terça-feira, 20 de maio de 2014

SIGO DE VOLTA: SÓ SE VOCÊ NÃO PEDIR

As vezes olho para o céu e pergunto: "Deus, o que acontece com as pessoas?". 

Quando entrei no twitter, quase na fase pré-histórica do microblog, alguns poucos famosos utilizavam a rede. Aliás tinham poucos brasileiros, poucas pessoas, tudo era mais caseiro e mais próximo. Conheci muita gente nessa época, pessoas com quem trocava grandes ideias, debatíamos fatos, trocávamos links. Era legal. Hoje mal acesso ele, apesar de achar uma das ferramentas mais legais. 

A coisa começou a tomar outro rumo, as pessoas começaram a viver implorando que você seguisse, uma disputa desenfreada por números em detrimento do conteúdo. Virou uma praga... 

Eis que esse tipo de coisa chegou em outras ferramentas como o Instagram. Alguns amigos famosos se queixam dos seguidores que ignoram a foto e a possibilidade de uma mínima interação com algo relevante e simplesmente os comentários viram um varal de classificados de sigo de volta, dou tantas curtidas. PRA QUE?????

Essas coisas são naturais, sigo alguém porque gosto, acho interessante e que eu vá me divertir/entreter/colaborar de alguma forma. Não tem como classificar essas pessoas que ficam mendigando isso. Muito provavelmente deve funcionar de alguma forma, já que é tanta gente fazendo isso, mas no fim das contas fica novamente a pergunta: pra que? A coisa tomou uma proporção tão grande que criaram um aplicativo que consegue bloquear os pedintes. 

Segue de volta? Sigo, só se seu conteúdo ou você for interessante. 

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante e será liberado após moderação do autor deste blog.

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO