segunda-feira, 18 de junho de 2012

CONHECENDO OS BASTIDORES

As pessoas normalmente são curiosas. A curiosidade é uma engrenagem complexa e que mexe com todas as pessoas, alguns em maior grau e outros em menor. Claro que para determinadas pessoas a curiosidade sobre algum tema é maior sobre outro e por aí vai. 
A televisão, por exemplo, desperta o interesse de muita gente e quando os bastidores são mostrados, quando as histórias por de trás das câmeras surgem, muita gente tende a se interessar para que aquele mistério seja revelado. 
Assim como a televisão tudo é uma vitrine onde exibimos o que é mais interessante, o que chama mais atenção e nos deixa melhor perante quem assiste ou nos vê. Muita gente cria uma imagem irreal para expor. Quase que uma necessidade de agradar quem vê mais do que fazer aquilo que gosta ou que deveria fazer. Isso nas redes sociais então é quase que uma regra. 
Vi uma foto de um casal que conheço e sei o quanto aquela foto não retrata a realidade. Conheço os bastidores da história, dos problemas, do que passa na cabeça de cada um. O nome do álbum já é pura ficção. 
Então me lembrei de uma pessoa que dizia que odiava conhecer os bastidores das coisas, a profundidade das histórias, a privacidade de certas pessoas porque tinha certeza que ficaria decepcionada em saber que muito daquilo que é visto não passa de ilusão. Ela tem razão em certo ponto.
Sabe aquela história de que de perto todo mundo é louco. Então, as vezes nem deixamos as pessoas se aproximarem muito e descobrirem o quanto somos imperfeitos. Em alguns casos isso não é possível, as pessoas entram com tudo e entramos com tudo na vida delas. As vezes descobrimos pessoas realmente piradas e em outra acabamos nos encantando diante de tanta loucura. É o risco. 

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO