quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

OS DIREITOS DE TRANSMISSÃO DO BRASILEIRÃO

Essa semana uma verdadeira bagunça está acontecendo no mundo do futebol. Times revoltados estão deixando a associação (Clube dos 13) que é responsável, entre outras coisas, pela negociação dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro.
Uma briga que envolve muito dinheiro, poder, visibilidade e que certamente não tem mocinhos e sim um bando de vilões. Uma história que já é antiga, mas que ganhou força pela decisão do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) que acabou com a festa dos contratos de exclusividade para a transmissão do Brasileirão. O problema contratual era a falta de oportunidade legal para uma concorrência nos direitos de transmissão, já que uma cláusula dizia que a Globo tinha a preferência na assinatura. Isso acabou e gerou uma guerra.
A Record, como é de conhecimento geral, é a maior interessada nessa decisão e ofereceu rios de dinheiro para levar o campeonato para sua grade. A RedeTV! também se mostrou interessada, assim como o SBT (que diz não ter mais interesse, mas ainda deve aprontar alguma). As emissoras vão enviar para o Clube dos 13 suas propostas em envelope fechado e na teoria quem fizer a melhor proposta financeira ganha a disputa.
Comenta-se que a Record estaria oferecendo algo em torno de 600 milhões de reais, SBT e RedeTV! não falaram em valores e a Globo disse que não vai fazer loucuras financeiras para continuar com os direitos, dizem que não passarão dos 500 milhões.
Saindo da guerra das emissoras, uma outra guerra aconteceu. Alguns times não querem perder o valor agregado de aparecer na Globo. Como sabemos, se o campeonato for para a tela de outra emissora, principalmente para a Record, será quase que totalmente ignorado pela emissora carioca. Isso interfere diretamente nos patrocinadores dos times, que pretendem ver suas marcas na emissora de maior audiência do país.
O medo desse times é que os valores de patrocínio caiam consideravelmente e mesmo recebendo um valor maior por ceder os direitos de transmissão, tenham suas contas enfraquecidas.
Corinthians e os quatro grandes times cariocas já pularam fora da associação. Outros estão indo também e alegam que vão negociar diretamente com a emissora que desejarem (entenda-se a Globo) os direitos pelas transmissões das partidas. Trocando em miúdos ficaria o samba do crioulo doido.
A Record deve vencer a disputa pelo Brasileirão, mas o campeonato não contará com praticamente todos os grandes clubes brasileiros, que vão sair e criar um novo campeonato (que já tem até nome, a Liga Brasil) e que será transmitido pela emissora carioca.
Vai haver um grande racha de verdade e teremos mudanças drásticas no principal campeonato de futebol do país ou então tudo vai ficar como está e não vai ter passado de um grande teatro para inflacionar mais uma vez os valores astronômicos pagos pelos direitos de televisão. Não é a primeira vez que isso acontece... e o torcedor? Ah quem liga pra eles...

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO