terça-feira, 30 de abril de 2013

UM PALCO DE LEMBRANÇAS

Tem muitos lugares nesse mundo afora que me trazem boas recordações. Algumas amorosas, outras profissionais. Umas de criança, outras de alegria... Enfim, posso aqui enumerar vários pontos por essa cidade, por esse país e por esse mundo que tem significados mil na minha vida.

Poucos desses lugares tem uma significado tão forte quanto o palco do teatro do Colégio de Santa Inês. São inúmeros motivos, seja pelas peças que apresentamos e ensaiamos por lá, seja pelos amigos, pelas risadas, por tantas coisas que por lá aconteceram...

Aquele teatro foi palco de grandes momentos e que de forma muito importante ajudaram a formar o profissional que aqui escreve hoje. Não, não virei ator, longe disso. Porém o gosto e a desenvoltura que aqueles momentos me trouxeram foram vitais para que eu conseguisse encarar minha profissão e o peso de trabalhar na TV.

Na noite desta segunda-feira voltei a entrar nesse auditório que foi tão importante não só na minha vida, mas com certeza na vida de muitos amigos, colegas, professores... Ele foi reinaugurado depois de uma reforma que modernizou as instalações, deixou adequado as exigências da modernidade mas não perdeu as características que eram tão peculiares.

O espaço recebeu o nome de Irmã Edmea Battaglia. Homenagem a professora e religiosa que tanto fez parte da formação de milhares de pessoas. Foi minha professora de várias matérias, entre elas Latim. Por uma feliz coincidência realizei uma entrevista com ela no ano passado para o Personas e essa entrevista foi exibida nesta homenagem que aconteceu ontem.

Foi engraçado porque depois de mais de 13 anos eu voltei para aquele palco representado pelo meu trabalho. Foi bom sentir aquela sensação. Ver nos olhos dos alunos que se apresentaram a mesma sensação que tive quando passei pela mesma situação.

Parabéns a Irmã Edmea pelos 90 anos completados recentemente e pela merecida homenagem. Abaixo o vídeo com a entrevista que realizamos com ela.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

O MURO DE VIDRO

Tem coisas que não consigo entender, uma dessas coisas eu observava desde os tempos áureos do twitter e agora tenho visto muito no Instagram. 

A proximidade com as "celebridades" foi algo interessante e que em muitos casos deixou essa relação de fãs e ídolos muito mais próxima. De qualquer forma, ainda sim é uma proximidade controlada, com uma barreira de vidro entre as partes.

É bem isso mesmo, antes nós não conseguíamos olhar o que rolava do lado de lá do "Olimpo". Havia um muro, quase sempre intransponível entre famosos e seus fãs. Hoje, como disse, em muitos casos esse muro é de vidro. 

Temos mais acesso, e uma pseudo ligação com essas pessoas. Faz um bom tempo que não uso o twitter como antigamente, mudou muito, a coisa perdeu um pouco a graça, mas mesmo assim é possível ver pessoas tentando forçar uma relação com as pessoas que idolatram.

Resolvi escrever porque vi no Instagram várias situações dessas. Sigo várias pessoas famosas. Algumas que eu conheço mesmo, de gravação e até de amizade. Outras que não conheço mas por causa do trabalho é bom seguir e algumas por gostar e admirar também. 

A grande maioria dos comentários que se vê nas fotos desses famosos é: porque você não me segue de volta? Estou te seguindo, me segue. Você não vai me seguir, fiquei chateado. Sou seu fã, me segue. 

Caramba, as pessoas não perceberam pra que serve a ferramenta? Elas acham que todo famoso vai seguir seus fãs de volta? Já pensou o caos pra atriz seguir milhares de fãs e assim vai. É até surreal muitas coisas que a gente vê escrita. 

Na verdade muita gente não entende mesmo o uso de tais ferramentas. Ouvi muito na época de twitter e ouço muito com meu blog a "chantagem" do tipo. Vou curtir sua fanpage e você curte a minha. 

Não, vou curtir sua fanpage se eu curtir mesmo. se eu gostar do trabalho. Se é assim comigo e com o blog, fico com pena dos famosos e essa falsa sensação de proximidade que foi criada pelo muro de vidro. 

quinta-feira, 25 de abril de 2013

FALA MUITO

O título do post ia ser "Parla", mas me lembrei que em algum momento na história deste blog já usei tanto o título quanto uma imagem da escultura que me veio a cabeça. Será mesmo? Agora fiquei na dúvida, mas estou com preguiça de pesquisar. Quero falar.

Fui buscar então a famosa frase do Tite, técnico do meu time, para manchetar esse post. Quero falar. Sobre o que eu não sei. Na verdade eu sei...

Eu falo muito. Ponto. Quem me conhece sabe que quando engreno me segura. Fico sempre me policiando em palestras, debates ou reuniões pra não monopolizar a coisa e sair tagarelando pelos quatro cantos. Gosto de falar daquilo que faço, das coisas que gosto, do que me move diariamente.

Gosto de jogar conversa fora, de falar bobagem, de rir de coisas tolas... gosto de falar coisa séria, de discutir problemas, de encontrar soluções, de debater ideias. 

Falar é muito bom e para isso é fundamental ouvir também. Não é a toa que escolhi essa profissão, que escolhi essa área do conhecimento e tal. 

Porém, no meio de tudo isso tem o silêncio. o momento onde as palavras não chegam, onde o vácuo sonoro é mais barulhento do que uma torcida em estádio de futebol. Não adianta só falar. Falar não é um ato solitário, não é uma ação isolada. 

O silêncio me incomoda. Ponto. Apesar de saber quando ele é necessário e também da importância dele  para muitos momentos. Mas ele me incomoda. Outro ponto. O barulho que o silêncio tem feito ultimamente está me deixando surdo, pior, mudo. 

Preciso falar mais para não desaprender. Ponto final? Não, agora preciso de vírgula para continuar falando, é só um respiro. 

quarta-feira, 24 de abril de 2013

ENSAIO FOTOGRÁFICO - GRAVIDEZ


Estamos a todo vapor com a produtora. Muitas coisas legais rolando e sempre que pintam essas coisas vou divulgar aqui também.


Estamos implementando as coisas aos poucos para que tudo possa ser feito com a melhor qualidade possível. Recentemente começamos a investir nos books, mais precisamente em vídeobooks. A ideia é bem simples, fazemos as fotos onde e como você quiser e depois, montamos um vídeo com a temática adequada ao local, momento ou a ideia que você tiver.

Pode ser um ensaio de modelo, foto de criança, um casal que queira registrar um momento bacana, eventos, bastidores até um ensaio sensual.

Abaixo você vai conferir, além de algumas fotos, o vídeobook que fizemos para a Elaine, uma grávida que quis registrar a gravidez pouco tempo antes de dar a luz. As fotos e o vídeo ainda foram usados para decorar o chá de bebê. Ficou muito legal!!!

Fica a dica então. Se tiver uma ideia de algo diferente, se quiser surpreender em algum momento com fotos e um vídeo legal não pense duas vezes. Tem o nosso contato lá no site da Amistie Vídeos e Produções.






segunda-feira, 22 de abril de 2013

HYPERLAPSE MUITO LEGAL COM O GOOGLE STREET VIEW

Nossa, fiquei meio fora do mundo esses dias. Um trabalho bem trabalhoso para ser redundante e uma gripe bem forte me fizeram sumir alguns dias. 

Um sumiço presente, digamos assim, estava aqui diante do computador, vendo as notícias passarem mas amarrado em um trabalho meio complexo e que dependia de muita concentração, ainda mais aliado a gripe que já deixa a gente meio xarope.

No meio de tantas coisas vi um vídeo muito bacana que mostra o trabalho de uma agencia canadense. os caras muito criativos usaram o google street view para produzir um Hyperlapse. 

Ok, não sei se vou conseguir ser didático na explicação do que é isso. Mas sendo bem raso é a mistura do timelapse com a câmera em movimento. Não sabe o que é timelapse clique aqui

O legal que os caras pegaram várias imagens do google stret view e fizeram uma edição muito legal que você confere abaixo. 


Google Street View Hyperlapse from Teehan+Lax Labs on Vimeo.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

QUALIDADE DE VIDA E A OBESIDADE

Uma das coisas que amo no jornalismo é a possibilidade de mergulhar em assuntos e histórias que muito provavelmente em outra profissão não teríamos essa oportunidade.

Fazendo reportagens ou vídeos para os clientes da produtora acabo entrando em muitos universos, conhecendo várias realidades, indo aos extremos.

A Amistie Vídeos e Produções está fazendo vídeos para a série "Mudei meus hábitos com Orbera. Mude você também", do Sistema Orbera de emagrecimento. Nesses vídeos trazemos depoimentos de pessoas que utilizaram o método e o balão intragástrico para perder peso e mudar a vida.

Só vendo de perto para ter ideia do quanto as pessoas mudaram. Hoje mesmo gravamos mais um depoimento que será divulgado em breve. Porém o primeiro vídeo da série já tá no ar e você confere abaixo.

A primeira história é a da Hosana do Nascimento, que perdeu mais de 50 kg e teve uma mudança radical na vida. 

quarta-feira, 17 de abril de 2013

MEA CULPA - DESCONECTANDO PARA CONECTAR

Acabei de ver um post no Facebook e o vídeo (que você confere abaixo) me fez pensar. Não é a primeira vez que penso nisso, até pelos alertas que sempre aparecem, mas o quanto perdemos muitas vezes dos momentos "reais" para ficar checando o mundo virtual.

Eu tento me controlar mas quando percebo estou sendo controlado. Sabe aquela coisa de querer checar, de querer saber, ver se está tudo em ordem, se o mundo está no lugar, se não tem uma notícia nova, se não chegou aquele e-mail, se curtiram sua foto, se alguém te chamou pra conversar... Claro que são coisas que tem sua importância, mas nenhuma delas é mais importante do que aquilo que está diante de você.

Eu já fui pior, principalmente quando comprei um celular melhor e que me possibilita essa interação e prisão maior. Hoje já melhorei e me pego bem menos nessas perdas momentâneas de lugar e espaço.
Sim, nós deixamos de estar presentes e naquele tempo quando mergulhamos nas telas e teclados para saciar os desejos e se prender ainda mais a coisas e fatores externos esquecemos de quem está ali de carne e osso.

Missing time é um termo usado por hipnólogos que registram casos de abdução extraterrestre (já gravei sobre tudo nessa vida). Ele se refere à aquele período onde a pessoa não se lembra de nada, aquele vazio total de memória. O celular faz isso conosco, temos vários missing time durante o dia.

A tecnologia é importante, ela me auxilia muito, tem parte fundamental naquilo que faço diariamente e luto para que ela não me domine. Ela ganhou vários rounds, mas estou virando o jogo. 

segunda-feira, 15 de abril de 2013

OS BENEFÍCIOS DA ZUMBA

Até pouco tempo eu não fazia ideia do que era Zumba. Foi quando em uma das gravações lá na Fluyr Saudável, a Dra. Flávia Schultz me falou que tínhamos que fazer um videocast sobre a dança que estava sendo implementada na clínica.

Fui dar uma pesquisada, pelo nome na minha cabeça eu achava que era algo vindo da África, mas estava completamente errado. A Zumba nasceu na Colômbia por acaso com o Beto Perez. A dança é uma espécie de ginástica festiva.

Gravamos então as aulas que acontecem na clínica. O grande diferencial e o que fez a Fluyr se tornar umas das pioneiras foi a adaptação dessa dança para o complemento de alguns tratamentos da fisioterapia. É muito interessante ver que não há restrição para idade. No vídeo abaixo você vai ver exemplos de pessoas que começaram a fazer as aulas e estão adorando.

Abaixo você confere mais esse videocast feito pela produtora Amistie Vídeos e Produções.

sábado, 13 de abril de 2013

UM BEIJO

Hoje é o dia do beijo. Volto a escrever depois de alguns dias ausente do blog por causa da correria profissional. Foram orçamentos, gravações, reuniões, encontros, correria e dias bem interessantes.

Toda essa efervecencia profissional, aliada a uma dose de novidades na vida pessoal nos fazem entrar em um outro astral. Sabe aquela vontade de beijar em todos os sentidos. O beijo de agradecimento, o beijo de gratidão, o beijo de paixão...

O beijo em todos esses sentidos é bom e faz bem. Beijar é um santo remédio. O beijo tem uma grande importância na minha vida profissional. Logo no meu início de carreira, quando comecei a atuar como repórter recebi uma missão: fazer uma grande reportagem, um programa inteiro sobre o Beijo.

Foi um desafio, primeiro pela minha inexperiência, depois pelo assunto que tinha muitas formas de ser abordado. Foram vários especialistas, pessoas, imagens, trechos de filmes utilizados na realização da matéria.

A repercussão, mesmo para o modestíssimo Canal Universitário, foi impressionate. Foram e-mails, contatos, muita gente falando sobre a matéria, o que me deixou feliz e com crédito para seguir fazendo essas grandes matérias (que eu adorava e morro de saudades).

É inevitável lembrar de beijos que aconteceram durante a vida. Alguns inesquecíveis, pelas pessoas, pelos momentos, pela sensação. O bom é saber que sempre vem mais, o inesperado, o conquistado, o chorado, o roubado... 

Um beijo!!!

quarta-feira, 10 de abril de 2013

QUER GUERRA?


Sabe aquele ditado "quando um não quer, dois não brigam"? Então, na verdade não funciona bem assim, porque esse "um" que quer brigar vai provocar até o outro perder a paciência e a guerra acontecer.
No caso de Coreia do norte, Coreia do Sul e EUA, não dá muita pra saber quem é o "um" que quer briga. Os três dizem que não querem, mas agem como se estivessem babando por ela. Sem contar os outros que ficam no entorno só botando pilha. Claro que tem a turma do deixa disso que está literalmente se borrando de medo dos norte-coreanos mandarem chuvas de mísseis.

No Japão o centro de Tóquio está tomado por canhões de defesa. Nos EUA o alerta está elevado e a atenção redobrada. Na Coreia do Sul então nem se fala. 

Os EUA mantém a postura do que não quer mas fazendo figas e torcendo pra guerra começar. Normalmente são os que mais lucram com todo esse chumbo cruzado. 

Enquanto o clima era apenas de rusgas a coisa ainda era fácil de contornar, mas pelo que se tem visto a coisa tá feia. Isso vai dar merda. 

Conforme os anos vão passando essa ideia de guerra vai se alterando. Imaginar homens em trincheiras é  uma bobagem. O negócio é nuclear, atômico, arrasador e em grandes escalas. A destruição não fica dentro das fronteiras, ela pode ganhar o mundo todo. 

Outro dia li uma declaração desses doidos varridos dizendo que o país tinha quantidade suficiente de armamento nuclear para destruir o mundo algumas vezes. OI????? Como assim??? A ideia então é ter uma arma que destrua o inimigo, os aliados, você e o planeta inteiro. É um ataque suicida global. 

Onde isso vai parar eu não sei. Mas que eles estão loucos pra fazer bobagem estão. Dependendo do tipo de bobagem não vai dar pra ninguém tentar fugir. 


terça-feira, 9 de abril de 2013

NOTÍCIA VELHA NÃO VALE

Notícia é notícia assim como os alimentos que consumimos é perecível. O tempo é implacável e se não consumida dentro do prazo de validade é bom jogar fora ou quem sabe usar como adubo.

Como escrevi em um dos primeiros posts desse blog, piscou perdeu. Com a velocidade das coisas, tudo com prazo de validade cada vez menor, consuma na hora, tem que ser pra já, não seria diferente com a notícia. 

Estava pensando nisso porque no domingo ia escrever algo sobre o dia do jornalista. Foi interessante porque muita gente mandou parabéns, alguns falaram sobre a importancia do trabalho, outros ressaltaram o amor por aquilo que fazemos. 

Justamente por estar produzindo não consegui escrever. Passou o dia, mas queria não só agradecer mas dizer também que é muito bom fazer aquilo que a gente ama, ao lado das pessoas que amam também. Seja no jornalismo ou em qualquer profissão isso é muito importante.

Estou atrasado dois dias já. Vale o registro apesar da notícia, do fato já ter apodrecido, igual aquela banana esquecida na fruteira. 

Hora de ir novamente na feira comprar frutas novas, trazer notícias frescas para o dia. Olha que não falta oferta, a safra tem sido grande ultimamente. Vamos selecionando os alimentos que nos interessam para fazer o cardápio da vez.

Ah, antes que eu me esqueçam obrigado pelas palavras e por acompanhar meu trabalho em todas as plataformas e mídias que estou envolvido.


sábado, 6 de abril de 2013

EARTH FROM ORBIT

Eu sou um apaixonado pelas imagens que sempre são divulgadas pela NASA. Alias tem muita coisa legal no canal do youtube deles.

Um desses vídeos foi feito ano passado e mostra a orbita do nosso planeta e alguns gráficos como de calor, por exemplo.

Nosso planeta é algo tão incrível, tão perfeito, tão bonito. Pena que estamos acabando com ele. 

quinta-feira, 4 de abril de 2013

ONDE NASCE A INSPIRAÇÃO?

Bom, não preciso aqui ficar explicando sobre o ato de inspirar. Isso, estou falando do ar mesmo. Você inspira, o ar entra nos pulmões e daí pra frente já sabe a importância disso para que você esteja aí lendo esse post.

Baseado na importância desse fato parto para a outra inspiração. Aquela que me faz escrever, criar vídeos, produzir conteúdo. A força invisível, mas de fontes bem reais, que ajuda de forma vital a colocar essa "máquina" de criação em movimento. 

Momentos, situações, notícias, pessoas... Cada qual na sua ocasião vai trazendo esse bom "ar" para dentro de mim. Esse blog já teve inúmeras inspirações diferentes. 

As vezes sofro um pouco com falta de ar. É normal, nem sempre conseguirmos respirar no melhor lugar e ter a inspiração necessária.

Em outros momentos o problema não é externo, é interno mesmo. Sou eu, é a máquina que precisa melhorar a engrenagem, é o pulmão que está cansado ou fatigado. O ar não pode parar de entrar e a máquina não pode parar de produzir.

São nesses momentos que do nada vem um vento forte, quase sufocante, recheado de bons ares e que faz a máquina girar com força, o pulmão inflar até quase explodir. 

Mas Antena, e onde nasce a inspiração? Você vai gritar e perguntar. Não sei. Ela pode chegar de qualquer lado, assim como o ar que nos move, não vemos, não sabemos como ele surge. Ele simplesmente aparece do nada, assim como as coisas boas que me inspiram...  

terça-feira, 2 de abril de 2013

SOU MAIS UM NA MULTIDÃO

Não consigo pensar no título desse post sem ouvir a voz do Erasmo Carlos cantando "Sou mais um na multidão..." Mas o post não tem nada a ver com as canções do eterno parceiro do Roberto. 

Semana passada fiz uma palestra para alunos de comunicação. Em determinado momento, uma aluna do primeiro semestre lançou a pergunta. Como se destacar nesse mundo, na web sendo que existem milhões de pessoas fazendo, escrevendo, postando, criando...

Juro que a pergunta não saiu da minha cabeça ainda. Venho refletindo muito sobre isso. O que fazer? Qual a fórmula? Existe um caminho mais fácil ou menos arriscado?

Olha, se a resposta fosse simples e exata todos fariam sucesso. Lembrando sempre que sucesso é muito relativo. Tem milhões de visitas no seu blog nem sempre quer dizer que o seu conteúdo é satisfatório ou que você esteja feliz fazendo determinada coisa. 

Ao mesmo tempo postar pra 10 pessoas olharem não é lá muito empolgante e não vai te levar a lugar nenhum. Tudo vai do equilibrio daquilo que você espera do seu trabalho, se você realiza ele com plenitude, satisfação e se o resultado final te deixa feliz. 

Acho que quando atingimos essa equação temos uma boa perspectiva de trabalho bem feito e consequentemente o tal sucesso. A partir desse ponto e dessa boa vibração uma série de coisas vão te levando a conquistar mais e mais objetivos.

Nunca postei pensando no número de acessos, mas sempre pensando em atingir a pessoa que leu, fazer com que ela reflita, com que ela seja tocada de alguma forma. No personas, por exemplo, contamos histórias que mexem com as pessoas de formas diferentes. 

Ser mais um na multidão não é um problema. A multidão é a nossa fonte de inspiração e nada melhor do que estar no meio dela. Durante uma das entrevistas que demos no final da palestra falei para a aluna que me questionou sobre a importancia de ser repórter. 

Ser repórter é isso, estar no meio da multidão para sentir ela, para entender os movimentos dela, só assim podemos conhecer histórias, ouvir pessoas, descobrir coisas inusitadas e levar isso para a própria multidão. 

Só fazendo parte dela é possível se destacar, olhando de fora seremos apenas observadores e não mais um na multidão. 

segunda-feira, 1 de abril de 2013

O PODER DE VIAJAR

Nem sempre precisamos sair das nossas fronteiras para poder viajar. Isso é muito possível quando exercitamos nossa imaginação, quando criamos situações adequadas para fazer com que a mente saia dos limites conhecidos e ganhe o espaço em busca de uma infinidade de coisas, uma delas é a diversão. 

Nesse final de semana tive uma festa à fantasia, aniversário da minha amiga Queila. Gosto muito desse tipo de festa porque ela proporciona uma interação maior, um desprendimento de certas amarras e uma clara proposta de viajar mesmo.

A festa é um convite a não nos levarmos tão a sério o tempo todo, desfrutarmos de momentos de diversão sem ter medo de pagar mico, ficar engraçado, ser notado e notar os outros. Um dos momentos mais legais é o de escolher a fantasia.

Fomos numa loja muito bacana e que tem de tudo, tudo mesmo. Não fazia ideia que existia algo assim tão completo. Já fui em várias lojas comprar e alugar fantasia, mas essa é muito boa (clique aqui pra conhecer a loja). 

Minha escolha era para nem ser tão chamativa, mas acabou sendo (por causa da luz negra minha roupa branca ficou em destaque). Fui por algo que eu gosto, me lembra coisas da infância e daqueles sonhos que sabemos que nunca vamos realizar, mas na festa isso é possível. Peguei uma fantasia de astronauta. 
Foi bom poder viajar um pouquinho, até a Lua, mesmo sem sair do lugar!!!
Abaixo umas fotos da festa...
Astronauta
Com a aniversariante Queila
As fantasias estavam bem legais!!!
O bom que também conhecemos novas pessoas!!!
Local da festa!!

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO