sábado, 21 de janeiro de 2012

MUDANÇAS NA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

Não pude deixar de reparar nessa cobertura que estou fazendo na São Paulo Fashion Week o crescimento brutal do número de pessoas que estão produzindo individualmente, ou em pequenos grupos, conteúdo audiovisual. 
Equipamentos dos mais variados, desde câmeras portáteis de bolso (como no meu caso), celulares com gravação em HD, câmeras de vídeo semi-profissionais e profissionais e as fotográficas hdslr. Tem de tudo.
Um bom sinal de que os jornalistas estão percebendo essa mudança no perfil profissional necessária para se encaixar nesse novo formato que está sendo proposto. Graças ao barateamento e miniaturização do material utilizado (câmera, iluminação, microfones, acessórios) é quase que obrigatório aprender a usar esses equipamentos e saber aplicar esse uso na produção profissional de conteúdo. 
Portais, sites, blogs e até emissoras de televisão estão investindo mais nesse formato de produção. Basta circular uns minutos pelos corredores do evento para perceber que dessa forma os jornalistas acabam ficando mais ágeis e a notícia chega mais rápido no destino final.
Além disso não dá para deixar de reparar que a imprensa também está disputando espaço com o público geral. Com esses equipamentos mais acessíveis todo mundo quer tirar uma casquinha. Por isso a capacitação para que os jornalistas tenham o domínio dessas novas ferramentas é cada vez mais urgente. 
Assim vamos caminhando e olhando esse movimento que não é lendo de transformação na produção de conteúdo audiovisual, seja para a web ou seja para a TV. 
Momento oportuno observar essas mudanças enquanto se discute SOPA e PIPA (saiba o que é clicando aqui). Não só a produção de conteúdo audiovisual está sofrendo mudanças, mas também o consumo desse conteúdo. 

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO