da festa de hoje me sinto muito a vontade de afirmar que o formato tradicional com equipe é mais prático e eficiente.
Quando você está sozinho, com a câmera na mão e com a responsabilidade de não só produzir as imagens, mas também as entrevistas e detalhes, no caso de uma festa é um trabalho caótico. É muita gente, muita informação acontecendo ao mesmo tempo e você infelizmente não é o Super Homem e nem o The Flash. Sempre vai faltar fazer uma entrevista, sempre vai perder uma imagem interessante.
Por isso hoje estou mais tranqüilo, vou exercitar mais meu lado entrevistador que tem gritado aqui querendo mais espaço, mesmo que no caso de hoje seja num formato mais próximo do Amaury Jr. do que o formato Jô Soares. Dependendo de como rolar eu coloco aqui no blog também.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

SALA DE REUNIÃO

Eu ainda não sei, os meus pensamentos sobre o assunto são bem ambíguos, mas estou quase acreditando que 90% das reuniões são completamente inúteis. Não sei se você já teve essa sensação, mas após sair de uma reunião e concluir que nada foi decidido ou compreendido.
É muito comum após intermináveis reuniões as pessoas se agruparem e começarem mini-reuniões sobre a reunião que acabou de terminar. Nessa pequenos encontros isolados os assuntos são as gafes cometidas, as decisões erradas e por ai vai. Essas mesmas pessoas normalmente vão contra tudo o que foi dito, mas por centenas de motivos nunca contrariam o que está errado na hora.
A minha terça-feira foi pesada, cheia de reuniões e quando chego em casa me deparo assistindo o programa "O Aprendiz" que tem como ápice a sala de reunião. Sempre gostei do formato do programa e já falei sobre ele aqui na estreia dessa edição (para ler o texto clique aqui).
Reparando mais profundamente percebi que da mesma forma que acontece na maioria das empresas, a sala de reuniões do programa efetivamente é apenas o local para a demissão do participante de pior performance, mas raramente o momento é aproveitado da maneira como deveria.
A sala de reunião é a hora onde o apresentador aponta os erros, defeitos e mancadas do grupo e de cada participante. Não é raro ver que eles comentem os mesmos erros novamente, ignorando as dicas e alertas que acontecem nesse momento de tensão do programa.
Muitas vezes ser prático é muito melhor e mais produtivo do que fazer as tão demoradas e cansativas reuniões. No mundo da velocidade a sala de reunião também pode ser demitida.

terça-feira, 27 de abril de 2010

UM POUCO DE NADA E DE TUDO

Brasilia fez aniversário e não falei nada sobre o assunto. Ontem a Globo fez aniversário e também não falei nada sobre isso. Tem um monte de coisas acontecendo e não estou com muita vontade de falar sobre esse monte de coisas.
Por mais que a mente tente mudar, inovar e ser diferente constantemente nos vemos envoltos pelas mesmas coisas, pelos mesmos fatos e pelos mesmos assuntos. Em comunicação isso costuma ser chamado de "agenda setting", em poucas palavras é a mídia que pauta os assuntos que ela mesmo deve cobrir e divulgar, gerando assim uma repetição e conveniência no que é passado para frente e encobrindo determinados fatos. Olha que essa teoria não é nova, é da década de 70 e foi formulada Maxwell McCombs e Donald Shaw. Mas vamos deixar a teoria pra lá.
Eu estou fazendo os meus agendamentos e recentemente tenho me repetido muito, seja por conveniência, seja por preguiça ou seja lá por que motivo sem explicação. Acho que a segunda opção tem mais peso na balança ultimamente, não aquela preguiça de não querer escrever, mas uma preguiça para pensar, colocar as idéias em confronto dentro da cachola e ver o que sai dessa mistura.
Tem tanta coisa pra explodir nesse mundo, em todos os sentidos, incluindo o de explodir pra valer, que em alguns momentos dá até vergonha falar de alguns temas. Por isso muitas vezes prefiro falar de coisas mais abstratas e que envolvam sentimentos e pensamentos do que repercutir o nada.
Claro que um pouco de nada faz bem e ajuda a tirar o peso de tantos assuntos densos, mas o nada não pode ser o tudo e o tudo não pode ficar renegado ao nada. Por isso estou com muitas coisas engatilhadas aqui para discutirmos, principalmente sobre o futuro das coisas. Entre uma coisa e outra o nada pode se fazer presente.

domingo, 25 de abril de 2010

FORA DE RITMO

Ritmo é uma coisa que definitivamente não tem feito parte do meu vocabulário. Ultimamente parece que ele resolveu viajar pra bem longe e me deixou em um descompasso total.
Mesmo sem ter a rotina diária regrada e com tudo estabelecido em seus devidos lugares, eu conseguia manter uma certa ordem nas coisas. As vezes desafinava aqui, outras vezes por lá, mas sempre estava com a música do dia a dia no tom.
Recentemente tenho me sentido em uma fanfarra de interior, mas tocando um instrumento completamente desafinado e isso me incomoda bastante. Não sei exatamente o que está errado ainda, se o instrumento que está mesmo desafinado, se eu perdi o compasso, se os que estão a minha volta é que aceleraram o passo, não sei mesmo, mas a música não está legal.
O que fazer então para corrigir? Continuar tocando essa mesma melodia tem me deixado inquieto, para de toca não é uma opção, o melhor mesmo é tentar encontrar uma nova fanfarra pra tocar, porque pelo visto essa entrou em outro acorde.
É bom em alguns momentos mudar a trilha sonora, vira o disco e deixar se levar por coisas novas. Não que algo novo tenha aparecido, mas eu também não tenho me esforçado para que algo novo apareça. Por isso acho que está chegando um bom momento para afinar o instrumento, entrar no ritmo (mesmo que seja o ritmo maluco que eu sempre vivi) e tocar novos acordes por ai.
* Tenho que fazer um adendo a este texto. Enquanto procurava uma imagem para ilustrar esta postagem encontrei um vídeo com um campeonato mundial de fanfarra. Não fazia a menor idéia de que isso existia, e o Brasil vai muito bem. Vale a pena ver.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

RECALL

Não seria exagero dizer que semanalmente vemos nos jornais, revistas e na televisão notícias e anúncios convocando donos de veículos para levarem seus belos e caros carros para uma revisão, troca de peças e um "check up" geral para ver se tudo está bem e para trocar o que está com defeito.
Nunca me senti confortável com isso, porque toda vez que vejo isso penso que há um certo relaxo com o produto que está sendo fabricado. Não é possível que grandes montadoras, com anos de experiência continuamente são obrigadas a convocar seus clientes para que eles possam corrigir os erros cometidos.
É uma falta de respeito com o consumidor. Claro que falhas podem acontecer, é inerente do ser humano, mas em alguns casos é inquietante ver o que acontece. O caso mais recente é com a Toyota, que se vê obrigada a trazer de volta para a fábrica o modelo Corolla produzido em abril de 2008 ate hoje. O problema, por incrível que pareça, é no tapete do carro. O tapete tem afetado o movimento do pedal do acelerador e isso tem gerado sérios problemas para os motoristas do modelo.
Fico pensando, a montadora erra, produz algo com defeito, convoca todos os clientes de volta e corrige o erro. Tudo isso acontece, mas e os acidentes e transtornos gerados com isso? Não há punição pra empresa? Não estou falando só da Toyota, acho que todas as fábricas já tiveram que fazer o tal recall.
Se tudo na vida fosse fácil assim... Errei, vou fazer um recall e fica tudo certo. Vou gravar uma entrevista, não ficou boa: recall. Se esse texto não ficar bom: recall resolve qualquer problema.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

ÁLBUM DA COPA DO MUNDO

Estou me sentindo uma criança desde o final da semana passada. Comprei o álbum da Copa do Mundo e já estou empobrecendo comprando pacotes e mais pacotes de figurinhas, na verdade isso é um exagero, nem tenho muitas ainda, mas estou começando a viciar.
Uma coisa tão simples e que em tempos de Copa do Mundo vira uma febre, não só entre as crianças, mas também entre os adultos. Arrisco a dizer que mito mais entre os adultos. O número de amigos e conhecidos que estão colecionando é enorme e a cada dia encontro mais pessoas querendo trocar as figurinhas.
Nas bancas é cada vez mais difícil encontrar as figurinhas. Me sinto um peregrino atras de uma banca de jornal iluminada que ainda não tenha seus estoques esgotados.
Eu não estou com tanta sorte assim, por enquanto não tenho grandes jogadores, poucos da seleção brasileira e muitas repetidas. Já o meu irmão e minha irmã (os dois também compraram e viciaram) já tiraram figurinhas interessantes, bons jogadores, a taça da copa e tudo mais.
O que é gostoso nisso, além de uma competição ingenua, é a vontade de completar o álbum. Muito bom ir preenchendo os espaços vazios.
Putz, lá vou eu pra filosofia, psicologia e sei lá mais o que, mas até parece que esses álbuns servem de alguma forma para nos distrairmos das situações reais e que nos preocupam. Nele temos um objetivo claro e atingi-lo é possível, difícil e depende de sorte também. Nos projetamos no álbum.
E lá vou eu para rasgar mais um pacotinho de figurinhas e ansioso para ver quem vai se revelar. Um bom passatempo também para esperar a Copa.

terça-feira, 20 de abril de 2010

XV ENCONTRO PAULISTA DE AUTOS ANTIGOS - VIDEORREPORTAGEM

Como prometido, com uma certa demora eis a videorreportagem realizada no XV Encontro Paulista de Autos Antigos realizado na cidade de Águas de Lindóia.
Foi difícil editar já que tinha muitas imagens interessantes, curiosas além de grandes histórias. A edição é sempre a parte mais complexa e torturante, principalmente para quem é videorrepórter, já que você está envolvido com todo o processo, desde a produção até a finalização do trabalho.
Mas acho que consegui resumir o que de principal acontece por lá. Não pensem que acabou não, ainda há tempo de ver de pertinho cada obra de arte automobilística que é exibida por lá. O evento acontece até esta quarta-feira (21/04).
Aproveito também para agradecer ao pessoal da Helicharter Helicópteros que nos levou para fazer as imagens aéreas do evento. Para conhecer o site da empresa basta clicar aqui, o serviço é de primeira.
Além da videorreportagem aqui no Mural vale a pena conferir o registro do videorreporter Paulo Castilho no seu Diário de um Videorrepórter e as matérias da Carol Thomé para o "A noite é uma criança" na Band.
Segue então a videorreportagem:

segunda-feira, 19 de abril de 2010

GRANDES ENCONTROS

Seria assim que definiria meu final de semana. Um final de semana com grandes encontros, grandes convergências, idéias e uma bela videorreportagem na bagagem.
Tudo aconteceu muito rápido, um contato telefônico do videorreporter Paulo Castilho e lá estava eu, o Paulo e mais a Carol Thomé da Band e o Duca, namorado da Carol e um grande cara partindo diretamente para o XV Encontro Paulista de Autos Antigos em Águas de Lindóia no interior de São Paulo.
Foram muitos e curiosos encontros, um carro e quatro pessoas: Eu, Paulo Castilho, Carol Thomé e Duca.. Pra começar, minha xará de sobrenome e colega de videorreportagem Carol Thomé, sempre me chamou atenção pelas belas matérias realizadas e também pelo sobrenome comum ao meu. Achava que a semelhança do sobrenome parava no Thomé, mas vai além. O Thomé do meu sobrenome é composto: Thomé de Souza e não é que o dela também é. Já haviam me perguntado se nós eramos irmãos, parentes e tal e sempre disse que não. Provavelmente terei que rever essa minha resposta porque os indícios de que há um parentesco são bem fortes.
Foi muito bom encontrar o Duca, um carioca super comunicativo, com um bom papo e cheio de idéias. Assim como o nosso colega jornalista Dimitre que foi fundamental para que conseguíssemos realizar grandes coisas na cidade. O Paulo Castilho é um amigo que sempre quando nos encontramos as idéias brotam até não querer mais.
Mas encontros são encontros e muitas vezes inesperados. Encontrei gente da faculdade de Guarulhos para onde presto serviço, encontrei o Deputado Estadual Fernando Capez com quem trabalhei alguns anos e gravei muitas entrevistas. Até Elvis eu encontrei.
Para acontecerem tantos encontros nada melhor do que um grande encontro de carros antigos, raridades e coisas que nos fazem ficar horas babando. Os detalhes do evento você vai acompanhar amanhã na videorreportagem, mas como aperitivo seguem algumas fotos que tiramos por lá.




sábado, 17 de abril de 2010

VIAGEM

Estou saindo neste sábado cedinho para Águas de Lindóia no interior de São Paulo, ficarei lá até este domingo. Na bagagem os equipamentos para a gravação de mais uma videorreportagem do Mural do Antena.

Por lá acontece uma tradicional feira de carros antigos. Eu e os videorreporteres Paulo Castilho e Carol Thomé vamos conferir o que rola por lá.
Assim qeu eu chegar edito e posto por aqui mais essa videorreportagem do Mural do Antena. É bom aproveitar que o frio e a chuva deram uma trégua aqui em São Paulo.


sexta-feira, 16 de abril de 2010

ENQUANTO ISSO NA TV...

Faz tempo que não falo de televisão por aqui. Ontem me deu vontade de escrever por dois motivos: Aprendiz 7, da Rede Record e o Conexão Repórter, do SBT.
Vou começar pelo Aprendiz, que entra na sua sétima edição reformulado, com novo apresentador e uma missão difícil, conquistar os fãs do programa e que se sentiram "órfãos' de Roberto Justus.
Pelo que vi ontem vai ser uma tarefa difícil. O programa como um todo é bom porque o formato é bom, mas com as mudanças o programa precisa se reinventar porque as comparações serão inevitáveis.
João Dória Júnior tem experiência em TV e é um grande homem de negócios. Mas essa experiência televisiva é restrita aos programas de entrevista (que ele faz muito bem), quando chegou na sala de reunião, onde o empresário e o improviso falam mais alto senti uma certa fragilidade e uma postura tímida de João Dória. Isso é normal, é a primeira vez e com o tempo ele deve melhorar nesse ponto. Quando Roberto Justus estreou o a primeira edição ele foi duramente criticado pela sua "robotização" na apresentação, mas se saiu muito bem na sala de reunião. Com o passar das edições ele ficou mais a vontade e natural. Tudo normal até então.
Não gostei do novo tom da musica de abertura, mas achei a edição bem legal. No todo, como já disse o programa é bom, mas creio que essa edição vá patinar, as pessoas tem que se acostumar, lembrem-se que televisão é hábito. Mesmo assim fiquei surpreso com a baixa audiência da estreia, esperei que fosse dar mais pela curiosidade de um novo apresentador. Deu 6 pontos de média, ficando em terceiro lugar e perdendo para o SBT que registrou 8 pontos.
Por falar em SBT não posso deixar de registrar aqui uma menção ao programa Conexão Repórter apresentado pelo Roberto Cabrini. Já há algumas semanas estou querendo escrever sobre o programa e por centenas de motivos mudei de tema. Depois da reportagem de ontem me senti na obrigação de escrever.
O programa é muito bom, no caso de ontem Cabrini esteve na Somália e mostrou cenas chocantes e uma coragem ímpar de estar na cidade mais perigosa do mundo, Mogadíscio. Além disso, as outras edições do programa foram sensacionais. O caso de pedofilia na Igreja Católica ganhou repercussão internacional e fez o Papa Bento XVI se pronunciar abertamente sobre o caso pela primeira vez.
Deste gênero de programa sem dúvida os dois melhores são o "Profissão Repórter" da Globo e o "Conexão Repórter" do SBT. No vídeo abaixo o momento que Roberto Cabrini entrevista e questiona o padre pedófilo.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

MUITO OBRIGADO

Não tenho palavras para agradecer toda a alegria que me foi proporcionada com a indicação para concorrer no The Bobs Awards 2010. O Mural do Antena é um blog novo, completou 1 ano a pouquíssimo tempo e já figura entre os principais blogs aqui no Brasil e também no mundo. Isso é para encher qualquer um de orgulho.
Hoje foram anunciados na Alemanha os vencedores de todas as categorias escolhidos pelo júri de especialistas. Saiu também o resultado do júri popular. Só o fato de ver meu blog ali, em meio a tantos blogs importantes e sendo analisado por grandes nomes da blogosfera, jornalismo e causas sociais me fizeram um vencedor. Me sinto assim, já me sentia assim desde a indicação.
Fiquei muito feliz em ver que o Mural do Antena teve 10% dos votos na categoria melhor videoblog, o que garantiu em sensacional segundo lugar. Por isso estou passando aqui, para agradecer a todos que apoiaram, votaram e incentivaram o meu trabalho aqui na web.
Aproveito também para agradecer aos jurados que me colocaram entre os 11 finalistas, valeu mesmo. Em especial quero agradecer a Rosana Hermann que é jurada nesse prêmio, está lá na Alemanha e sempre foi uma inspiração para este jornalista que vos escreve aqui.
O The Bobs Awards 2010 faz parte também da breve, mas cheia de emoções, história desse blog e foi muito importante para dar mais ânimo e incentivo para que eu continue investindo e lutando por esse espaço que me traz grande satisfação pessoal e profissional.
Por fim quero parabenizar todos os vencedores e todos os concorrentes, o nível dos blogs era elevadíssimo o que valoriza ainda mais o nosso trabalho.

Os vencedores foram:
Melhor Weblog: Ushahidi (English)
Melhor Podcast: Língua Cajun (French)
Melhor Videoblog: Mr. Free Man (Russian)
Prêmio Repórteres Sem Fronteiras: Nós somos Jornalistas (Persian)
Prêmio Blogwurst: Acorde, Sr. Verde (Russian) / Blogs do além (Portuguese)
Prêmio Tópico Especial Mudanças Climáticas: Coluna Zero (Portuguese)
Melhor Weblog em Árabe: Críticas de Osama
Melhor Weblog em Bengali: Ali Mahmeds
Melhor Weblog em Chinês: Ke Neng Ba
Melhor Weblog em Alemão: Der Postillon
Melhor Weblog em Inglês: Talk Marroco
Melhor Weblog em Francês: Le Monolecte
Melhor Weblog em Indonésio: Pequenas Observações
Melhor Weblog em Português: Física na veia
Melhor Weblog em Russo: Metkere.com
Melhor Weblog em Espanhol: La vuelta al mundo de Assun y Ricardo


Muito obrigado a todos e vamos em frente!!!

A INSTABILIDADE DO PLANETA

É impressionante a quantidade de terremotos que tem acontecido neste ano. Vi em uma reportagem que 2010 será um ano histórico na ocorrência desse fenômeno natural que assusta centenas de países e deixa muita gente em alerta. Desta vez a China foi a vítima.
Acabei de ouvir um dado interessante e preocupante na reportagem do repórter Flávio Fachel da rede Globo. Só nos primeiros quatro meses deste ano já morreram mais de 223 mil pessoas vítimas dos tremores pelo planta. É muita gente.
Se formos ampliar o número de mortes com catástrofes naturais o número deve ser ainda mais impressionante, basta ver a quantidade de mortos no Rio de Janeiro com as chuvas e também o que morreu de gente pelo país com os temporais que castigaram pra valer. Junte ai o restante do mundo que sofre com furacões, vulcões e outras coisas mais. O mundo está realmente dando centenas de alerta que algo está errado.
Hoje também li que um vulcão na Islândia (pense em um lugar frio e longe) entrou em atividade e fez com que moradores abandonassem suas residências para fugir dos gases e da lava. Além disso o calor que vem das profundezas do planeta nessa erupção está fazendo geleiras derreterem.
Resultado: mais água nos oceanos e isso é semelhante ao efeito borboleta, um pingo aqui pode ser um tsunami lá do outro lado.
Existem os pessimistas e os otimistas, mas acho que nem a visão mais otimista é contraria ao evidente descontrole climático e natural que vem acontecendo nos últimos tempos. Eu não sei o que você pensa, mas eu acho que apesar de serem fatos isolados e em locais distintos, tudo tem relação e faz parte de uma grande alerta do nosso planeta. Só espero que consigamos decifrar rapidamente a mensagem e principalmente corrigir os erros a tempo de evitar uma catástrofe irreversível.
Abaixo a bela, mais perigosa imagem da atividade vulcânica no meio de uma geleira na Islândia.


quarta-feira, 14 de abril de 2010

DIA DE SAUDADES

A terça-feira foi um dia de saudades. Tive esse sentimento por vários motivos, muitas coisas me fizeram relembrar de fatos e de momentos.
Tive saudades de algumas preocupações que eu tinha e tive saudades de não ter algumas preocupações. Queria muito voltar nos tempos de colégio onde a maior preocupação eram as tarefas e provas (isso eu tirava de letra), voltar no tempo para fazer teatro, ensaiar, dar risada nos bastidores e sentir aquele frio na barriga toda vez que a peça ia começar. Sinto saudades de apartar a briga das meninas da minha sala, não sei se já contei aqui, mas fiz colegial de tradutor e intérprete e a sala só tinha mulheres e ainda algumas matérias juntava com o magistério, resultado: sempre estive cercado de mulheres. Como elas brigavam, meu Deus!!!!
Tenho saudades da faculdade e das grandes amizades que fiz por lá, dos professores que viraram amigos e dos amigos que viraram professores. A vida é um constante aprendizado independente de estar dentro ou fora da sala de aula.
O que fizer então dos meus primeiros colegas de profissão que foram tão importantes na minha formação profissional. Saudades das reportagens trabalhosas que levavam meses para ficarem prontas, da produção de matérias, de vibrar em conseguir marcar uma entrevista.
Saudades de muitas pessoas e algumas delas deixaram marcas bem fortes e difíceis de ficarem escondidas. Ontem uma pessoa que foi importante demais na minha vida e também na história e nascimento desse blog fez aniversário. Por razões que não cabem aqui tomamos caminhos diferentes e não estamos mais juntos. Nesta terça-feira senti saudades de presentear e de ver uma pessoa feliz.

terça-feira, 13 de abril de 2010

MUNDO PEQUENO

Não dá pra fazer nada nesse mundo porque nada é tão longe que possa fugir do nosso olhar. O mundo é pequeno, essa frase sempre está na boca das pessoas quando algo inusitado, um encontro inesperado acontece.
Hoje me deparei duas vezes com essa situação. A primeira foi em Guarulhos, encontrei com o jornalista Figueiredo Jr., da Band, na sala de reunião da faculdade para qual presto serviço. Ele entrevistou o presidente da faculdade há algumas semanas e estava lá para estreitar relações. O Figueiredo é meu colega na pós-graduação e estamos no mesmo grupo.
É engraçado encontrar alguém que você conhece, mas em um lugar que você não imagina. Por uma fração de segundos algo parece não estar no lugar, como se as várias realidades, convívios se untassem em um só. Não sei se fui claro!! Costumamos separar as coisas: família, trabalho 1, trabalho 2, amigos de colégio e o que mais aparece por ai. Mas normalmente esse grupos não se encontram, não existe um ponto de intersecção além de você. Mas quando surge um outro ponto de intersecção, normalmente um lugar ou amigos em comum a estrutura fica modificada e nunca volta ao seu tamanho original.
Não bastasse esse encontro, no meio da tarde, tive outro no final do dia. Saindo da pós, já no corredor, cansado e louco pra chegar em casa, vejo encostado na parede e batendo papo com uma outra pessoa o melhor professor que tive na faculdade, Jorge Paulino.
O cara era fera e a matéria encantadora: História da Arte. Tenho até hoje as centenas de folhas de anotações de todos os detalhes sobre artistas, pinturas, esculturas e revelações sobre o fascinante mundo das artes.
Detalhes, tive essa matéria no ano 2000, meu primeiro ano de faculdade. A aula era simples mas extremamente interessante. Ele chagava, ficava uns 5 minutos arrumando os slides, apagava a luz e começava. Era uma manhã inteira de revelações, a cada vez que ele apertava o botão para a troca de slide e aquele estalado alto surgia o teto a parede branca e sem graça era decorada com DaVinci, Renoir, Michelangelo, Monet entre tantos outros. Quem passava pelos corredores da faculdade não podia imaginar que do outro lado da porta estava o Louvre, Masp, Tate entre tantos outros, até a Capela Sistina esteve lá.
Poxa, reencontrar esse professor me fez viajar 10 anos no tempo e lembrar de muitas coisas legais. E o mundo cada vez mais pequeno.

domingo, 11 de abril de 2010

CHICO XAVIER

Já deveria ter escrito sobre o filme antes, já que assisti a história na última terça-feira. Mas a correria, gravações e contratempos me deixaram um pouco distante dos textos aqui do blog nesta semana que passou.
Não sou muito fã de filmes biográficos, acho que é muito difícil colocar na tela a história de uma vida e sempre ficam coisas importantes e relevantes de fora e entram outras por mero efeito de impacto visual em quem assiste.
Ainda não entrei no filme do Chico Xavier, estou me referindo principalmente aos filmes "Dois filhos de Francisco" e "Lula, o filho do Brasil". Claro que é interessante saber sobre a história do nosso presidente e de pessoas que se destacam no cenário artístico, político e empresarial.
Não posso negar que os filmes são bem feitos, boa produção, elenco impecável, mas o filme do Lula não conseguiu levar muitos espectadores ao cinema, o que me espantou. Na minha opinião foi lançado no momento errado.
Recentemente estreou o filme contando a história do medium mineiro Chico Xavier. Sem dúvida já despertou grande atenção pela pessoa do Chico e também por todo o mistério que envolve sua história.
O sobrenatural, o desconhecido, o que não podemos explicar é um grande chamariz para o público, mas o filme traz o Chico Xavier humano, com seus erros, acertos e principalmente com a sua bondade que se fazia presente independente das psicografias e mediunidade. O filme acertou em cheio nesse ponto.
Claro que toda a história mostra o lado espiritual que envolvia o medium, mas foi contado de forma tão natural que até as pessoas que não acreditam no espiritismo saem envolvidas pela história. Não fantasiaram, não apelaram, não foram para o extraordinário. Mesmo o personagem por si só ser extraordinário.
Gostei muito de utilizarem a entrevista original concedida por Chico Xavier ao programa de televisão "Pinga Fogo" da década de 70. A caracterização dos personagens está impecável e o filme é envolvente e cheio de belas atuações.
Certamente vale a pena, independente da sua religião, conferir esse filme que traz a história de um homem que se dedicou a bondade. Segue o trailer.

sábado, 10 de abril de 2010

EQUILÍBRIO

Odeio ficar na ansiedade por alguma coisa, mas estou por vários motivos, o que me deixa mais irritado ainda, pois quando imagino que consegui esquecer um assunto vem logo o outro pra fazer a cabeça ficar nessa "neura" e ansiedade.
Nós humanos somos muito complexos, quando queremos uma coisa e conseguimos imediatamente queremos outra e assim as coisas vão caminhando em um círculo vicioso interminável. Tem vários motivos que estão me deixando na expectativa, alguns bons e outros ainda não sei se são bons ou ruins.
Pra começar essa semana é decisiva na votação final do The Bobs Awards 2010, não queria ficar aqui falando o tempo inteiro do prêmio, mas também não tenho como omitir esse assunto que tem me deixado bem feliz. Dia 13 e 14 o juri de especialistas se reúne na Alemanha para debater e escolher os blogs vencedores em cada categoria. Dia 15 os vencedores serão anunciados. A votação aberta na internet acontece também até o dia 14. Por isso mais uma vez aproveito para pedir seu voto. Para votar é só clicar aqui.
Por outro lado estou muito tenso com relação há algumas mudanças que estão por acontecer. Mudanças que eu não sei quais são, mas certamente vão ocorrer nos próximos meses. Nunca pensei que iria querer um pouco de rotina de volta. Faz 2 anos que estou nessa loucura de não ter rotina. Em muitos momentos é muito bom, gostoso, tem as vantagens, mas também tem as desvantagens. Recentemente as desvantagens tem um peso maior nessa balança.
Lembrei da balança do LOST, simbolizando o equilíbrio entre as forças do bem e do mal. Claro, no meu caso não há o mal, mas há o que tem me feito bem e o que tem me incomodado. A balança não está equilibrada.
Continuando nessa viagem não tenho como não fazer referencia a outra balança, essa com muito efeito na minha vida, a balança do meu signo Libra. Acho que ela representa muito bem o que eu procuro, o equilíbrio e se isso não acontece começo a perder o rumo, o foco, e os objetivos vão ficando mais turvos no horizonte.
A semana que está chegando vai ser interessante nessa constante busca da compensação entre as forças e principalmente entre os pesos em cada lado da balança.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

SEGURANÇA NACIONAL - VIDEORREPORTAGEM

Nesta terça-feira estive no café da manhã com o elenco do filme "Segurança Nacional". Uma manhã chuvosa, porém bem agradável na Base Aérea de Guarulhos.
Para quem gosta de aviões como eu foi um prato cheio poder ver bem de perto aviões como o R99, o Super Tucano e o Caça das nossas Forças Armadas. Além disso a exibição do trailer do filme aconteceu dentro do avião Hércules, muito legal.
O filme tem tudo pra fazer sucesso, aborda uma temática interessante e muito pouco abordada no nosso cinema, a soberania nacional. Estamos acostumados a ver, principalmente nos filmes norte-americanos, muita ação, aventura e adrenalina e em "Segurança Nacional" isso não vai faltar.
O elenco traz Thiago Lacerda, Milton Gonçalves, Ângela Vieira, Viviane Victorette, Aylton Graça, Gracindo Junior e muito mais. O filme estreia dia 7 de maio.
Veja agora na videorreportagem todo esse clima de ação e entrevistas com Thiago lacerda e com o diretor Roberto Carminati, além do trailer desse filme que promete ser sucesso de bilheteria.
Aproveito para lembrar que o Mural do Antena é finalista no The Bobs Awards 2010 na categoria melhor videoblog. A votação acontece até o dia 14 de maio. Para votar é só clicar aqui. Obrigado!!

segunda-feira, 5 de abril de 2010

APETITE SEXUAL

Sexo é bom, isso acho que todo mundo concorda. Sexo é muito melhor quando você está com a pessoa certa e no lugar certo. Até ai tudo bem, independente de gostos, estripulias (existe essa palavra?) entre quatro paredes e o que mais pintar na hora do "vamos ver", todo mundo tem a sua fórmula para ter a realização sexual.
Mas.. e sempre tem um mas... algumas pessoas gostam de inovar. Tem taras de todos os tipos, como aquelas pessoas que gostam de ter suas relações em locais nada convencionais. Ok, nada contra, confesso que um lugar diferente dá aquela apimentada, mas vamos com calma minha gente. Porque estou escrevendo sobre isso? Ah, ai chego no ponto. Fiquei completamente encabulado nesta tarde chuvosa de segunda-feira. Eis o que presenciei:
Estava em Guarulhos e fui almoçar no Carrefour que fica ao lado da faculdade, coisa que faço toda vez que vou pra lá. Pequei minha bandejinha, minha comida e me dirigi para uma mesa na praça de alimentação do local. Meu olhar foi fisgado por algo por um casal que namorava em uma mesa próxima a minha.
A menina tinha uns 17 anos, ruivinha, cheia de sardinhas e pele branquinha e avermelhada (muito bonitinha diga-se de passagem). O cara tinha uns 23 anos e era bem apessoado. Um casal bonito. Estavam sentados um ao lado do outro e trocavam apenas olhares e por vezes ele tocava o rosto dela e tentava dar um beijo. Logo de cara imaginei que eles nunca haviam se beijado porque ela relutava em deixar ele chegar com os lábios próximo aos dela.
Mas... olha o mas novamente no mesmo texto. Começaram umas carícias, ele roubou um beijo, depois começou a acariciar o corpo dela e a coisa foi esquentando. Na posição onde eu estava deu para perceber que ele começou a passar a mão em locais menos acessíveis e as pessoas começaram a reparar. Um grupo de pessoas que estava na mesa ao meu lado também estava comentando.
Os dois pareciam que estavam em uma ilha deserta. Logo ele colocou a mão por dentro da blusa dela e acariciou os seis dela. Nessa altura do campeonato minha comida estava esfriando e eles esquentando cada vez mais. Ela então brecou o rapaz, mas por pouco tempo, ele ajeitou ela na cadeira para que a mão dele pudesse alcançar locais mais remotos e por ai foi. O telefone dela tocou e então ela se levantou, olhou para o lado e viu que a praça de alimentação toda estava assistindo a cena.
Quem disse que eles se incomodaram, apenas pegaram um pouco mais leve. Beijos fogosos, mordidas no pescoço, a mão boba que não parava. Bom, o final dessa história eu não sei, tive que terminar minha comida e voltar para o meu trabalho. Mas das duas uma: ou o cara voltou pra casa morrendo de vontade ou a menina saiu grávida do restaurante.
Essa história me fez lembrar uma vez que estava com minha ex-namorada em um shopping e um casal ao lado estava se beijando de forma tão acalorada que o segurança teve que interromper os dois. O cara estava com o rosto todo borrado de batom, foi cômico.
Diante dessa longa história (que post gigante), lembrei de um texto que li sobre as pessoas que tem compulsão sexual. É um vício, precisa de tratamento e tem muita gente que nem percebe, mas isso afeta no dia a dia.
Sexo é bom, mas no refeitório na hora da refeição não pega bem!!!!
Abaixo um vídeo que fala mais sobre a compulsão sexual.

domingo, 4 de abril de 2010

UM POUCO DE ARRUDA E SAL GROSSO

O sol realmente nasce para todos, vai de cada um querer ou não se expor a ele. Mas não temos como fugir de em algum momento sentirmos o calor bater em nossa pele. Essa exposição ao sol, dependendo da dosagem, tempo e intensidade pode ser benéfica ou pode trazer efeitos não tão agradáveis.
Esse texto não é sobre o sol, sobre bronzeamento ou qualquer outra coisa do gênero. Estou querendo falar sobre inveja e ego. Claro que tenho razões bem pessoais para que esse tema seja abordado aqui, mas tentei abstrair um pouco o que tem acontecido comigo e tentado expor a coisa em um âmbito mais geral.
Não tenho esse sentimento de inveja, gosto de ver as pessoas crescerem naquilo que fazem e principalmente atingirem seus objetivos, sonhos, desejos, enfim, que realizem aquilo que almejaram. Fico muito feliz quando um amigo me conta uma novidade pessoal ou profissional e fico feliz também, quando alguém que não gosta de mim se realize, pelo menos ela perderá menos tempo pensando em mim.
Acho uma tremenda imbecilidade as pessoas pensarem mais no próprio umbigo e deixarem de crescer juntas. É muito mais fácil você alcançar certas coisas trabalhando em conjunto, mas nem sempre o ego permite.
Então entramos em outro ponto do tema. O ego. Claro que faz bem para o ego ser reconhecido, ter um trabalho de sucesso, conseguir realizar certas coisas. O ego não é ruim, mas pode prejudicar quando ele é maior do que você.
Mas quando o ego e a inveja são grandes e no mesma pessoa ai a coisa fica feia. Ai volto para o Sol. Ele é grande e nasceu para todos, não tenha inveja porque é só sair debaixo do guarda sol, de dentro do casulo e se expor que você pode pegar um bom bronzeado, como muita gente pega quando está disposta e exposta para isso. Mas é bom ter cuidado, nada é mais brilhante que o brilho do próprio Sol, por isso cuidado para não perder tempo e energia tentando brilhar mais do que ele.
É um pouco de desabafo e também um pouco de filosofia de fim de feriado. Já fazia um tempo que isso martelava na minha cabeça, mas para o assunto ficar mais "educativo" segue um vídeo sobre o astro rei.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

PÁSCOA

Mais um feriado. Esse é Santo, o que não diz nada para muita gente que não é Católica, mas que sempre tem uma carga emotiva e uma atmosfera diferente.
Esse ano eu esqueci completamente do feriado, na última terça estava voltando de Guarulhos e me desejaram Feliz Páscoa. Dei risada e disse que ainda retornaria na semana seguinte e então fui alertado que o feriado santo já era nessa semana.
Então, depois do susto, instintivamente pensei: "Não comprei ovos". Putz, um feriado santo vindo por ai e o máximo que eu consegui pensar foi em não ter comprado ovos. É, para a grande maioria, incluindo católicos domingo é dia de se empanturrar de chocolates, engordar feito um porco e depois sofrer durante alguns meses tentando perder peso.
Mas tirando de lado a carga religiosa e olhando só pelo lado mercadológico senti que este ano o coelho da Páscoa não deve ter ficado muito feliz. Há muitos anos, algumas lojas especializadas em chocolates que ficam próximas a minha casa ficam abarrotadas, com filas, abrem em horários diferentes, pessoas se engalfinham para pegar o seu objeto de desejo.
Nas três lojas que ficam aqui perto não teve nada disso, pelo menos até hoje. Logo mais tenho que sair e vou dar uma espiada para comprovar. Caso os fatos me desmintam eu volto aqui e escrevo um adendo.
Apesar de toda lambança criada pelo homem: religião, carne, bacalhau, ovos, chocolate, coelho, espero que você tire todos esses filtros da frente e independente da religião que siga aproveite para refletir sobre suas atitudes, precisamos urgentemente melhorar o nível desse mundo.
Feliz Páscoa!!!

quinta-feira, 1 de abril de 2010

É MENTIRA

Não há um ano que esse dia passe sem que alguém faça alguma brincadeira. Eu mesmo, quando era mais novo tinha a mania de chegar em casa, tocar o interfone imitando a voz de algum parente que não costumava visitar minha família com freqüência e pegar minha mãe. Quando abria a porta do elevador ela ficava brava com o trote, com a mentirinha.
Em poucos minutos recebi vários e-mails com essas pegadinhas de primeiro de abril. Algumas até me fizeram sorrir, mas tecnicamente não tem muita graça, só nos faz perder tempo. Mas tudo nessa vida é algo que nos faz aprender e fiquei aqui pensando o que teria gerado o tal dia da mentira. O que teria ocorrido para que esse dia primeiro ficasse marcado como dia dos políticos, opa perdão, dia da mentira.
Pesquisei em alguns lugares, falei com algumas pessoas e tudo indica, assim como grande parte das tradições culturais, o dia de mentira nasceu na Europa, essa, mais precisamente na França e tem relação com a adoção do calendário gregoriano, antes dessa adoção o ano novo era comemorado em primeiro de abrir e após a mudança ficou em primeiro de janeiro. Em países de língua inglesa a data é conhecida como April Fool's day ou Dia dos Tolos.
Sei que muitas empresas fazem pegadinhas com funcionários. Conheço uma, que não vou mencionar o nome aqui, que mandou para alguns funcionários uma carta dizendo que estavam demitidos e para outros uma carta dizendo que haviam ganhado uma promoção. Obviamente essa brincadeira não deu certo, gerou brigas, gente chorando, outros pulando de alegria, algo de uma imbecilidade ímpar. No final tudo deu certo, acho que o único que merecia receber uma carta verdadeira era o gênio do diretor de marketing.
Apesar dos pesares deve-se tomar muito cuidado com o tipo de brincadeira, tem coisas que podem gerar confusão e muita dor de cabeça!!!

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO