quarta-feira, 2 de abril de 2014

O ESTUPRO E A IMBECILIDADE HUMANA

Pausa dramática. 

Pensei, repensei, me irritei, li muitas coisas e ouvi uma infinidade de outras. Pausa dramática. 

Juro, nem sei por onde começar e nem sei se vou terminar. Tem coisas nessa vida que a gente acha, apenas acha, que são anormalidades atípicas. Coisas que são o desvio da rota normal, onde no trilho principal a grande maioria está. Eis então que somos surpreendidos. 

Pesquisa divulgada na semana passada aponta "Para 65% mulher com roupa que mostra corpo merece ser atacada". Como assim? 

Me envergonho de homem que pensa assim, de mulher que pensa assim (e olha que tem mulher que pensa isso também). Me envergonho do ser humano que é capaz de aceitar isso como algo corriqueiro. O estupro é uma das coisas que mais me enoja. São marcas terríveis na vida das pessoas. Nesse ponto abro mais ainda o leque da discussão. Essas mesmas pessoas que falam isso sobre as roupas das mulheres dizem o que sobre crianças e até homens que também são violentados? No caso não imagino que a criança ou o homem estivessem vestindo aquilo que pudesse dar o aval para tal ato. 

O ser humano tem problema e olha que me dá uma vontade enorme de generalizar. Não é possível que alguém possa pensar isso. "Se a mulher soubesse se comportar haveria menos estupros" foi uma das afirmações com mais de 58% de concordância. Pausa dramática.

Não sei... não dá pra acreditar mais no ser humano. Sim, você vai me dizer "Antena, tem muita gente boa por aí, fazendo o bem, sendo honesta". Eu sei, adoro contar essas histórias, mas quando olhamos pro global acho que essas coisas tomam uma dimensão tão grande que até dá medo. 

Sabe, você abre o noticiário ou vai dar uma olhada no facebook e vê que tem vários, sim vários, grupos de encoxadores. Pausa dramática. O que seria essa espécie? Homens que se reúnem e que contam vantagens nas redes sociais dos abusos de mulheres no transporte público. Esse mesmo infeliz é que provavelmente vai dizer: "claro que encoxei, ela vestia uma saia curta". Esse também é o que vai estuprar, bater na mulher, abandonar filho, etc, etc...

Eles estão por aí no transporte público, no escritório, na sala de aula, é seu vizinho e são muito mais do que imaginamos. Mais imbecil que um ser desse não deve ter. 

É isso que me dá medo. Sempre acho que já esgotei os assuntos dessa série do blog sobre a imbecilidade humana, mas estou aprendendo que talvez essa seja a única série sem fim que vou escrever por aqui. Que pena!

Pausa dramática. 

1 Comentário:

Milla Linhares disse...

Na verdade, acho que existe mais mulher machista do que homem machista!! Eu ouço muita mulher dizendo: Sai quase pelada e depois reclama que foi estuprada. A culpa é sempre da mulher e o culpado não é o estuprador, na visão delas.
São as mesmas pessoas que se sentem injustiçadas por outros motivos e assim vai.
Eu fico muito triste de saber que existem pessoas que pensam assim e que são muitas!
Quando penso que fomos para frente, voltamos MUITAS casas =/

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO