quarta-feira, 27 de agosto de 2014

A CEGUEIRA ELEITORAL E A IMBECILIDADE HUMANA

(Suspiro alto). Vamos lá. Ontem a Band promoveu o primeiro debate eleitoral com os candidatos ao cargo máximo da política nacional. Lá estavam todos os concorrentes munidos das estatísticas, criticas, elogios e esperançosos em angariar votos. 

Debate em curso e então vem aquela coisa que nunca entendi: quem ganhou o debate? Todos ganharam, porque se você olhar para as pessoas os que são seguidores do A dizem que foi o A, do B dizem que foi o B e assim com todos os seus correligionários e eleitores fieis. 

Eu até entendo a torcida por esse ou por aquele, mas há um certo momento onde ser eleitor não deveria anular o fato de ser um crítico daquele para quem destinamos nosso voto. Aliás, pelo contrário, aquele em quem votamos deve ser o mais criticado e observado por nós (mas sabemos que não acontece). Não é raro quem não lembre em qual vereador, deputado e até presidente votou nas últimas eleições. 

Esse devotismo burro em A, B ou C faz com que a política vire uma arena esportiva e independente daquele que você apóie faça o importante é derrotar o outro. Isso implica em ignorância pura quando se coloca em debate projetos concretos para que o país caminhe em direção ao desenvolvimento. 

Todos tem seus pontos positivos e negativos, todos tem algo que desabone e algo que possa ser aplaudido. No momento em que partidos políticos viram religião e só onde você está é bom e certo o único caminho que vamos seguir é um país que vive dando dois passos pra frente, um para trás. 

Não precisa ir longe pra ver o quanto é difícil discutir política, dê uma olhadinha no facebook ou twitter. No momento que você propõe o debate, os fieis seguidores se armam com todas as forças para defender cegamente aquele que simpatiza, ao invés de abrir a cabeça e assimilar coisas boas e ruins de todos os lados e assim poder ampliar as ideias e propor novas sugestões para o andamento das coisas.
O pior é que não consigo ver luz no fim do túnel quanto a isso...

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

UM SORVETE PARA REFRESCAR

Olha, ainda estou tomando fôlego pra poder escrever sobre política. Tenho muitas coisas passando pela cabeça, tem muita coisa acontecendo e acho que preciso desabafar e aproveitar o espaço que tenho aqui para debater sobre determinadas coisas. 

Por isso mesmo preciso me alimentar o máximo possível de paciência porque infelizmente as pessoas andam muito radicais. Não há debates, há ataques. Não há troca de ideias, há ofensas e tal. Tenho visto no facebook tanta coisa que me deixa muito entristecido.

Nada melhor para relaxar do que um sorvete gostoso e diferente. Por isso, enquanto vou aqui me municiando de calma para escrever, aproveito para ir divulgando trabalhos interessantes que tenho realizado pela produtora, a Amistie Produções, e que vale a pena ser compartilhado por aqui. 

É ai que entra o sorvete. Recentemente gravamos para o Personas uma entrevista com a Márcia Garbin, ela é especialista em sorvetes, premiada internacionalmente com suas criações e que falou sobre sua experiência na arte de criar os saborosos gelatos.

Tive oportunidade de provar dois sabores e posso dizer que são saborosos e refrescantes, além de exóticos nas suas combinações. 
Abaixo o vídeo com a entrevista.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

TIGRE, MINHOCÃO E TUBARÃO...

Já que o mundo animal anda em destaque recentemente aproveitei 3 exemplos deles para poder atualizar o blog a escrever sobre as coisas que estão acontecendo.

Vou começar pela minhoca. É bem verdade que nada recentemente aconteceu relacionado ao bicho, mas sim ao enorme erro que se planta na cidade de São Paulo e que agora será definitivamente aposentado, o Minhocão.

Para quem não é daqui da cidade fica difícil explicar. A obra tem quase 3 km de extensão e é uma verdadeira cicatriz na cidade. Deteriorou a região, fez com que centenas de imóveis na área perdessem valor, moradores e beleza. São inúmeros os problemas.

Agora ele será desativado. Existem muitas propostas para o que fazer com aquele monstro. Duas são bem plausíveis: demolir ou transformar em um parque. Em breve vou me dedicar a escrever mais profundamente sobre...

Saindo da minhoca vou para o tubarão. Estive em Recife na última semana para gravar um congresso. Trabalho da produtora e que rendeu nas horas vagas um tempinho na praia. Estávamos na frente da praia de Boa Viagem. Linda, pouca gente no dia, sol maravilhoso e tubarões. Praticamente só molhamos os pés, mesmo assim com muito medo.

Me falaram quando contei: "ah, mas não tem problema, é raro acontecer um problema". Os problemas e acidentes acontecem justamente por pensarem assim...

Haja visto o que aconteceu com o terceiro animal do post, o tigre. A notícia já tá batida, debatida e palpitada por todo mundo. Como é possível algo desse tipo acontecer. A criança perde um braço pelo ataque do tigre no zoo.

Coisas que acontecem e poderiam ser facilmente evitadas...

O Mural está aqui

Prêmios

Contadores

free counters

Visitantes

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO