quarta-feira, 14 de março de 2012

DIA DA POESIA

AUTOPSICOGRAFIA


O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas da roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama o coração.



Fernando Pessoa


Em homenagem ao dia da poesia deixo um poema de um dos meus poetas preferidos, Fernando Pessoa

3 Comentários:

Milla disse...

adoro Fernando Pessoa! Mt bom!

BAIANO>DOM>ALENCAR disse...

muito bom o conteúdo, gostaria de compartilhar com vocês minha pagina no face, deem uma olhada lá, se gostar não esquece de curti, vlw galera https://www.facebook.com/SemNexopontodom

BAIANO>DOM>ALENCAR disse...

muito bom o conteúdo, gostaria de compartilhar com vocês minha pagina no face, deem uma olhada lá, se gostar não esquece de curti, vlw galera https://www.facebook.com/SemNexopontodom

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO