sábado, 31 de dezembro de 2011

PROMESSAS - FELIZ 2012

Antes de escrever esse texto estava pensando em deixar que 2012 fosse um livro em branco, sem promessas, sem planos, sem vontades. Um barco à deriva esperando o vento mais forte dar o rumo e a partir de então começar a navegar.
De certa forma é sempre assim porque os planos nem sempre são âncoras que nos colocam no ponto certo ou nos mantêm por lá. Mesmo assim gostamos de saber que temos algo em que possamos nos segurar, mesmo que ele não esteja preso a lugar algum. 
Estamos sempre soltos e indo conforme o vento, mesmo que não querendo, na tentativa em vão de remar contra ou baixar as velas para evitar ser levado. Inevitavelmente o vento do acaso ou do destino ou do que queiram chamar nos carrega. 
Tinha pensando em não fazer um plano de navegação para 2012, mas em poucos minutos um lista de coisas que gostaria de percorrer, de lugares que gostaria de passar e de caminhos que poderia seguir se formou na minha mente e como um mapa já está desenhada e fixada na cabine de comando. Mapas são importantes, mas também nos prendem demais.
O que posso fazer então é tentar olhar o mínimo possível para este mapa e esperar que os ventos fortes me levem a percorrer outras rotas menos previsíveis ou que me façam chegar nos destinos planejados por mares nunca dantes navegados.  
Feliz 2012!!!!!

3 Comentários:

Anônimo disse...

Adorei o texto Antenor!! Me sinto assim todo final de ano.
Muito legal seu blog, minha professora que indicou. Meu nome é Joyce e estudo rádio e tv. Sou carioca e voltarei mais vezes aqui no seu espaço.

Beijinhos

Milla Linhares disse...

Não deixei em branco, vai escrevendo naturalmente, seguindo o caminho da felicidade!

Priscila disse...

Muito Bom.
Adorei o texto

Beijos

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO