sábado, 9 de abril de 2011

MUDANÇA DE HÁBITO

É muito engraçado observar o movimento lento, mas sempre constante do hábito das pessoas. Parece que não, mas vamos nos modificando constantemente e talvez por isso nem percebemos certas transições e só damos conta da total transformação quando já estamos mudados.
Na televisão isso fica evidente. Estudo o veículo há bons anos e é muito interessante notar como nós telespectadores mudamos os nossos hábitos e como a televisão mudou para acompanhar isso. Há quem diga que isso tenha acontecido de forma inversa, a televisão foi mudando e como consequência o telespectador foi se adaptando. Eu acho que são as duas coisas.
As pessoas mudaram muito, a intervenção de novas tecnologias, possibilidades que há 10 anos não tínhamos acabaram nos levando a alterar nossa forma de trabalhar, de se divertir, de se relacionar... Isso fez com que a televisão tentasse se encaixar nessa nova possibilidade para não perder telespectadores, essa é uma luta em andamento e que a cada dia que passa é mais difícil de vencer.
Mas a televisão também mudou por conta própria. No final dos anos 90, por exemplo, a Globo fez uma alteração lenta e gradativa na sua faixa nobre, deslocando a "novela das 8" para mais de 9 da noite, tudo por causa do Ratinho. Com isso a linha de shows foi empurrada e todas passaram a empurrar suas grades.
Lembro dessa época onde um filme na Globo ou SBT terminava no máximo a meia noite, um programa de auditório ou jornalístico também. Meia noite a maioria do público estava na cama dormindo, a madrugada era um território inóspito e sem graça.
Hoje os filmes começam depois das 11 da noite, terminam sempre depois da 1 da manhã, assim como outros programas, até de humor. E o público está lá, acompanhando, ligado... Os telejornais passam no meio da madrugada e a atenção para o horário ganhou destaque.
Um exemplo clássico é o Jô Soares. No SBT ele sempre brincava que o programa começava tarde, mas mesmo assim ninguém ia para cama sem ele. O programa chamava Jô Soares Onze e meia, mas começava sempre meia noite e pouco. Hoje na Globo, não é raro o programa começar depois das 2 da manhã.
A mudança não aconteceu da noite para o dia. Foi gradativa, lenta, quase que imperceptível, mas hoje ela se mostra evidente. Estamos em movimento constante, daqui há algum tempo vamos nos deparar com novas possibilidades e perceber como mudamos.

1 Comentário:

Antenado disse...

Oi Antenor, somos parceiros do Dihitt e gostaria de saber se você topa extender a nossa parceria para os nossos blogs, em formato de links.

Vou aguardar a sua resposta.

Um abraço!

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO