domingo, 29 de abril de 2012

NÃO É COMPATÍVEL

Engraçado esse mundo. Tudo precisa de compatibilidade e se um fio, se uma detalhe, se um por menor qualquer não está de acordo tudo vai para o espaço. Isso é com tudo nessa vida, vide os relacionamentos. No começo as incompatibilidades até são relevadas, mas depois de um tempo os cabos não se conectam mais e um não funciona com o outro.
Pior é quando existe a compatibilidade, tudo está certinho, cada coisa se conecta da forma mais perfeita possível mas fatores externos impedem que as duas pessoas possam usufruir juntas ou se relacionarem de forma mais efetiva. 
O meu caso mais recente não se refere aos relacionamentos porém me deixou muito nervoso. Não faz muito tempo comprei uma televisão de LED, com o diabo a quatro, conectada na internet, só não é 3D... Muito boa e não tivemos nenhum problema com ela. Só que tem uma coisa que me incomoda sempre nas TVs, não só com essa, tenho outra de outra marca que também é assim, que é o som meio fraco. 
Então neste sábado resolvi ir ao shopping e comprei um home theater. Comprei um da mesma marca da TV, por acaso até, e cheguei todo feliz para instalar o novo som. 
Eis que liga aqui, testa de lá, lê centenas de vezes o manual e nada do som sair. Como DVD funciona normalmente, mas o som da TV, do vídeo game e das outras coisas conectadas nada. Peguei o manual da TV, consultei na web e descobri que ambos os aparelhos não são compatíveis. 
Simplesmente para usar tenho que fazer uma gambiarra, comprar um cabo diferente para aí sim poder usufruir de todas as funcionalidades do aparelho. Com o cabo HDMI não dá certo...
Então eu me pergunto: Como pode aparelhos que se complementam, praticamente da mesma época, super modernos, da mesma marca não serem compatíveis??????????????????????? 
A marca em questão é a Philips... Nada contra, porém é um verdadeiro tiro no pé isso. Os caras que desenvolvem os produtos precisam ver melhor isso aí. 
E assim vamos vivendo de fazer gambiarras...

sexta-feira, 27 de abril de 2012

AMOR E OUTRAS DROGAS

Quase estava passando o fato, estava indo me deitar quando me lembrei que hoje (quinta-feira) vi o filme "Amor e outras drogas". O bom de não se ter uma rotina é conseguir visitar pessoas que gosta e ainda ver um filme em plena quinta-feira. Sobre rotina, ou a falta dela dissertarei num post futuro. 
Sei que o filme não é novo, mas não tinha visto. Aliás acho que vi pouco coisa recente quando se trata de cinema. Um crime, um sacrilégio, um absurdo, porém é a minha realidade atual. Sala de cinema e o Antena ultimamente não estão em sintonia. isso também é assunto para um post futuro. 
Não podia deixar em branco sobre o filme porque era algo habitual que fazia por aqui e faz tempo que não tenho feito. portanto se você gosta de um romance, com um pouco de drama, um pé na comédia, coisa pra ver em dias de frio com um bom cobertor e pipoca, esse é um bom filme.
Claro que não vou deixar de passar um detalhes. E que lindo detalhe que a minha paixão Anne Hathaway faz parte do filme (e pela madrugada, que cenas... ). Ela é muito linda mesmo!!!
Abaixo o trailer do filme, já que o tempo está ficando chuvoso, esfriando é um bom momento para assistir. 

quinta-feira, 26 de abril de 2012

FRESH GUACAMOLE

Os ingredientes não são tão comuns, o modo de preparo é interessante e o resultado final muito bacana. Fresh Guacamole é um vídeo de animação bem interessante e criativo. 
A web está cheia de coisas curiosas, divertidas, bem feitas e elas devem ser compartilhadas. O vídeo a seguir não tem nada de novo, mas a ideia é ótima, a execução bem feita e um resultado bem interessante.
Melhor do que ficar aqui falando é assistir!!! Confira...

quarta-feira, 25 de abril de 2012

O DIAGNÓSTICO

O problema começa com uma leve dor, um incomodo quase que imperceptível. Você vai deixando ele lá, não te atrapalha em nada, é algo que dá para conviver facilmente (pelo menos você acha).
O tempo vai passando e aquele leve incomodo começa a ficar mais chato, mais dolorido, mais perceptível. Você não sabe o que é, só sabe que tem algo errado ali. Tenta ignorar por um tempo, vai levando com a barriga, finge que não está te atrapalhando, evita procurar ajuda.
Não vai no médico porque acha que a qualquer momento aquilo vai passar. Não precisa de ajuda externa, você conseguira sozinho eliminar aquilo. Então chega o momento da desconfiança, você começa a tentar achar os motivos de todo aquele incômodo. Será que foi por isso? Será que foi por aquilo? Ao invés de resolver o problema você tenta achar os culpados por ele, sem ao menos saber o que realmente é.
Então vem o choque de realidade. Sem querer você recebe doses pequenas do remédio e vê que aquilo melhora. O remédio faz efeito, mas as doses são pequenas e daquela fonte você não vai poder tirar mais. 
Então você procura o especialista. Ele dá o diagnóstico que você já sabe nesse momento. Está faltando isso e um pouco daquilo, mas um remédio só soluciona tudo. 
Ok, diagnóstico concluído, problema conhecido e agora o remédio? Não se encontra fácil, tem bastante por aí, mas você precisa na dose certa e da fonte certa. Pouco alivia, mas ao mesmo tempo quando volta a dor ela vem forte... Muito todos sabemos que remédio demais é veneno. 
Com a receita na mão busco por olhares para ver se encontro meu medicamento porque essa dor está chata demais!!

terça-feira, 24 de abril de 2012

EU SINTO FALTA: FUTEBOL (1)

Acho que inauguro de forma meio capenga hoje uma nova série de postagens que não terão regularidade, que não sei se seguirão mesmo e se eu vou me soltar o suficiente para escrever sobre. É pessoal mas a intenção e despertar em você que lê a mesma sensação que tenho quando lembro de algumas coisas. Já faz tempo que queria escrever sobre isso e chegou a hora. 
Eu sinto falta. Todos sentem falta de alguma coisa, de algum momento, de alguma rotina que por questões mil deixam de acontecer e quando vamos ver estão lá num cantinho da memória.
Eu senti falta de jogar futebol. Pode não parecer, mas este jornalista, que parece ser avesso aos esportes e que nem sempre é visto fazendo algo que movimente o corpo já jogou muito futebol. Muito no sentido de quantidade e nem sempre de qualidade.
Nunca fui um bom jogador de linha, meio atrapalhado, um pouco afobado, sem habilidade para o drible. Tinha um chute forte, batia bem faltas e era um bom marcador, por isso fui parar na zaga. Pouco tempo depois me vi colocando luvas e defendo a meta. Gostava de jogar no gol, apesar de ser uma posição ingrata.
Gostei porque no primeiro jogo fiz uma defesa que nem eu mesmo acreditei. O chute forte veio no canto, na altura da cintura e eu voei e espalmei a bola para escanteio, todos ficaram eufóricos com a defesa e percebi que aquilo era legal. 
Na época, adolescente, a rivalidade com os outros moleques de onde eu tinha sítio era natural e logo dois grupos se formaram. O time vermelho e o time azul. Rivalidade que durou anos... Por vezes ganhávamos, outras perdíamos e assim caminhavam os finais de semana e férias.
Eu sinto falta disso... Sinto falta daquela sensação gostosa de uma rivalidade sadia. De ficar atento aos chutes e pular e espalmar a bola, de pegar um penalti e as vezes fazer um golzinho. 
Faz muito tempo que não jogo, a última vez que chutei uma bola em direção ao gol eu ainda fazia faculdade. Que eu jogo no gol então faz muito mais tempo... E eu sinto falta!!!

domingo, 22 de abril de 2012

LUIZ AYRÃO, CIDADÃO PAULISTANO - VIDEORREPORTAGEM

Luiz Ayrão durante cerimônia na
Câmara dos vereadors de SP.
Ser reconhecido na sua área de atuação é sempre importante e gratificante. Reconhecer o trabalho das pessoas, a luta delas, a entrega diante do seu objetivo é inspirador para aqueles que seguem. 
Quando recebi o convite do meu amigo Dimitri para fazer a cobertura da entrega do título de Cidadão Paulistano para o cantor Luiz Ayrão não pensei duas vezes. Quem levou a proposta de homenagem na Câmara foi o vereador Gilberto Natalini.
Conheci o cantor também por intermédio do Dimitri que é assessor dele, na ocasião gravei uma matéria sobre música e ditadura aqui para o Mural (clique aqui). 
Nos reencontramos na semana passada para esse importante momento na carreira já tão consagrada dele. Foi interessante e ainda uma oportunidade de desenvolver um outro projeto pessoal que teve seus primeiros passos nesse mesmo momento. 
Junto com minha amiga Milla Linhares, com quem divido a autoria dessa videorreportagem, fizemos as primeiras imagens para uma ideia que em breve divulgo com mais detalhes por aqui. 
Abaixo a videorreportagem com esse momento especial do cantor Luiz Ayrão.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

CRATER FACE

As vezes algo pode parecer impossível, barreiras podem parecer intransponíveis. Mas nada como uma ajuda, uma mão e alguém que se sacrifique para tentar mudar essas coisas. 
Apesar de ter dois lados, nós apenas enxergamos uma das faces da Lua.
Para animar o final de semana com feriado no sábado e que promete ser chuvoso em São Paulo esse vídeo bem simpático!!

quinta-feira, 19 de abril de 2012

AS CAUSAS URGENTES

Hoje é o Dia de Santo Expedito, um dos santos mais populares da Igreja Católica principalmente pela atribuição de atender aos fieis que necessitam de resoluções urgentes, imediatas para os seus problemas. As igrejas espalhadas pelo mundo todo ficam lotadas de pedidos que necessitem de uma ação celestial mais rápida.
Ele é uma daqueles santos conhecidos como os santos da crise, quando a pessoa está em uma situação mais caótica, desesperada e precisando daquele amparo para que tenha seus problemas ou dúvidas resolvidas.
Estava vendo agora cedo uma matéria sobre o dia do santo e fiquei pensando. A quem recorremos quando não sabemos uma resposta, quando precisamos remover uma dúvida, quando um problema surge na nossa frente e precisamos de mais informações? O santo das causas urgentes é o Google. 
O Google então é o Santo Expedito da tecnologia, da web, do mundo conectado. Ele nos dá a resposta de tudo. Problemas de saúde, questões de trabalho, ele até te mostra onde arrumar um amor...
Do jeito que as coisas andam não acho muito difícil começar a ver pendurado em postes e portas de casas "Obrigado Google pela resposta encontrada". 

PS: Pelo amor de Deus hein gente é só um texto, nada contra o Santo Expedito...

quarta-feira, 18 de abril de 2012

É TUDO ISSO, SÓ QUE AO CONTRÁRIO

Sei lá, entende? As vezes a gente se sente assim. A vida é cheia de artimanhas, de bifurcações, de roletas russas e uma infinidade de armadilhas preparadas para nos pegar.
Apesar de parecer uma grande sacana, a vida é um tremendo barato por causa disso. Não seria meio chato se tudo desse certo, se todas as coisas estivessem no lugar e se cada passo programado fosse simplesmente dado sem a dúvida do próximo?
Essa coisa de vida roda gigante, onde em um momento subimos e no outro descemos também não tem graça. Ela se parece muito mais com uma corredeira de um rio bravo. Você rema rema rema para um lado mas a água pode te levar pra outro. Você acha que a corredeira vai ficar tranquila e lá vem uma grande cachoeira e por aí vai. As vezes o bote vira, as vezes tem mais gente remando com a gente, em outras nos vemos sozinhos em um caiaque. O mais legal é quando perdemos bote, caiaque e nos vemos descendo as cataratas num barril. 
É por essas e por outras que a vida é surpreendente. Não sabemos o que vem depois da curva, não sabemos se remar pra valer vai fazer a gente chegar lá, onde quer que seja esse lá. Porém chegaremos em algum lugar. 
Por incrível que pareça esse texto não é uma lamentação, muito pelo contrário (por isso o título). Estou achando esse momento da minha vida profissional bem curioso porque tinham alguns objetivos que estavam difíceis de atingir, alguns projetos complicados para saírem do papel e do nada os nós se desfazem e naturalmente as coisas vão fluindo. 
O mais legal também é ver como os cursos da vida nos levam em direções interessantes, fazem nos associar com pessoas que até então não imaginávamos. E assim vamos vivendo, as coisas acontecendo da forma como pensamos, mas ao contrário. 

terça-feira, 17 de abril de 2012

O OLHAR SOBRE O OLHAR

Era 2002, minha amiga de faculdade Juliana Varella estava grávida e começamos a ter aulas de fotografia, era o terceiro ano do curso de jornalismo. A máquina era uma Pentax toda estilosa, um pouco usada, mas muito legal. Um dos exercícios passados pela professora Heloísa Bortz consistia em saírmos pelas ruas próximas a faculdade fazendo fotografias do cotidiano. 
Estávamos em dupla e então fiz a Juliana de cobaia tirando várias fotos da gravidez dela. As fotos ficaram bem legais, também fomos até uma floricultura e ficamos viajando por lá. Aquele foi um ano muito bacana e aprendi bastante. Ensinamentos que estão vivos até hoje. 
Depois de muito tempo voltei a utilizar um equipamento de fotografia profissional. Claro que tecnologicamente bem diferente daquele que utilizei, mas a essência toda continua lá e principalmente o olhar não se perdeu. Vale dizer também, que mesmo trabalhando 12 anos em televisão a fotografia sempre se fez presente porque ela é a base da imagem. Amo imagem em movimento e imagem estática!!!
Assim como utilizei minha amiga Juliana lá nos primeiros passos da minha vida universitária e profissional, nesse momento de reencontro com esse prazer de fotografar fui me "aproveitar" de uma grande amiga que conheci faz uma ano, a Milla Linhares. (aliás tenho um texto sobre amizade escrito mas ainda não publicado, devo subir esse semana aqui para o blog). 
Ela é bonita, sorridente e topou entrar na onda do Antena. A primeira sessão que fiz com ela não tinha utilizado ainda a T2i da Canon. Mas nesse segundo momento pudemos explorar um pouco mais com esse equipamento melhor. O resultado ficou bem legal e fiz uma montagem com algumas dessas fotos. 
Ela fez um post bem interessante falando sobre fotografia lá no blog dela, o "Viajando com a Milla" e publicou esse slideshow com as fotos. 

segunda-feira, 16 de abril de 2012

SOLTANDO A VOZ

Não, eu não vou começar a cantar. Longe disso porque afinação não é nem de perto uma qualidade sonora deste jornalista. Mas fazer uma boa locução, não sendo nem um pouco modesto, isso eu até que faço bem.
Sempre trabalhei com a voz, é uma das minhas principais ferramentas de trabalho. Tento cuidar dela, mas sei que não sou muito rigoroso nesses cuidados. Quando uma gripe aparece, uma dor de garganta começa a incomodar bate aquele desespero.
Estou falando sobre a voz porque hoje é o Dia Mundia da Voz. É muito importante ficar ligado nos cuidados necessários para a boa saúde da voz. Não só quem trabalha com ela, mas todo mundo deve ficar atento. 
A Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia está realizando a campanha "Seja amigo da sua voz". Uma forma de conscientizar as pessoas sobre a import6ancia dos cuidados com a voz. Para mais detalhes clique aqui
A dica está dada, lá tem várias informações sobre como cuidar melhor da nossa voz!!!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

UM BEIJO É SEMPRE UM BEIJO

Apesar de já ter escrito sobre o dia do beijo no ano passado e achar que o assunto está esgotado, eu não poderia deixar a sexta-feira 13 terminar com um post trágico como o anterior. Por isso prefiro voltar a esse assunto que é mais agradável.
Sim é o dia do beijo, daquele ato tão gostoso e com os mais diferentes significados possíveis. O beijo é marcante, faz parte da vida, é quase que a porta de entrada das relações e o principal termômetro de como elas andam. 
As vezes beijamos muito, outras vezes eles se tornam raros, mas cada beijo é como o encontro de uma pedra preciosa no garimpo. É um tesouro, um sinal de carinho, é a chave de ignição para o sexo e a lenha na fornalha de sentimentos.
O beijo está ligado fisicamente a boca, pelo menos uma. O encontro entre lábios é que torna o ato muito interessante. Beijar com a boca é fácil, mas quando o beijo é com o coração o mundo gira, a lua brilha e o corpo reage.
Um beijo é sempre um beijo como diz a canção "As time goes bye" do filme Casablanca. Os lábios seduzem, te provocam, te chamam e quando grudam nos seus, por mais fria que seja a relação e o sentimento, aquele momento, aquele instante que pode durar frações ou uma vida toda, pode ser umas das traduções do que pode ser o amor. 
Uma vez eu li uma frase interessante, não sei de quem é, que diz: "Para que glorificar a beleza dos olhos, se eles se fecham a medida que os lábios se tocam".

A REALIDADE NA SEXTA-FEIRA 13

Essa coisa de sexta-feira 13 sempre chama muito atenção. O clima de tensão fica no ar porque muita gente acredita mesmo na maldição desse número, na carga negativa que ele carrega. Nos EUA isso é muito forte, tendo prédios que não tem o décimo terceiro andar e assim por diante. 
O cinema então abusa dessa data para levar o terror ao seu mais extremo sentido. A chuva de filmes que utilizam esse artifício é enorme e hoje certamente muitas emissoras vão desfilar o seu cardápio de terror para os telespectadores.
Porém uma notícia atualizada hoje choca e deixa a sexta-feira 13 com cara mórbida e macabra de verdade. Nessa semana, em Garanhuns, três pessoas (duas mulheres e um homem) foram presos depois que descobriram no quintal deles o corpo de duas mulheres que estavam desaparecidas. Os corpos estavam esquartejados e o assassino revelou toda a crueldade em um livro. 
O detalhe sórdido até então é que eles se alimentavam das carnes das mulheres e serviam para uma criança. Eles faziam uma espécie de ritual macabro e diziam que isso purificava e tal. 
Hoje os fatos ganharam contornos ainda mais drásticos. A polícia suspeita que mais de 6 mulheres tenham sido vítimas do canibalismo. Ficou confirmado também que eles usavam as carnes para rechear salgados que eram vendidos na cidade. 
ISSO SIM É SEXTA-FEIRA 13.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

APERTE O BOTÃO VERMELHO

Sempre quando uma boa ideia surge vale a pena compartilhar, independende de onde ela aconteceu. Acho que boas ideias inspiram as pessoas e o processo criativo geral fica mais aflorado e então outras grandes coisas surgem. 
Hoje vi um vídeo de uma ação publicitaria que aconteceu na Bélgica. O canal TNT para lançar seu canal em HD fez um flash mob na cidade de Flamenga.
Um botão vermelho ficou no centro de uma praça com uma placa apontando dizendo "Push to add drama". Assim que as pessoas apertavam uma série de ações ocorriam transformando o local numa verdadeira cena de cinema. 
Muito boa a sacada dos caras e vale a pena assistir ao vídeo para ver essa ação.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

AME ONDE VOCÊ VIVE

Gosto quando vejo um pedaço de linha e ao puxar vou desfiando o todo e descobrindo que essa linha é muito maior e me lava a lugares mais distantes. 
As coisas vão criando ligações e nos acertam de diversas formas. Ontem escrevi sobre Londres aqui no blog, fui olhar umas fotos que tirei lá e lembrei de muitas coisas. 
Mas hoje, vendo um vídeo me emocionei e fiquei pensando sobre o amor. O amor as pessoas, o amor sobre as coisas, sobre a vida, sobre onde vivemos. Não adianta amar a vida se não amamos onde vivemos.
Foi então que lembrei de um outro vídeo muito bonito, emocionante feito em Londres, pela rádio BBC que traz essa questão do amor pelo lugar onde vivemos ou escolhemos viver. 
Eu amo Londres, mas amo muito mais essa cidade maluca, cheia de problemas (muitos que poderiam ser resolvidos com mais amor pela cidade) e cheia de vida e emoção!!!
Veja o vídeo e ame mais o lugar onde mora, isso vai ajudar a melhorar esse lugar e vai nos fazer melhores também. 

terça-feira, 10 de abril de 2012

ORELHÃO COM INTERNET

Cabine com acesso a informações em Paris.
Não faz muito tempo que vi uma reportagem na TV onde a Telefônica justificava a retirada de alguns telefones públicos pela falta de uso. Era uma redução pequena mas que tendia a crescer cada vez mais. Lembro também que na época até chegaram a questionar o fim dos orelhões, mas ficou bem claro que isso não era possível.
Nesta segunda vi uma notícia de que cabines telefônicas em Nova Iorque iriam receber telas sensíveis a toque e internet. Muito interessante e uma adaptação natural as transformações tecnológicas que estamos enfrentando.  
Claro que aqui no brasil isso ainda vai levar tempo, acho que o problema nem é tanto com relação aos gastos para implantar, mas sim os gastos com manutenção referentes ao vandalismo. Precisamos primeiro de pessoas mais educadas. Mas essa é outra questão. Achei bacana a ideia, já que você pode checar seu e-mail na rua, mandar mensagens, trocar informações e dados de onde você estiver na rua. 
Foi então que lembrei de outra coisa. Estive em Londres em 2005, portanto já se foram quase 7 anos de quando me deparei com uma coisa na rua que achei extremamente sensacional. Haviam cabines e pontos espalhados em locais públicos com um terminal que continha um teclado e uma tela. Parecia um "Pense Bem" (lembra daquele brinquedo?). 
Era só colocar uma moeda de 1 pound e você tinha um tempo de acesso a internet. Cheguei a mandar alguns e-mails de lá para a minha família... Isso foi em 2005... Alguém que tenha ido a Londres depois disso pode dizer se isso ainda continua? Não encontrei nada sobre isso no Google, eu até tinha tirado fotos disso, mas não to achando. Sei também que em Paris há um serviço semelhante ao que será implantado em NY, porem só dá acesso apara informações básicas.
Bom, a questão é: em tempos de internet, redes sociais, comunicação online, seria interessante um investimento desses, além de sinais de wi fi abertos pela cidade? Alguns aeroportos brasileiros vão começar a abrir o sinal de internet nas salas de embarque, um ótimo primeiro passo. 
Será que conseguiremos ter esses orelhões conectados em breve por aqui?

segunda-feira, 9 de abril de 2012

OS CABELOS CURTOS DE ANNE HATHAWAY

Que cara de sono. Esse cabelo não ficou legal. 
Oh Anne, não faz isso comigo não!!! Eu gosto com mulheres que cortam o cabelo curto, mas depende da mulher e também de como isso combina com ela. 
Minha ex-namorada (não é a Anne Hathaway, mas até que era Anne de certa forma) tinha longos cabelos, porém a conheci com cabelos bem curtos e era super charmosa, ficava muito bem nela. Também gostava dela com cabelos compridos, ficava bom de todos os jeitos, mas grande parte dos 3 anos de namoro ela ostentou cabelos bem curtos e estilosos. Arrepiava, fazia penteados diferentes, não era simplesmente curto.
Tenho amigas que já cometeram essa loucura que é para muitas mulheres radicalizar o visual dos cabelos. Com algumas deu certo, no começo sempre estranha um pouco mas nos acostumamos. Mas com outras amigas não deu certo mesmo. Não combinou, ficou estranho e a pessoa que era bonita ficou feia. 
Não sei bem o que é, se é o formato do rosto, se é o conjunto da obra mas visualmente nem sempre dá certo. Precisa ter muita coragem mesmo ou fazer porque há uma necessidade profissional.
Então neste ponto voltamos a minha eterna paixão Anne Hathaway. Ela já cortou os cabelos curtos em outra oportunidade (foto abaixo) e ficou bem interessante. Foi para um filme em 2010 e eu gostei. 
Agora ela vai fazer um novo filme e para isso precisou cortar os cabelos bem curtos novamente. Só que dessa vez o corte ficou um desastre (foto ao lado) e a foto também não ajuda. Porém  o que temos por enquanto são essas duas fotos e é notável o quanto não ficou legal. 



sábado, 7 de abril de 2012

DIA DO JORNALISTA

Hoje é o Dia do Jornalista, nada mais oportuno do que no meio de um feriado. Normalmente esse tipo de data é cruel com quem escolhe a profissão. Feriado, aniversário, final de semana. Pra quem está afim de embarcar na área vá se desapegando porque uma hora ou outra você será pego pelos plantões.
No começo da minha carreira dei muita sorte por trabalhar em um veículo mais tranquilo, sem muita pauleira... Por isso essa coisa de final de semana e plantão era meio que lenda, ouvia meus colegas falarem e sofrerem mas eu passava na boa ileso. Durou um certo tempo até eu ser pego.
Fazer o que? São os ossos do ofício. Ofício que escolhi sem a menor sombra de dúvidas muito antes de chegar a época de decidir qual faculdade cursar. Desde adolescente já ia me familiarizando com coisas do gênero, gostava de assistir telejornais, comentar os fatos, escrever, ler... Deu no que deu!!!
Acho muito legal também, de certa forma, surfar um pouco nessas novas ondas que vão surgindo e com isso fazem o barco da nossa profissão navegar sem um rumo muito definido. É muito melhor que o barco navegue meio que sem rumo do que finquem uma âncora em um ponto qualquer e de lá não saiam de jeito nenhum. 
Assim vamos descobrindo juntos muitas coisas, acertando em alguns momentos, errando em outros, experimentando, tendo alegrias, decepções, conhecendo novas possibilidades... Na essência o jornalismo nunca vai mudar, seus pilares sempre serão os mesmos, mas ele tem que se adaptar, se moldar conforme a tecnologia e evolução das pessoas e dessa forma seguir em frente. 
Parabéns a todos nós jornalistas!!! 
Reproduzo abaixo uma bela sacado do Blog Desilusões Perdidas sobre o dia do jornalista.


quinta-feira, 5 de abril de 2012

ÓCULOS COM REALIDADE AUMENTADA

Os óculos são bonitos (Foto: divulgação Google)
Eu já tinha visto alguns protótipos do tipo em vários vídeos espalhados pela web, mas dessa vez parece que a coisa é bem séria mesmo. O Google divulgou as primeiras fotos e simulações de uso dos primeiros óculos com realidade aumentada e até acesso à web.
Eu sempre achei o máximo esse tipo de coisa, meio que vamos nos transformar em Robocops ou exterminadores do futuro. Imagine a cena, olhar para alguém e acessar o facebook, fazer video chamadas, ver rotas, previsão do tempo apenas com o comando da voz e sem precisar de aparelhos extras, basta apenas olhar.
A novidade por enquanto está sendo chamada de Project Glass e não tem previsão de quando vai chegar ao mercado, porém os desenvolvedores da tecnologia vão testar os óculos nas ruas ainda este ano. Muita gente que não usa óculos vai quere ostentar a peça num futuro (nem sei se distante). 
Vendo o vídeo divulgado (abaixo) só fiquei pensando em uma coisa. Tudo é muito legal e tal, mas com tanta informação diante dos olhos vai ficar difícil fazer qualquer outra coisa, até caminhar pelas ruas, é muita distração. Com uma hora usando esses óculos andando por São Paulo eu certamente seria atropelado. mas só usando para saber...

quarta-feira, 4 de abril de 2012

ESSE PASSOU PERTO

Eu tenho uma verdadeira paixão por aviões. Gosto muito mesmo, sou fascinado por essa coisa de voar. Também gosto bastante de praias... Portanto um lugar que preciso conhecer no mundo é a Ilha de Saint Martin, fica no Caribe e tem um dos aeroportos mais malucos do mundo.
Eu já escrevi sobre ele aqui, eu acho, se não escrevi cometi um sacrilégio nesses últimos 3 anos. Bom, resumindo a história porque o importante são as imagens, estou falando sobre esse lugar porque o fotógrafo austríaco Joseph Hoflehner fez fotos maravilhosas dessa praia e de outras também. Aqui no post você vê algumas, mas vale visitar o site dele (aqui) para ver mais. 
Abaixo também, depois das fotos um vídeo com um pouso nesse aeroporto.





terça-feira, 3 de abril de 2012

PARA NOSSA ALEGRIA

Sim "para nossa alegria" é mais um meme que não nos deixa menos inteligentes, mas diverte bastante. Eu acho o máximo como alguns memes explodem de um dia para o outro e caem na boca de todo mundo e depois ganham a mídia tradicional até serem esquecidos e substituídos por um novo meme ou assunto.
Caso do "para nossa alegria" que já está a praticamente duas semanas rodando pelas redes sociais, virando piadinhas em várias situações e sendo explorado por programas de TV e espertinhos de plantão.
Resolvi escrever sobre esse meme porque a cada dia aparecem novas paródias do vídeo. Umas bem sacadas e interpretadas e outras sem graça. Mas a verdade é que a música e o grito já viraram bordão na boca de muita gente.
Abaixo você confere o vídeo original, caso ainda não tenha visto e algumas das paródias. A mais recente é com a turma dos Simpsons. Então para a nossa alegria: "para a nossa alegria". 



ORIGINAL - Mais de 13 milhões de visualizações no Youtube. 

PARÓDIA - Marcelo Adnet


SIMPSONS

segunda-feira, 2 de abril de 2012

PÂNICO NA BAND

Eu não ia falar nada sobre o programa mas resolvi dedicar algumas linhas para a estreia do programa na Band.
Sei que existe aqueles que amam, aqueles que odeiam e aqueles que não fazem ideia do que seja. Eu já amei, eu já odiei, já fiquei muito tempo sem assistir e posso dizer que atualmente acho algumas sacadas ótimas e outras totalmente equivocadas. 
Uma coisa é certa, a Band fez o melhor negócio dos últimos tempos, posso até dizer que pode ter sido o melhor investimento do canal das últimas décadas. Um ótimo investimento porque vai trazer para a emissora muita grana (todas as cotas foram vendidas por valores altíssimos) e também audiência (a estreia deste domingo somou 11 pontos e foi 9 vezes maior do que a audiência registrada na semana anterior no mesmo horário). Uma marca muita elevada para o padrão de audiência registrado normalmente pela emissora da família Saad. 
Apesar de anunciar mudanças e novidades a maioria das atrações segue a linha que eles já utilizavam na RedeTV!. Como sempre digo, o maior humorista do programa é a edição. Os editores do programa salvam muito do que é feito e isso é um mérito do programa. Vale destacar também o humorista Carioca que fez uma imitação perfeita do jornalista Bóris Casoy.
De resto alguns excessos, piadas de mau gosto, apelações naturais e que são marca do programa, eles são assim e pronto. Quem se deu bem foi a Band que deve estar feliz da vida com o retorno imediato do alto investimento.

domingo, 1 de abril de 2012

PLANTÃO MÉDICO

No centro cirúrgico do CECMI
Hoje é o dia da mentira mas foi ontem que eu estava caracterizado como um verdadeiro doutor. Não era fantasia de carnaval ou muito menos alguma peça de teatro. Tudo ali era real, o centro cirúrgico, os instrumentos, os enfermeiros, os médicos, o pouco sangue e as técnicas mais modernas de cirurgia.
Eu era o intruso, eu e minha câmera registrando cada momento para a divulgação desse trabalho muito interessante e de avanço tecnológico e também da medicina. 
Apesar de tudo, quando contamos para as pessoas elas acham mentira certas evoluções. Como um médico pode operar uma pessoa apenas fazendo uma pequena incisão na pele? Como ele consegue enxergar por dentro da pessoa sem abri-la? Mas é assim, não em todos os casos claro, mas em muitos deles. 
Acompanhei duas cirurgias ontem. Não são as primeiras e sei que não serão as últimas. Já gravei até aula de anatomia incluindo os detalhes que seriam mais nojentos numa ocasião como essa.  Voltando as cirurgias de ontem, praticamente não vi sangue. 
Em pouco mais de 10 minutos tudo estava feito. Menos de uma hora a paciente já conversava normalmente no ambiente de recuperação. 
Por isso gosto da minha profissão. Por causa dela consigo estar locais tão diferentes e tão interessantes. Um dia é centro cirúrgico, no outro nos bastidores de um mega show.. E a cada dia uma nova surpresa, um novo lugar, novas descobertas e mais e mais pessoas...

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO